Clipping Internacional

Clipping Internacional - 10/09/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

10/09/2020 10:04

(Agência Brasil)

Créditos da foto: (Agência Brasil)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

INFLAÇÃO. O preço dos alimentos dispara em um Brasil afogado pela crise. Os preços dos alimentos básicos dispararam no Brasil, pressionados pelo forte aumento da demanda no mercado externo e pela valorização do dólar, alta que atinge principalmente o bolso das classes mais desfavorecidas e castigadas pela crise do novo coronavirus. O aumento dos preços dos alimentos foi responsável por 80% da inflação acumulada no ano no Brasil, que chegou a 0,70%, segundo dados do IBGE. A única resposta do presidente Bolsonaro foi pedir ‘patriotismo’ para diminuir os preços, negando qualquer tipo de intervenção no mercado. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3maZiz5

ESTADO POLICIAL. Justiça brasileira invadiu casa do advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula de Silva. Cristiano Zanin denunciou que as ações da Justiça têm o objetivo de intimidá-lo por sua atuação profissional. Ele também destacou que por trás do juiz que ordenou a operação está o presidente Jair Bolsonaro. “O juiz Marcelo Bretas está notoriamente ligado ao presidente Jair Bolsonaro e sua decisão no caso específico está ligada ao trabalho realizado em nome de um reclamante assistido por advogados relacionados ao senador Flavio Bolsonaro”, disse o advogado. . No entanto, um escritório de advocacia que defendia o presidente e seu filho Flavio também foi investigado. Para Zanin, esse bufê tinha como objetivo incriminar o meio ambiente do ex-presidente. (Página 12, Argentina; La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3k32fjy | bit.ly/2Ra5aKZ

COVID-19. O chefe do Centro de Inteligência do Exército Brasileiro morreu de coronavírus. Depois de passar dez dias no Hospital das Forças Armadas de Brasília, o chefe do Centro de Inteligência do Exército (CIE), general Carlos Augusto Fecury Sydrião Ferreira, morreu nesta terça-feira aos 53 anos, vítima de coronavírus. O gigante sul-americano é o terceiro país com o maior número de infecções Covid-19, com mais de 4 milhões de positivos. (Página 12, Argentina) | bit.ly/339xItm

COVID-19. Brasil totaliza 128.539 mortos e aproxima-se dos 4,2 milhões de casos. O Brasil registrou 1.075 mortos e 35.816 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 128.539 óbitos e 4.197.889 infetados desde o início da pandemia, informou esta quarta-feira o executivo brasileiro. De acordo com o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, a taxa da letalidade da doença no país encontra-se fixada em 3,1%, momento em que a incidência é de 61,2 óbitos e de 1.997,6 casos por cada 100 mil habitantes. (Diário de Notícias, Portugal; El Periódico, Espanha; Global Times, China) | bit.ly/2ZoLBTA | bit.ly/32hcgUj | bit.ly/3mhgJhR

VACINA RUSSA. A vacina Sputnik V, uma das que estão em desenvolvimento no mundo para combater a pandemia do coronavírus, ganha força no Brasil onde também será testada na Bahia informou o governo regional nesta quarta-feira. O governador da Bahia, Rui Costa, destacou o alcance do acordo que foi enviado à Embaixada da Rússia e exortou o governo federal a ser "mais incisivo nesta busca de alianças sem preconceitos ideológicos ou dogmáticos com qualquer nação do mundo". (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3m7CwID

VACINA CHINESA. A vacina chinesa estará disponível a partir de dezembro, afirma o governador de São Paulo. Ele garantiu que os ensaios clínicos no Brasil de uma vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac se mostraram "extremamente positivos" e que uma campanha de imunização em larga escala poderia começar já em dezembro . (La Presse, Canadá) | bit.ly/2Zqv4OT

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

TRUMP. Trump reconheceu em março que estava tentando minimizar a ameaça do coronavírus, de acordo com um novo livro de Bob Woodward. O presidente disse ao jornalista no início deste ano: “Sempre quis minimizar. Ainda gosto de minimizar, porque não quero criar pânico. ” Trump também reconheceu que o coronavírus era “mortal” e se espalhou pelo ar já em fevereiro, embora afirmasse publicamente que o vírus “desapareceria”. (The Guardian, Inglaterra; The New York Times, EUA) | bit.ly/3ihMm8z | nyti.ms/2RgT7LC

BOLÍVIA. Os golpistas persistem contra Evo Morales. O Tribunal Constitucional manteve a proibição do ex-presidente boliviano no exílio de concorrer às eleições para o senador. O golpe e depois seu banimento do país não foram suficientes. A direita golpista, que assumiu o poder na crise pós-eleitoral após a eleição presidencial de outubro de 2019, está lutando contra Evo Morales. O objetivo: manter o ex-presidente esquerdista o máximo possível longe da cena política e até eliminá-lo politicamente. Ele e seu povo. (l’Humanité, França) | bit.ly/32j8Ikt

PERU. Apresentada moção de censura à Ministra da Economia do Peru. Os legisladores que propõem a censura de Alva Luperdi afirmam que seu governo não obteve resultados positivos com o plano de reativação econômica. Quatro grupos parlamentares apresentaram na quarta-feira uma moção de censura contra a Ministra da Economia e Finanças, María Antonieta Alva Luperdi, após tê-la questionado no plenário do Congresso por sua suposta má gestão de recursos do Estado durante a pandemia Covid-19. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/3ihf5u9

MÉXICO. Jornalista decapitado encontrado no leste do México. O corpo decapitado de um jornalista do jornal El Mundo de Veracruz foi encontrado na quarta-feira em uma área de alta violência no estado do leste do México, informaram a polícia e organizações de liberdade de expressão. (La Presse, Canadá) | bit.ly/32hclY7

CHILE. Golpe no Chile EM 1973, a testemunha italiana fala: “Assim tentamos salvar Allende em 11 de setembro”. Pedro Guerra Figueroa, 69, agora mora em Parma após fugir da América do Sul. Sua memória, no aniversário do golpe, recolhida pelos jornalistas que cuidam do ‘Arquivo Desaparecido’. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/2RacNks

ARGENTINA. "Você tem que cumprir as regras da democracia". Resposta do presidente aos policiais de Buenos Aires que levaram seu protesto a Olivos. Após um dia tenso devido ao protesto de que um grupo de policiais de Buenos Aires se mudou para os arredores da Fazenda Olivos em atitude sediciosa, o Presidente Alberto Fernández anunciou a criação de um Fundo de Fortalecimento Fiscal para a Província de Buenos Aires calculado em mais de 35 bilhões de pesos. Esses recursos serão usados para atender demandas da polícia, cujo aumento salarial será anunciado pelo governador Axel Kicillof nesta quinta-feira, quando ele apresentar seu plano de segurança. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2ZlvQNa

COLÔMBIA. Ele morreu como George Floyd, mas em Bogotá. Policiais colombianos reduziram e atacaram o advogado Javier Ordóñez com pistolas taser. Em uma operação violenta que incluiu o uso de pistolas de choque, o advogado preso foi imobilizado no chão e implorou várias vezes para poder respirar. Os dois policiais que participaram da prisão foram suspensos. A vítima é o advogado Javier Ordóñez, que perdeu a vida em uma clínica para a qual foi transferido depois que dois policiais o mantiveram asfixiado contra o chão e usaram pistolas de choque de longa duração. A vítima havia bebido álcool na madrugada desta quarta-feira com amigos e o incidente começou quando dois policiais os abordaram na rua. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3m8ljib

 EUA. A maioria dos americanos apoia os atletas que falam, dizem que protestos contra hinos são apropriados, conclui a pesquisa do Washington Post. Apesar dos clamores para que os atletas “se limitem aos esportes”, principalmente de analistas e políticos conservadores, uma maioria de 62% dos americanos afirma que os atletas profissionais deveriam usar suas plataformas para expressar suas opiniões sobre questões nacionais. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/3hk1n8p

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Vanessa Barbara – Brasil (The New York Times, EUA) | “Assisti meses de transmissões do Bolsonaro. Foi selvagem.” | nyti.ms/2FfiISQ

Barry Eichengreen – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “A fase mais perigosa da crise da Covid-19 nos Estados Unidos ainda está por vir” | bit.ly/3m7CEYD

Jean Guerrero – Trump (The Guardian, Inglaterra) | “A estratégia de Trump para a reeleição é arrancada dos manuais dos supremacistas brancos” | bit.ly/2GNsKv4

Raul Kollman – Argentina (Página 12, Argentina) | “Quem são os protagonistas do protesto policial?” | bit.ly/3ijm6dI

Mario Wainfeld - Argentina (Página 12, Argentina) | “Alberto Fernández e os policiais de Buenos Aires: pressão armada, resposta racional” | bit.ly/35ueTEl

Jorge Alemán - Argentina (Página 12, Argentina) | “Neoliberalismo: terror e ódio” | bit.ly/33hfjed

Ledebur, Farthing e Grisaffi – Bolívia (The Conversation, EUA) | “A Bolívia reverte anos de progresso com uma nova política draconiana de cocaína, apoiada pela União Europeia” | bit.ly/2Rebelu

Daniel Ellsberg, entrevista – Imprensa (Democracy Now, EUA) | “As acusações de espionagem contra Assange são o ataque mais significativo à imprensa nas décadas” | bit.ly/2DLpU8z

Andrea Muni – Escravidão (Sinistra in Rete, Itália) | “Notas histórico-psicológicas para uma ‘nova’ genealogia da escravidão de hoje” | bit.ly/3iumar2

Conteúdo Relacionado