Clipping Internacional

Clipping Internacional - 15/09/2020

(Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos)

15/09/2020 09:34

O governo brasileiro nomeou na segunda-feira o coronel da Reserva do Exército Lamartine Barbosa Holanda como novo presidente da Fundação Nacional de Arte (Funarte), o que reforça a presença de militares na administração pública (Felipe Menezes/Metrópoles)

Créditos da foto: O governo brasileiro nomeou na segunda-feira o coronel da Reserva do Exército Lamartine Barbosa Holanda como novo presidente da Fundação Nacional de Arte (Funarte), o que reforça a presença de militares na administração pública (Felipe Menezes/Metrópoles)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

PANTANAL. Cenas de desolação no Pantanal. Onças queimadas e tornados de fogo: as chamas nas zonas húmidas do Brasil lançam avisos sobre o clima. Até 6 de Setembro, quase 16% do Pantanal brasileiro ardeu. O maior pântano do mundo abriga cerca de 1200 espécies de animais vertebrados, incluindo 36 que estão ameaçadas de extinção. Desde meados de Julho que as chamas consomem as terras húmidas da região centro-oeste do Brasil, deixando um rasto desolador de terra carbonizada que já é maior do que a cidade de New York. (Público, Portugal; El País, Espanha; La Presse, Canadá; The Sydney Morning Herald, Austrália; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/2ZFswfW | bit.ly/3khlyFT | bit.ly/33A7DUy | bit.ly/32xtFIv | bit.ly/3mi0yAC

QUEIMADAS. Chamas devoram 15% da maior área úmida do mundo no Brasil. O Pantanal é um bioma com uma área de 2,2 milhões de hectares e é compartilhado por dois estados do sul do Brasil. O incêndio foi causado intencionalmente para expandir o negócio agrícola, como ocorre na Amazônia. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2ZFsxk0

COVID-19. Brasil soma 381 mortos e 15.155 casos nas últimas 24 horas. O Brasil contabilizou 381 mortos e 15.155 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, num total de 132.006 óbitos e 4.345.610 infetados desde o início da pandemia, informou hoje o executivo. A taxa de incidência da Covid-19 no Brasil é hoje de 62,8 mortes e de 2.067,9 casos por cada 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade mantém-se em 3,0%. Os estados de São Paulo, Bahia , Minas Gerais e Rio de Janeiro são os que apresentam o maior número de casos confirmados do novo coronavírus até agora no Brasil. (Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha; Global Times, China) | bit.ly/3mmUjLW | bit.ly/2FEyJln | bit.ly/33qztCS

EXPORTAÇÕES AGRÍCOLAS. O Brasil vive um boom de matérias-primas agrícolas devido ao dólar e à demanda chinesa. O Brasil vive um boom nos preços de suas matérias-primas agrícolas e viu as exportações do setor dispararem em meio à pandemia do coronavírus, devido à forte desvalorização do real brasileiro e ao aumento crescente da demanda por alimentos da China. Do café à soja, o aumento da demanda dentro e fora do Brasil tem levado os preços das matérias-primas a valores recordes no país, onde a agroindústria responde por 21,4% do Produto Interno Bruto (PIB). (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3iAKTKt

GOVERNO BOLSONARO. Governo brasileiro nomeia coronel para dirigir o futuro da arte. O governo brasileiro nomeou na segunda-feira o coronel da Reserva do Exército Lamartine Barbosa Holanda como novo presidente da Fundação Nacional de Arte (Funarte), o que reforça a presença de militares na administração pública. O objetivo da Funarte é a promoção e desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a promoção da atividade artística e até a chegada do presidente Jair Bolsonaro sempre foi dirigida por personalidades do setor cultural, mesmo durante a última ditadura (1964-1985). (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3kwQ5zR

GOVERNO BOLSONARO. Amazônia: Orçamento de Bolsonaro reduz recursos para controle e fiscalização em 2021. Os controles da atividade na Amazônia estão praticamente suspensos e a situação vai piorar no próximo ano. A minuta de orçamento enviada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso projeta para 2021 uma redução de recursos para dois institutos que se dedicam ao controle e fiscalização das atividades na Amazônia, apesar do aumento das queimadas e do desmatamento. A iniciativa prevê não só a redução dos recursos repassados a essas entidades, mas também o aumento dos recursos cuja destinação está sujeita à aprovação expressa do Congresso em determinada situação. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2DYObIq

BOLSONARO. Há meses sem causar polêmica, nova estratégia de Bolsonaro intriga imprensa francesa. O jornal Le Figaro desta segunda-feira (14) traz uma matéria do correspondente do diário no Rio de Janeiro, Michel Leclercq, sobre a mudança de estratégia do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que se está se tornando menos provocativo. Segundo o jornal, o presidente Jair Bolsonaro "abusava de insultos e provocações, não eleva o tom há meses e agora, distribuindo ajudas sociais, o populista liberal está quase se tornando o pai dos pobres." (RFI, França) | bit.ly/2ZWaoPl

BOLSONARO. Bolsonaro como "pai dos pobres": mudança transitória ou transformação real? O presidente brasileiro, que proferia insultos e provocações, faz alguns meses que não pronuncia uma palavra mais do que a outra e agora distribui assistência social. (Le Soir, Bélgica) | bit.ly/3iy5JtT

VACINA. Brasil, campo de testes para vacinas Covid-19. Devido à significativa circulação do vírus no país, quatro vacinas candidatas estão sendo testadas em 22.000 voluntários, incluindo a da AstraZeneca da Grã-Bretanha, relançada no sábado, 12 de setembro. (Le Monde, França) | bit.ly/3iyXOg2

CURITIBA. Em Curitiba, a “cidade inteligente” está a serviço da justiça social. Curitiba, capital do Estado do Paraná, aposta na inovação e no meio ambiente para transformar sua cidade graças ao projeto Vale do Pinhão, vencedor do “Prêmio Cidades Bem-Estar 2020” na categoria “Construindo uma economia urbana dinâmica”. (Le Monde, França) | bit.ly/33oXzh2

PCC. Polícia brasileira lança ação contra maior grupo criminoso do país. "Africano", considerado o líder do Primeiro Comando da Capital fora da prisão, é o principal alvo da Operação Sharks contra uma organização que movimenta 100 milhões de reais por ano e vigiava até os agentes encarregados de a espionar. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3moPz8M

LAVAJATO. Ministério Público denuncia Lula por lavagem de dinheiro da Odebrecht. O Ministério Público destacou que encontrou indícios de pagamento de propina pela Odebrecht que atingiu o valor de quatro milhões de reais (cerca de R $ 760 mil) entre “dezembro de 2013 e março de 2014”, quando Lula já havia deixado o poder. (El Espectador, Colômbia) | bit.ly/2E3edud

PANDEMIA. Dezenas de trabalhadores de navios de cruzeiro das Ilhas Maurício que ficaram presos na costa do Brasil durante a pandemia finalmente começaram sua jornada para casa após apelos desesperados para retornar. Um tripulante que representa os 101 trabalhadores, que estiveram fundeados em três navios ao largo de Santos, no sul do Brasil, disse que não eram pagos há mais de seis meses pela linha de cruzeiros MSC. Os trabalhadores disseram ao Guardian que sua saúde física e mental estava se deteriorando. Alguns tripulantes iniciaram um protesto no convés do luxuoso navio de cruzeiro MSC Poesia para exigir sua repatriação, com faixas que diziam “Basta” e “Mande-nos para casa, nossas vidas importam”. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/32xjK5N

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

PARAGUAI. Sequestradores libertam ex-vice-presidente do Paraguai. Óscar Denis foi levado pelo Exército do Povo Paraguaio dias depois que militares mataram duas meninas de 11 anos em circunstâncias pouco claras. a violência se intensificou no Paraguai no conflito entre as forças de segurança e o Exército do Povo Paraguaio (EPP) - um movimento guerrilheiro comunista ativo no Nordeste do país. Embora o discurso político do EPP tenha se concentrado nas grandes necessidades dos pobres do Paraguai, eles são amplamente repudiados por empregar violência e extorsão. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3mrsfXE

COLÔMBIA. A ONU está investigando violência policial na Colômbia. A prefeitura de Bogotá pediu desculpas às vítimas e propôs ao governo que a Polícia deixasse de ser uma instituição militar. A chefe da Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, a ex-presidente chilena Michelle Bachelet, disse nesta segunda-feira que o escritório está analisando a repressão policial na Colômbia. Conforme relatado, esta unidade da ONU está "verificando casos" em que "o uso excessivo da força pode ter causado a morte de até 13 pessoas e ferimentos de outras 300, incluindo 77 com armas de fogo", durante o protestos que começaram na quarta-feira. (La Diaria, Uruguai) | bit.ly/2H3GAJT

PERU. Tentativa do Congresso de destituir Martín Vizcarra perde força. O presidente do Parlamento peruano buscava o apoio dos militares, segundo revelações. Os promotores do impeachment do presidente sofreram uma série de deserções. O presidente peruano denuncia um golpe em curso e busca conter a ofensiva na Corte Constitucional. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3iypaTj

MÉXICO. Agricultores mexicanos ocupam barragem para impedir o pagamento de água aos Estados Unidos. Por 75 anos, por meio de tensões e disputas o México e os Estados Unidos enviaram um ao outro bilhões de galões de água anualmente para irrigar fazendas ao longo da fronteira sob um tratado assinado durante a Segunda Guerra Mundial. Mas hoje, o acordo de 1944 está enfrentando oposição cada vez mais violenta no estado de Chihuahua, onde os manifestantes tomaram o controle de uma grande barragem para dramatizar a situação dos agricultores cujas safras de algodão, tomate e noz pekan, dizem, dependem da água que está sendo enviado para o norte. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2ZFdBTg

BOLÍVIA. Governo de fato da Bolívia é acusado de má gestão econômica. O candidato à presidência da Bolívia pelo Movimento ao Socialismo (MAS), Luis Arce, acusou hoje o governo golpista de Jeanine Áñez por supostas irregularidades nos esforços econômicos. A crise que os bolivianos vivem é fruto da má aplicação das políticas econômicas e sociais implementadas pelo atual regime desde novembro do ano passado, destacou Arce em entrevista coletiva. O político destacou que todas essas falhas econômicas não são atribuíveis à nova pandemia de coronavírus, como eles querem acreditar desde a sede do poder. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/35DFwGP

CORONAVÍRUS. Covid-19: novo pico de infeções registado a nível mundial. 14 de setembro registou mais 300 mil novas novas infeções de Covid-19 num único dia. Desde o início da pandemia, 29,1 milhões de pessoas foram já infetadas. OMS alerta para o aumento do número de mortes em outubro e novembro, na Europa. São já 925 mil vítimas mortais da pandemia desde o início da crise pandémica, com mais de 29,1 milhões de pessoas infetadas em todo o mundo. O diretor regional da Organização Mundial da Saúde para a Europa, Hans Kluge, alerta que "em outubro e novembro veremos uma mortalidade maior". (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/3kiTtOl

ITÁLIA. O George Floyd italiano. O brutal assassinato de um jovem negro em uma surra choca a Itália. Willy Monteiro Duarte, 21, nasceu em Roma, filho de cabo-verdiano. O jovem Willy morreu na noite entre 5 e 6 de setembro em Colleferro, perto da capital italiana. Ele não sobreviveu ao espancamento de quatro italianos com antecedentes criminais de violência e ideias de extrema direita, em um assassinato que chocou a Itália. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/32vzpSP

EUA. Enquanto Trump rejeita a Ciência, Biden o chama de "Incendiário do Clima". O presidente Trump, confrontado pelo governador da Califórnia em uma visita lá, atribuiu a crise apenas ao manejo florestal deficiente, não às mudanças climáticas. “Não acho que a ciência saiba” o que está acontecendo, disse Trump, após semanas de silêncio público sobre as chamas devastadoras. Joe Biden afirmou que a inação do presidente na costa oeste e os furacões na Costa do Golfo. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/3hF3tjy

EUA. Relatório dos EUA denuncia abuso policial e dos promotores durante as investigações. Ocultação de elementos, pressão sobre testemunhas. Um projeto universitário revela um grande número de práticas ilegais ou antiéticas que levaram à condenação de várias centenas de pessoas que acabam por ser exoneradas. (Le Monde, França) | bit.ly/2RvjcGY

RÚSSIA. O partido de Putin vence as eleições locais, mas perde em Tomsk e Novosibirsk, onde fez campanha para Navalnyj Rússia, o partido de Putin vence as eleições locais, mas perde em Tomsk e Novosibirsk, onde houve campanha para Navalnyj. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/3mkWmjE

PORTUGAL. Racismo mortal. Crescimento da extrema direita atraem preocupação global. Intelectuais como Cornel West e Achille Mbembe apelam a Portugal para agir após uma série de ataques racistas. Há pouco mais de um mês, Mamadou Ba estava a jantar com amigos quando recebeu um email a advertir de "medidas" contra ele e a sua família caso não "encerrasse as funções políticas e saísse do território português" em 48 horas. Houve nove outros destinatários, incluindo três membros do Parlamento. Ba é um ativista antirracismo e dirige o SOS Racismo. O português, natural do Senegal, chegou há 23 anos como estudante. (Al Jazeera, Catar) | bit.ly/32y0O6Y

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Vijay Prashad e John Ross – Pandemia (Counterpunch, EUA) | “As diferenças entre as respostas dos EUA e da China ao Covid-19 são impressionantes” | bit.ly/3iBELld

Francisco Louçã – Extrema Direita (Esquerda.net, Portugal) | “A renúncia dos ideólogos da direita. Ao renunciar à educação democrática e universal, esta direita ganhou um tema, mas desistiu dos seus filhos.” | bit.ly/3miEAh3

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “O Partido Republicano planeja sabotar 2021. Republicanos já estão agindo como se não houvesse o próximo ano.” | nyti.ms/2ZFds2a

Tomas Pueyo – Pandemia (The New York Times, EUA) | “Para deter o coronavírus, os países mais bem sucedidos fecharam suas portas aos visitantes. Funcionou. Até que eles deixem os estranhos voltarem.” | nyti.ms/2FIYbWD

El País, editorial – Colômbia (El País, Espanha) | “Abusos policiais. É urgente uma reforma das forças de segurança colombianas, a começar pela polícia” | bit.ly/2Rt439h

Mar Romero Sala – Colômbia (El Diário, Espanha) | “13 mortes, massacres em áreas de tráfico de drogas e crise econômica: as chaves para os protestos contra a violência policial na Colômbia” | bit.ly/32uDPcP

Davis Sirota – Trump (Jacobin, EUA) | “Donald Trump declarou guerra ao movimento pelo clima” | bit.ly/3mqcAYI

Robert Reich – Trump (Common Dreams, EUA) | “Enquanto a Costa Oeste se incendeia, Trump não podia se importar menos.” | bit.ly/2ZBAAhF

Conteúdo Relacionado