Clipping Internacional

Clipping Internacional - 16/09/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

16/09/2020 09:36

(Ueslei Marcelino/Reuters)

Créditos da foto: (Ueslei Marcelino/Reuters)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA. Lula da Silva volta a lutar na política brasileira. O ex-presidente tem o desafio de manter viva a memória da bonança durante os governos do PT. Na semana em que se comemora a independência do Brasil, um movimento atraiu a atenção de todos. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, voltou ao ringue. Ele aproveitou a data pátria de 7 de setembro para, em um vídeo publicado nas redes sociais, reviver seu embate com o presidente Jair Bolsonaro. Apostou como nunca num discurso a favor das minorias, criticou o Governo e a forma como está lidando com a pandemia, falou sobre economia e política externa. Ele também testou soluções. (El País, Espanha) | bit.ly/2ZZShbh

MEIO AMBIENTE. Por meio de carta enviada ao vice-presidente Hamilton Mourão, oito nações europeias disseram que a "tendência crescente de desflorestamento no Brasil está tornando mais difícil" o investimento no país. A carta, assinada pelos embaixadores de Alemanha, Dinamarca, França, Itália, Holanda, Noruega, Reino Unido e Bélgica, foi enviada ao general Mourão, que lidera o Conselho da Amazônia. "Enquanto os esforços europeus buscam cadeias de suprimento não vinculadas ao desflorestamento, a atual tendência crescente de desflorestamento no Brasil está tornando cada vez mais difícil para empresas e investidores atender a seus critérios ambientais, sociais e de governança", diz a carta. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/3kseCWn

GOVERNO BOLSONARO. Jair Bolsonaro dá "cartão vermelho" para sua equipe econômica. O presidente do Brasil nega que vá congelar as pensões, por proposta de seu ministro da Economia, o ultraliberal Paulo Guedes. O presidente Jair Bolsonaro descartou a criação do Renda Brasil, programa de distribuição social que a equipe econômica do governo havia concebido como sucessor do Bolsa Família - criado pelo ex-presidente Lula da Silva - quando acabou o subsídio emergencial recebido pelos atingidos devido à pandemia Covid-19. (El País, Espanha) | bit.ly/35DQkEV

RIO DE JANEIRO. Um estado falido que daria uma série policial. As suspeitas de corrupção sobre o governador carioca e a sua destituição iminente são apenas mais um episódio no longo definhamento de um dos estados mais importantes do Brasil. Imaginemos uma sucessão de líderes políticos presos por envolvimento em esquemas de corrupção de larga escala que governam um território onde há uma guerra não declarada entre as polícias e o narcotráfico, frequentemente mais bem organizado e armado que as forças de segurança regulares .... (Público, Portugal) | bit.ly/3kqSwUa

COVID-19. Brasil ultrapassa novamente as mil mortes. O país registra 1.113 mortos e mais de 36 mil novos casos em 24 horas. O Ministério da Saúde do Brasil registou mais 36.653 casos e 1.113 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. No total, o país sul-americano tem 4.382.263 casos e 133.119 vítimas mortais da doença causada pelo novo coronavírus. Este número de mortes é elevado e está acima da média da última semana - cerca de 700. Contudo, é habitual que os números da terça-feira compensarem os da segunda-feira e domingo, dias em que os serviços funcionam de forma reduzida. (Diário de Notícias, Portugal; El Periodico, Espanha; Diario Correo, Peru) | bit.ly/32BvxA4 | bit.ly/2RwK6yj | bit.ly/3kp6Gp6

PANTANAL. "Tem que chover". O Pantanal, maior área úmida tropical do planeta, é devastado pelas chamas devido à seca. Desde o início do ano, 23,5 mil km2 já viraram fumaça, ou quase 12% do Pantanal brasileiro, santuário da biodiversidade que se estende também pelo Paraguai e Bolívia. “Tem que chover”, suspira o tenente do corpo de bombeiros, vendo sua equipe, munida de mangueiras de incêndio, impotente diante das chamas que assolam o Pantanal brasileiro, santuário da biodiversidade ameaçada.(Tribune de Genève, Suíça) | bit.ly/2ZHh6Zl

QUEIMADAS. A destruição causada pela expansão do cultivo da soja na floresta tropical. O verão é a época das queimadas no Brasil. O fogo abriu campos de soja e pastagens nas florestas brasileiras. Nesta temporada de incêndios, a ONG Rainforest Norway fez um tour pela savana tropical de El Cerrado para documentar a destruição associada à produção massiva de soja em imagens oferecidas ao jornal e que fazem parte de uma campanha internacional da qual a Ecologistas em Ação Espanha participa. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3mmrSxP

MÍSSIL. Brasil avança no desenvolvimento de míssil de cruzeiro tático. O Governo Brasileiro indicou que o protótipo denominado AV-TM 300 fará parte do seu sistema de defesa militar e as primeiras unidades poderão ser entregues entre 2021 e 2022. O desenvolvimento deste projétil faz parte do projeto Astros 2020, lançado em 2011 durante o Governo de Dilma Rousseff através do qual foi concedido um empréstimo de 45 milhões de reais (hoje cerca de 8,5 milhões de dólares) para adquirir um novo sistema de defesa capaz de lançar tais mísseis. (El Periódico, Espanha; La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3c1BRns | bit.ly/2ZHh6Zl

CORONAVÍRUS. O ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, apresentou ao presidente Mario Abdo Benítez um protocolo de saúde para abrir a fronteira com o Brasil. A inauguração seria por meio da Ponte da Amizade que liga Ciudad del Este a Foz de Iguaçu, fechada desde março. O ministro explicou que a primeira fase é destinada apenas aos comerciantes. Por isso, prevalecerá a entrada de pessoas que querem entrar do Brasil para fins comerciais. (Página 12, Argentina) | bit.ly/33OIztp

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

 ARGENTINA. O governo avançou nesta terça-feira em novas medidas cambiais para conter a saída de divisas e evitar a queda das reservas internacionais. O Banco Central anunciou que as despesas com cartão começarão a ser descontadas da cota de compra do dólar da poupança. Especificaram que tanto a compra de moeda estrangeira para poupança quanto as despesas com cartão terão uma sobretaxa extra de 35% que pode ser deduzida após o imposto de renda. Também foram estabelecidas novas diretrizes para a compra de moeda estrangeira pelas empresas para saldar suas dívidas e controlados os movimentos especulativos. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3c53ZG9

ARGENTINA. Imposto sobre os ricos: o debate começa na Câmara dos Deputados. A Câmara dos Deputados iniciará o debate em comissão do projeto de contribuição extraordinária aos grandes patrimônios apresentado pelo partido no poder. A medida atinge os mais ricos do país, ao impor uma contribuição única àqueles com ativos superiores a 200 milhões de pesos até o último dia 31 de dezembro. Cerca de 12 mil pessoas terão que dar uma contribuição extraordinária apenas uma vez. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2Ry0yyg

AMÉRICA LATINA. Biden oferece uma "mudança drástica de tom" na América Latina. O desafiante presidencial democrata romperia com a abordagem de confronto de Trump. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/35KJT2O

EQUADOR. Indígenas se unem ao protesto de sindicatos e professores. As centrais sindicais, sindicatos de professores e estudantes do Equador convocaram uma manifestação para protestar contra as ações do governo em meio à crise econômica e de saúde que assola o país. (El Espectador, Colômbia) | bit.ly/3c4k3rB

COLÔMBIA. Cerca de 60 soldados estão sendo investigados na Colômbia por supostamente abrir fogo durante protestos que eclodiram na quarta-feira após o aparente assassinato de um homem por dois policiais, informaram as autoridades. A análise técnica de 50 vídeos e uma investigação interna permitiram identificar 58 soldados "que concordaram em atirar ou perder munições" durante as manifestações de quarta e quinta-feira, disse à AFP um assessor de imprensa da polícia. Em Bogotá e no município vizinho de Soacha, 12 pessoas morreram, a maioria jovens atingidos por projéteis, segundo autoridades. (La Jornada, México) | bit.ly/33AxBaI

EUA. Alguns dos céus mais poluídos do planeta estão agora na costa oeste dos Estados Unidos. Moradores de São Francisco a Seattle e outros têm sofrido por dias com a fumaça do incêndio florestal, que elevou as leituras da qualidade do ar a níveis perigosos. Enquanto os bombeiros continuavam a batalha com as chamas que ainda estavam se espalhando, a névoa de alto nível começou a se estabelecer na atmosfera a milhares de milhares de distância e também foi vista na costa oeste, inclusive na capital, Washington e New York. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2FKOhDT

EUA. Trump e a imagem global dos EUA despencam durante a pandemia, segundo pesquisa. A imagem dos Estados Unidos e de Donald Trump ao redor do mundo caiu de pobre para abismal com o tratamento do governo para a pandemia do coronavírus, de acordo com uma pesquisa global. O presidente é o líder mundial menos confiável, com 16% tendo confiança de que ele "faria a coisa certa" nos assuntos mundiais. Uma pesquisa conduzida pelo Pew Research Center com mais de 13.000 adultos em 13 economias avançadas entre 10 de junho e 3 de agosto mostra que a confiança internacional nos Estados Unidos e em seu presidente caiu acentuadamente em todos os setores, atingindo mínimos históricos em vários países. (The Guardian, Inglaterra; The Washington Post, EUA) | bit.ly/3c2LKRC | wapo.st/3kkq1HZ

BARBADOS. Barbados revive plano para destituir a Rainha da chefia de Estado e se tornar uma república. O líder da ilha caribenha diz que seu povo quer um "chefe de estado barbadense" e visa atingir a meta até novembro de 2021. Ao ler o discurso, a governadora-geral, Dame Sandra Mason, disse: “Chegou a hora de deixar totalmente para trás nosso passado colonial. Os barbadianos querem um chefe de estado barbadense. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3c3zvo0

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Elizabeth Drew – EUA (Project Syndicate, EUA) | “A eleição norte-americana do Covid” | bit.ly/3c1gJO8

Mohamed El Erian – Crise Econômica (The Guardian, Inglaterra) | “Devemos usar a crise Covid para remodelar nossa sociedade e economia” | bit.ly/3hGkHN7

Mario Wainfeld – Argentina (Página 12, Argentina) | “A queda de braço contra aqueles que defendem a velha normalidade” | bit.ly/3kskLCd

Bruno Cabanes e Benjamin Hoffman – EUA (Le Monde, França) | “Quatro anos após a eleição de Trump, ele reina como um cheiro de guerra civil em Ohio" | bit.ly/3hBZR1t

Jesse Rosenfeld – Refugiados (The Nation, EUA) | “Refugiados enfrentam fogo e terror na Grécia. Queimados de suas casas, eles agora enfrentam gás lacrimogêneo da polícia, espancamentos de fascistas e ameaças de prisão pelo governo.” | bit.ly/3hzE4rh

Daniel Bessner – EUA (Jacobin, EUA) | “A ‘Guerra ao Terror’ dos EUA criaram pelo menos 37 milhões de refugiados.” | bit.ly/2FFlRva

Gabriele Pastrello – Economia europeia (Sinistra in Rete, Itália) | “A próxima geração e o ‘stop & go’ da Europa” | bit.ly/2HaK65n

Doug Henwood – Economia (Sinistra in Rete, Itália) | “A teoria monetária moderna não ajuda” | bit.ly/2FMzGb5



Conteúdo Relacionado