Clipping Internacional

Clipping Internacional - 09/05/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

09/05/2021 11:30

(Reprodução/Twitter)

Créditos da foto: (Reprodução/Twitter)

 

1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ESTADO POLICIAL/ONU alerta sobre batida policial em favela brasileira que deixou dezenas de mortos. A ONU solicita uma investigação independente depois que pelo menos 25 pessoas foram mortas em operação na favela do Jacarezinho. “Estamos profundamente perturbados com as mortes”, disse o porta-voz do escritório de direitos humanos da ONU, Rupert Colville acrescentando que a operação parecia ser a mais mortal em mais de uma década no Rio de Janeiro. Disse ainda que Colville disse que “a polícia não tomou medidas para preservar as evidências da cena do crime, o que poderia dificultar as investigações sobre o trágico resultado desta operação letal”. Um ministro do STF ordenou uma investigação sobre uma possível "execução arbitrária" de suspeitos de tráfico de drogas. (The Guardian, Inglaterra; RFI, França; El Periódico, Espanha; El País, Espanha; Tribune de Genève, Suíça; El Espectador, Colômbia; Le Figaro, França; Jornal de Notícias, Portugal; Deutsche Welle, Alemanha; La Jornada, México; El Desconcierto, Chile; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3hcmtJq | bit.ly/3o0Tj1i | bit.ly/3h8ko1c | bit.ly/3h9VNZS | bit.ly/3y06GDC | bit.ly/2Rz57vA | bit.ly/3twPzpm | bit.ly/3uzKMVp | bit.ly/2Q3awKV | bit.ly/3hcmvRy | bit.ly/3hbKHnd | bit.ly/3w6noj1

JACAREZINHO/ Moradores do Jacarezinho protestam contra chacina: “Parem de nos matar!”. Ativistas e familiares das vítimas da chacina concentraram-se em frente à esquadra da polícia para deixar dois apelos: “Justiça para Jacarezinho”; e “Parem de nos matar”. Os assassinatos acontecem rotineiramente na favela. Marielle foi o ápice da expressão da violência. Os moradores queixam-se que a favela do Jacarezinho, onde o governo só entra em períodos eleitorais ou para promover operações como esta, tem sido abandonada à sua sorte. No próprio dia do protesto, representantes das favelas do Rio de Janeiro reuniram-se para elaborar propostas que reivindicam políticas públicas de educação e desenvolvimento destinadas aos jovens que vivem em áreas dominadas por fações criminosas. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/3etv34S

ESTADO POLICIAL/“O estado aqui entra, mata e vai embora”: favela do Rio em estado de choque após sangrenta batida policial. Em vez de ligar para o celular, Tatiana * acordou na quinta-feira, 6 de maio, com o estrondo de balas. No céu cinza da favela, ruge um helicóptero. Nos becos úmidos, a polícia avança lentamente, encapuzada, armada com rifles. Iniciou operação antidrogas no Jacarezinho. Tatiana, que sente o perigo chegando, reúne a família. "Imediatamente nos escondemos nos fundos da casa, meu pai, minha mãe, meu filho de 9 anos", disse o jovem de 27 anos. (Le Monde, França) | bit.ly/3bgTpN0

BOLSONARO/ Sob pressão do Parlamento, Jair Bolsonaro se apega à sua estratégia de ataques verbais. O Senado está investigando o presidente do Brasil por sua gestão da pandemia. Coronavírus, crise e violência policial. Ele, então, continua com sua metralhadora verbal. E atacou os chineses. Nesta ocasião, ele deu a entender que a China criou o coronavírus para "lançar uma guerra química". Os novos ataques de Bolsonaro a Pequim foram interpretados como "fumaça" para cobrir o que hoje está no centro da cena política no Brasil, especialmente a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a gestão do Covid. Os ex-ministros da Saúde de seu governo, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, que passaram pelo Senado Federal na semana passada, disseram que Bolsonaro endossava tratamentos com a questionada cloroquina e ignorava a ciência. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/3f93r3W

BOLSONARO/ Bolsonaro declara guerra à China, maior cliente do Brasil. O Presidente do Brasil acusou China, principal parceiro comercial e vital para colocar à disposição matérias-primas para fabricar vacinas no país, de fazer "guerra química". O presidente sofre de "grave doença mental", contrapõe deputado encarregado das relações sino-brasileiras. Penso que estamos diante de um caso em que se recomenda a interdição civil para tratamento médico", disse Fausto Pinato, deputado do Partido Progressista (PP), sobre Jair Bolsonaro. Ele referia-se ao último ataque do presidente da República ao gigante asiático que é não apenas o principal importador de commodities brasileiras como também o maior exportador de matérias-primas essenciais para a produção de vacinas contra a Covid-19 em laboratórios brasileiros. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3evSQB6

BOLSONARO/Bolsonaro garante que nomeará um juiz "terrivelmente evangélico" para o Supremo Tribunal Federal. O presidente do Brasil, o de extrema direita Jair Bolsonaro, reafirmou neste sábado que vai cumprir sua promessa de nomear um juiz "terrivelmente evangélico" para ocupar uma das onze cadeiras do Supremo Tribunal Federal. “As vagas para o Supremo Tribunal Federal vão para mim. A última palavra não é minha, é do Senado, mas vocês já sabem que nos dias 4 e 5 de julho“ vou escolher um nome “terrivelmente evangélico”, disse o presidente à um grupo de seguidores, às portas de sua residência oficial, em Brasília. Bolsonaro destacou que já tem candidato em mente, embora não tenha revelado seu nome, embora, segundo a imprensa brasileira, pareça ser André Mendonça. ( El Diário, Espanha; Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/3y1mTZ1 | bit.ly/3uwRTOs

COVID-19/ Brasil registra 2.202 novas mortes por covid e ultrapassa 420.000 no total. O Brasil, país da América Latina mais atingido pelo coronavírus, registrou 2.202 mortes associadas ao Covid-19 no último dia, número que ultrapassou 420.000 desde o início da pandemia. Este foi o quinto dia consecutivo com mais de 2.000 óbitos diários relacionados à doença no país, que também responde por 15,1 milhões de infectados, com 63.430 novos casos apenas no último dia. (El Diário, Espanha; Xihuanet, China; Diario Correo, Peru) | bit.ly/3ewDi03 | bit.ly/3uxniQX | bit.ly/3hedyr8

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

COLÔMBIA/ Pelo menos 379 desapareceram durante protestos na Colômbia. Organizações de direitos humanos denunciaram que pelo menos 379 pessoas desapareceram na Colômbia durante a onda de protestos contra o Governo, que insistia na necessidade de "levantar bloqueios e garantir o fornecimento de alimentos e vacinas", em um dia em que renovaram algumas ruas unificadas manifestações agora com o único objetivo de acabar com a repressão e desmilitarizar as ruas. Inicialmente, o relatório registrou 471 pessoas supostamente desaparecidas desde 1º de maio, mas 92 pessoas já foram encontradas, várias delas feridas e hospitalizadas. Centenas de vídeos circulam nas redes sociais mostrando como a polícia e principalmente o Esmad (Esquadrão Anti-Motim) ataca manifestantes em Cali, Medellín, Pasto, Barranquilla, Bogotá e outros, com rajadas de armas de choque, gás lacrimogêneo e munições reais.(Página 12, Argentina) | bit.ly/2QYeyVC

ISRAEL/ Protestos em Jerusalém deixam mais de 60 palestinos feridos em mais uma noite de combates. Na véspera da comemoração oficial da conquista de Jerusalém Oriental pelas tropas israelenses em 1967, em um desfile planejado nesta segunda-feira de milhares de nacionalistas judeus pelos bairros palestinos da Cidade Velha, a escalada da tensão levou aos Estados Unidos e à União Europeia a exigir que o Executivo de Benjamin Netanyahu restabeleça a calma. Milhares de policiais israelenses com equipamento antimotim e canhões de água pressurizada foram posicionados neste sábado em Jerusalém, antes da celebração da Noite do Destino, a mais sagrada do Ramadã, que concentrou cerca de 90.000 palestinos na mesquita de Al Aqsa, terceiro lugar sagrado do Islã. (El País, Espanha) | bit.ly/3nZAwUd

CHILE/ O Chile escolhe uma convenção constitucional no pior momento para o governo Piñera. A votação várias vezes adiada está marcada para sábado 15 e domingo 16. Quando as listas de candidatos para integrar a convenção constitucional chilena foram registradas, a incapacidade da centro-esquerda de se unir em uma única lista sugeriu que a vitória da direita estava matematicamente garantida. Mas, no mês passado, o governo do presidente Sebastián Piñera enfrentou uma derrota histórica perante o Tribunal Constitucional e o golpe, dizem analistas, pode mudar as previsões para o órgão que redigirá a nova constituição. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/3vTM1iw

ESCÓCIA/ Na Escócia, a vitória dos independentistas prenuncia um longo impasse com Londres sobre a questão de um novo referendo. O SNP e os Verdes conquistaram a maioria absoluta em Edimburgo. "Os escoceses terão o direito de ter uma palavra" sobre seu futuro, disse o primeiro-ministro Nicola Sturgeon, já que Boris Johnson considera uma nova consulta "irresponsável". Nicola Sturgeon, 50, trinta e cinco dos quais são ativistas pró-independência, elogiou os resultados "históricos" e "extraordinários" do Partido Nacional Escocês (SNP) que, na noite de sábado, 8 de maio, acabou ganhando 64 cadeiras em um total de 129 em Holyrood, o Parlamento de Edimburgo. (Le Monde, França) | bit.ly/3eBNlRD

PERU/ A esquerda se une no Peru antes do segundo turno das eleições presidenciais em 6 de junho. Pedro Castillo recebe o apoio de Verónika Mendoza. Eles concordaram em criar um programa de vacinas universais e gratuitas, reativar a economia, combater a corrupção, reformar o estado e promover uma nova constituição. Quatro semanas antes do segundo turno do dia 6 de junho, a esquerda peruana se une e fecha um acordo para promover um "governo de mudança" liderado pelo professor e sindicalista Pedro Castillo, que enfrenta a direitista Keiko Fujimori, filha e herdeira da política de o ex-ditador preso Alberto Fujimori. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3y6SuZF

MÉXICO/ Prefeito da cidade mexicana e dois funcionários presos pelo desaparecimento de ativista. O prefeito de uma cidade no estado mexicano de Oaxaca e dois funcionários de seu governo foram presos pelo desaparecimento de uma ativista anticorrupção que desapareceu após um protesto em frente à prefeitura local. As três irmãs de Uruchurtu: Elizabeth, Hayde e Sara disseram em um comunicado na sexta-feira que ela havia entrado em conflito com autoridades locais, "quando [ela] questionou pública e diretamente [as] e começou a denunciar incessantemente atos arbitrários e corruptos por parte das autoridades municipais". Uruchurtu deixou o protesto do gabinete do conselho por conta própria, de acordo com a família, mas foi supostamente agarrada e forçada a entrar em um caminhão vermelho enquanto se afastava do local. O veículo foi posteriormente encontrado estacionado em instalações municipais e identificado como veículo municipal, segundo a família. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2SEnzn6

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Rubem Cesar Fernandes e Eliana Souza Silva, entrevistas - Brasil/Jacarezianho (RFI, França) | "Trauma que desmoraliza a polícia e o Estado" | bit.ly/3hedwQ2

Emir Sader - Brasil/Lula (Página 12, Argentina) | “Lula é a alternativa para o Brasil” | bit.ly/3f5UHf1

Joseph Stiglitz e Lori Wallash – Big Pharm (Common Dreams, EUA) | “A ganância da grande indústria farmacêutica- ‘Big Pharm’ - prolongará a pandemia - se não reagirmos” | bit.ly/3f74AsO

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “‘Breaking Bad’? Quando o Fed luta contra a inflação.” | nyti.ms/33vDpCx

Bety Ruth Lozano, entrevista – Colômbia/crise (Página 12, Argentina) | “Colômbia: Deter a reforma tributária não é suficiente” | bit.ly/3hdTXr2

Mariana Garrido – Colômbia/violência (Esquerda.net, Portugal) | “Colômbia: crônica de tantas mortes anunciadas” | bit.ly/3tyoWQQ

Camilo Sánchez – Colômbia/crise (El Diário, Espanha) | “O que se passa na Colômbia e por que a falida reforma fiscal provocou tantos protestos” | bit.ly/2QUhfHK

Gustavo Petro, entrevista - Colômbia (Página 12, Argentina) | “O modelo neoliberal na Colômbia está chegando ao fim” | bit.ly/3fb9QMi

Robert Reich – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Os Republicanos tentaram melar a eleição. Não se pode esquecer isso.” | bit.ly/2Q3fd7D

Atilio Boron – EUA/Biden (Página 12, Argentina) | “Joe Biden recicla Franklin D. Roosevelt” | bit.ly/2Rz5eau

Noam Chomsky e Vijay Prashad – EUA/Afganistão (Counterpunch, EUA) | “Os EUA se retiram do Afeganistão? Na verdade não” | bit.ly/3etHJbM

Antonio Noviello – Capitalismo (Sinistra in Rete, Itália) | “O capitalismo da vigilância” | bit.ly/3bfEGSB

Boletim Cultural – Civilização (Sinistra in Rete, Itália) | "Raça, nação, classe. Identidades ambíguas.” | bit.ly/3haCZJR

Conteúdo Relacionado