Clipping Internacional

Clipping Internacional - 17/01/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

17/01/2021 10:49

(Carl de Souza/AFP)

Créditos da foto: (Carl de Souza/AFP)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO/impeachment e crise sanitária. Coronavírus no Brasil: panelaço contra Jair Bolsonaro devido à crise de saúde. O Brasil teve panelaços fortes ontem à noite em protesto contra o presidente Jair Bolsonaro, diante do colapso e da falta de oxigênio nos hospitais da cidade amazônica de Manaus, que vive uma segunda onda de coronavírus, e em meio ao atraso na chegada de vacinas contra Covid-19. “Fora com o Bolsonaro!”, Gritaram muitos brasileiros furiosos de suas janelas. O estado do Amazonas, no norte do país, que em abril e maio do ano passado testemunhou funerais em massa e o colapso de seu sistema de saúde, vem experimentando um novo surto há algumas semanas que saturou hospitais e esgotou as reservas de oxigênio. Bolsonaro afirma que “só Deus me tira do cargo”. (Página 12, Argentina; Diário de Notícias, Portugal; El Clarín, Argentina; El Telégrafo, Equador; El Desconcierto, Chile) | bit.ly/3sBRfyS | bit.ly/2LFJs2e | bit.ly/3bMGYcR | bit.ly/38SA6co | bit.ly/2LJLnCN

CRISE SANITÁRIA EM MANAUS.. Brasil corre para salvar bebês prematuros enquanto Covid-19 entope hospitais de Manaus. Estado espera transferir pelo menos 60 bebês de unidades neonatais. Força aérea evacua pacientes com coronavírus da cidade amazônica. As autoridades na Amazônia brasileira estão correndo para salvar dezenas de bebês prematuros depois que um aumento nos casos de coronavírus causou uma falha catastrófica no suprimento de oxigênio para hospitais e clínicas. Políticos, artistas e clubes unem-se em apelos por oxigênio para Manaus. (The Guardian, Inglaterra; Diário de Notícias, Portugal; La diária, Uruguai; El Diário, Espanha; Financial Times, Inglaterra; Le Monde, França; La Repubblica, Itália; Jornal de Notícias, Portugal; Xinhuanet, China; The Sydney Morning Herald, Austrália; El Mercurio, Chile; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/38PqsXU | bit.ly/35QOqQF | bit.ly/3oRPwTK | bit.ly/3sIyLg6 | bit.ly/35J6Xy4 | bit.ly/35QOr7b | on.ft.com/39Eogl7 | bit.ly/2NgXHet | bit.ly/35NVDRu | bit.ly/35Laufd | bit.ly/2KrRnzE | bit.ly/3imWZI3 | bit.ly/3bJQQUZ | bit.ly/3sz3EDG

BOLSONARO/Obscurantismo na presidência. Para Bolsonaro, a pandemia é "a lei da vida". Declarações desdenhosas do presidente do Brasil diante da tremenda crise da saúde. Jair Bolsonaro deu uma gargalhada quando falava sobre a crise do coronavírus no estado do Amazonas. O argumento do presidente brasileiro foi o mesmo de sempre, de que pouco ou nada há a fazer diante de uma doença que causará inexoravelmente a morte de idosos ou de pessoas com enfermidades crônicas. “É a lei da vida.”. Mas encontrou culpados: as vítimas. Ele culpou as pessoas que esperam até o último minuto para ir ao hospital, quando se sentem “sem fôlego”. (Página 12, Argentina) | bit.ly/35MB6fY

VACINA RUSSA/Anvisa nega. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) indeferiu o pedido de aprovação da vacina russa Sputnik V Covid-19 para uso emergencial no Brasil. De acordo com o agência, a solicitação não atende aos critérios mínimos para esta tarefa. No final de dezembro, União Química, sócia do Fundo Russo de Investimento Direto, entrou em contato com a Anvisa, solicitando autorização para realizar a terceira etapa dos ensaios clínicos da vacina Sputnik V no Brasil. O Estado da Bahia pede à Justiça autorização para a vacina Sputnik V (Tass, Rússia; El Diário, Espanha) | bit.ly/3sB4aRg | bit.ly/39HhHOQ | bit.ly/39HhHOQ

REDES SOCIAIS/bloqueio a Bolsonaro. Proibição de redes sociais a Trump nas redes sociais gera apelos à ação contra outros líderes populistas. Mas para muitos ao redor do mundo, a decisão trouxe esperança: será que uma ação semelhante pode ser tomada em breve contra outros provocadores populistas que eles acusam de usar a mídia social para agitar o caos? No Brasil, Felipe Neto se pergunta: ““Tenho que seguir as regras do YouTube quando postar meus vídeos, ou sou banido. Os jornalistas têm que obedecer às regras de seus veículos quando publicam uma história. Então, por que os presidentes não deveriam obedecer a nenhuma regra ao publicar algo online?”. E Marcelo Freixo tuitou: “O Twitter colocou um focinho em Trump. Vamos precisar de outro para o Brasil ”. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3sxbjSM

BOLSONARO/negacionismo nas redes sociais. O Twitter rotulou esta sexta-feira como "potencialmente prejudicial" por sua "informação enganosa" uma publicação enviada pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, na qual o presidente defende o "tratamento precoce" contra covid-19 apesar da falta de evidências científicas. Crise na saúde no Brasil. O presidente do Brasil insiste em defender o uso de medicamentos cuja eficácia contra o coronavírus não tenha sido verificada. (La Vanguardia, Espanha; El Diário, Espanha; El Periódico, Espanha; Diario Correo, Peru) | bit.ly/3quk6my | bit.ly/3qt2bwz | bit.ly/35QVixh | bit.ly/3sz3xbe

CRISE SANITÁRIA EM MANAUS/Venezuela. Venezuela afirma que ajudará a Amazônia brasileira em face do colapso dos hospitais. O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, informou nesta quinta-feira que o presidente Nicolás Maduro lhe ordenou que se comunicasse com as autoridades de Manaus, a maior cidade da Amazônia brasileira, para disponibilizar o oxigênio necessário diante do colapso do hospital devido ao Covid-19. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3sIyDNE | bit.ly/2LzkbH4

VACINA/Bolsonaro atrasa vacina. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou nesta sexta-feira um novo atraso na logística para busca de dois milhões de doses da vacina anticovid do laboratório AstraZeneca fabricado na Índia, notícia que estimulou ainda mais um dia de protestos que houve local em várias cidades. (El Diário, Espanha; El Clarín, Argentina) | bit.ly/39Jxk8e | bit.ly/39JxkFg

PANDEMIA/OMS alerta para piora. OMS alerta que a atual onda do covid-19 na Amazônia pode ser "pior do que a de abril e maio". A agência lembrou ainda que a situação crítica na América do Sul não pode ser atribuída exclusivamente à nova variante detectada na região selva, mas ao não cumprimento das restrições em vigor. (El Mercúrio, Chile) | bit.ly/3bON3pk

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA/ liberdade para Milagro Sala. Protesto nacional pelos cinco anos de detenção de Milagro Sala. Grande demanda pela libertação de Milagro Sala cinco anos após sua detenção. A marcha mais emblemática abalou Jujuy. Apesar do bloqueio policial, uma enorme coluna conseguiu chegar à Casa de Governo d Jujuy. “Milagro é uma presa política. Temos presos políticos na Argentina e com presos políticos não há democracia”, disse o coordenador do Tupac Amaru, Juan Manuel Esquivel. Ela era líder do ‘Movimiento Piquetero da Argentina” e sua condenação a 13 anos de prisão por liderar ‘associação ilegal’ foi denunciada por organismos de direitos humanos, inclusive a Anistia Internacional. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2NgXPKZ | bit.ly/2NflivV

HOLANDA/perseguição fiscal a migrantes. O fisco holandês perseguiu milhares de famílias, muitas devido à origem étnica. Durante anos, falsas acusações de fraude nos subsídios à infância levaram o Estado a cortar abonos e a exigir milhares de euros de volta. 11 mil destas famílias foram visadas devido à origem étnica ou dupla nacionalidade. De acordo com o relatório parlamentar publicado o mês passado, este esquema “violou princípios fundamentais do Estado de Direito” e criou uma “injustiça sem precedentes” que afetou cerca de 26.000 famílias. As consequências foram devastadoras, levando à bancarrota muitas pessoas. O governo demitiu-se em antecipação a uma moção de censura no Parlamento. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/3syEnJG

CORONAVÍRUS/novas cepas preocupantes. A variante mais contagiosa do coronavírus descoberta na Grã-Bretanha já foi detectada em mais de 50 países, incluindo a Argentina no sábado, e acredita-se que esteja causando surtos em pelo menos dois. Mas até que ponto essa versão do vírus realmente se espalhou - e se já poderia ser um fator nos picos de outros países - pode não estar claro por algum tempo, porque os testes genômicos necessários continuam raros. E pelo menos três outras variantes preocupantes estão se espalhando menos amplamente, de acordo com os dados disponíveis: uma identificada na África do Sul e duas no Brasil. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/39EYb5w

TRUMP/os problemas com a lei. Os problemas jurídicos do cidadão Donald Trump. Ele não perdeu apenas a eleição de 3 de novembro. Ele também perdeu imunidade. Investigações criminais, ações judiciais e casos bloqueados pela imunidade presidencial aguardam quem na próxima semana se tornará ex-presidente. A Constituição dos EUA, que detalha como o Congresso pode destituir um presidente "por crimes e contravenções graves" por meio do processo de impeachment, não diz se ele pode ser submetido a processo criminal no tribunal. (El País, Espanha) | bit.ly/3bOMVWS

COLÔMBIA. Negociadores colombianos defendem o papel de Cuba nos processos de paz. Humberto de la Calle e Sergio Jaramillo censuram o Governo de Iván Duque por se conformar ao programa ideológico da Administração Trump, que designou a ilha como patrocinadora do terrorismo. (El País, Espanha) | bit.ly/3qqZ4W4

EUA/QAnon, extrema direita. Que é a teoria da conspiração QAnon? QAnon é um conjunto de teorias da conspiração que afirmam que Donald Trump luta contra uma elite secreta de pedófilos que governa os Estados Unidos nas sombras. A ideia central de todas elas é que existe uma elite secreta que governa o país e que mantém uma enorme rede mundial de tráfico sexual infantil. Segundo eles, essa elite inclui políticos do Partido Democrata como Hillary Clinton e Barack Obama. Segundo os seguidores do QAnon, o presidente Donald Trump, apoiado por uma parte das Forças Armadas, está travando uma luta nas sombras contra essa elite. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2LDMljW

EUA/Biden vai ‘cancelar’ Trump. Biden anuncia dez dias de decretos urgentes para cancelar Trump. Da obrigação de usar máscara à luta contra a crise climática, o novo presidente quer mudar os EUA desde quarta-feira, dia de sua posse. Uma enxurrada de decretos "cancelará Donald Trump" em dez dias. Joe Biden está preparando um ativismo legislativo frenético nesta quarta-feira, 20 de janeiro, dia da posse. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/38UbShT

EUA/responsabilidades do Facebook na invasão do Capitólio. Deputada Ocasio-Cortez na ofensiva contra o Facebook: "Ele é responsável pelo ataque ao Congresso". A expoente democrata acusa Zuckerberg: "Ele sabia da desinformação que circulava em sua rede social e não fez nada para impedi-la". Já em 2019, a parlamentar havia criticado duramente suas políticas sobre o controle de mensagens online. (La Repubblica, Itália; The Independent, Inglaterra) | bit.ly/3szYJlS | bit.ly/3sBRfPo

CUBA e VENEZUELA/Sanções dos EUA. Cuba e Venezuela vão criar um observatório binacional de sanções unilaterais para monitorar as que lhes são impostas pelos Estados Unidos, informou neste sábado a vice-presidente do país sul-americano, Delcy Rodríguez viajou à ilha para apresentar a Lei Antibloqueio aprovada em seu país em outubro. A visita ocorre quatro dias após o fim do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cujo foco de política externa foi o endurecimento radical de todo tipo de medidas contra Havana e Caracas. (La Jornada, México) | bit.ly/2N2AOen

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Bolsonaro faz o que pode” | bit.ly/2LwC7C9

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Brasil e a sequência criminosa de absurdos” | bit.ly/39CQvAN

Mariana Mazzucato, Henry Lishi Li and Els Torreele – Saúde Pública (Social Europe, Europa) | “Criando vacinas para as pessoas, não para os lucros” | bit.ly/3svR87H

Michele Castaldo – EUA (Sinistra in Rete, Itália) | “EUA, janeiro de 2021 o dedo aponta para a lua” | bit.ly/3bMLWq9

Geraldina Colotti – América Latina (Sinistra in Rete, Itália) | “2021, o despertar dos povos da América Latina. Desafios e perspectivas” | bit.ly/39DbFPb

Jose Pablo Feinman – Extrema Direita (Página 12, Argentina) | “O mundo em perigo” | bit.ly/35QVmgv

Francisco Louçã – China (Esquerda.net, Portugal) | “Sucessos e abalos chineses” | bit.ly/35OrRfm

Zephyr Teachout – Redes Sociais (The Washington Post, EUA) | “Estamos melhor sem Trump no Twitter. E pior ainda com o Twitter no comando.” | wapo.st/3qup5ni

Markus Backer e outros – Redes sociais (Der Spiegel, Alemanha) | “O problema crescente da radicalização ‘on line’” | bit.ly/39ELg3B

Gilles Costaz – Brasil/literatura (Le Monde Diplomatique, França) | “Mística Mágica: Clarice Lispector” | bit.ly/39HhI5m



Conteúdo Relacionado