Clipping Internacional

Clipping Internacional - 18/05/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

18/05/2020 09:13

Funeral de indígena da tribo Kokama, que morreu de Covid-19, em Manaus (Michael Dantas/AFP)

Créditos da foto: Funeral de indígena da tribo Kokama, que morreu de Covid-19, em Manaus (Michael Dantas/AFP)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ESTADO POLICIAL. 'Licença para matar': dentro do ano recorde do Rio de assassinatos por policiais Uma análise do New York Times constatou que policiais disparam sem restrições, protegidos por seus chefes e políticos, certos de que assassinatos ilegais não serão realizados contra eles. Oficialmente, a polícia no Brasil pode usar força letal apenas para enfrentar uma ameaça iminente. Mas uma análise de quatro dúzias de assassinatos policiais no violento distrito do Rio, onde Rodrigo foi morto, mostra que os policiais costumam matar pessoas sem restrições, protegidas por seus chefes e o conhecimento de que, mesmo que sejam investigadas por assassinatos ilegais, não os impedirão voltando ao ritmo. (The New York Times, EUA) | https://nyti.ms/2XlFAFB

ESTADO POLICIAL. 'Em vez de médicos, eles mandam polícia para nos matar': Rio bloqueado enfrenta ataques mortais. A polícia armada invadiu o Complexo do Alemão, uma favela do Rio de Janeiro, na sexta-feira. Quarentena de Covid-19 não impediu a polícia de invadir favelas, com 13 mortos na última operação.(The Guardian, Inglaterra) | https://bit.ly/2z6dQfK

PANDEMIA. Casos de Covid-19 no Brasil superam Itália em meio a surtos na América Latina. México e Peru lutam para conter surtos, já que as mortes na Espanha caem para dois meses (The Guardian, Inglaterra) | https://bit.ly/2ycS75z

PANDEMIA. Uma carência de dados sobre a raça das vítimas de Covid-19 no Brasil chega à Justiça. Um terço das notificações sobre o vírus não oferece essa informação, essencial para acompanhar a evolução dos grupos mais vulneráveis do país. A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou que os registros de casos confirmados e de morte pelo coronavírus devem incluir essa informação. (El País, Espanha) | https://bit.ly/2z0vfqq

PANDEMIA. Brasil com quase 8 mil casos em 24 horas. Os hospitais de São Paulo estão à beira do colapso. Em duas semanas já não haverá mais leitos, diz o prefeito de São Paulo, Bruno Covas. O país já tem mais infectados por dia que Itália e Espanha. A crise sanitária já se tornou política e se debate se Bolsonaro pode continuar à frente do Estado. O país se encontra desarmado diante do aprofundamento da pandemia. E, no caos, o país já perdeu dois ministros da saúde. O país já é o quarto em número total de infectados. (Diário de Notícias, Portugal; El Periódico, Espanha; Le Monde, França; La Repubblica, Itália; Corriere della Sera, Itália; El Clarín, Argentina; Últimas Notícias, Venezuela) | https://bit.ly/2TehoUk | https://bit.ly/2TdiyiN | https://bit.ly/2zbhAwH | https://bit.ly/2X9Gbd8 | https://bit.ly/36a0Phh | https://bit.ly/3g2cfYX

FASCISMO BRASILEIRO. Civis armados apoiam Bolsonaro em Brasília. Seus membros acampam perto da Praça dos Três Poderes, próximo ao Tribunal Federal Superior que eles escolheram como alvo atualmente. Eles têm uma porta-voz muito jovem, Sara Giromin.O militarismo brasileiro professado por Jair Bolsonaro não é apenas uma questão de uniformes. Foi inoculado para a sociedade civil e especialmente para seus seguidores mais radicalizados. A extrema direita ocupou espaço público no coração político do Brasil, seu Distrito Federal, sede do Planalto e Itamaraty. Não impressiona pelo número, nem pelas idéias rudimentares que gera, mas pelo que projeta. Neste ponto, não deve ser subestimado. Ex ministros da Defesa, críticos com chamada de Bolsonaro aos militares. (Página 12, Argentina; La Diária, Uruguai) | https://bit.ly/2ZcN9AG | https://bit.ly/2X7nyGP

BOLSONARO. Bolsonaro participou de uma manifestação apesar do drama no Brasil. A expansão do covid-19 já soma mais de 230 mil infecções e 15 mil mortes no país. E tirou fotos com crianças desafiando recomendações epidemiológicas. Em seu discurso, o presidente se distanciou dos governos e municípios regionais que propõem continuar com as medidas de confinamento. Ao contrário de atos anteriores, ele evitou se referir ao Judiciário. Na manifestação se fez acompanhar de 11 ministros. (Página 12, Argentina; The New York Times, EUA; El Mercúrio, Chile) | https://bit.ly/2X1OGHe | https://nyti.ms/2XbNEbA | https://bit.ly/3g28SS7

POLÍCIA FEDERAL. Polícia Federal avisou Flávio Bolsonaro de investigação no seu gabinete. Empresário que apoiou a campanha de Jair Bolsonaro denunciou que o filho mais velho do Presidente recebeu informação antecipada sobre o processo do seu funcionário Flávio Queiroz que, alegadamente, geria um saco azul no seu gabinete. A PF abriu uma investigação. (Público, Portugal; La Vanguardia, Espanha) | https://bit.ly/2AIbbtr | https://bit.ly/3g1YhGA

BOLSONARO. Ex-aliada compara Bolsonaro a Stalin e teme prejuízo à “verdadeira direita”. A deputada do Partido Social Liberal, Janaina Paschoal, afirma que o “bolsonarismo” pode “manchar a honra e a credibilidade da verdadeira direita”. (Público, Portugal) | https://bit.ly/2AxgATM

BOLSONARO. Afinal, Bolsonaro vai ou não ser denunciado? Perguntas e respostas de mais um caso de polícia na política brasileira. Em que ponto está o inquérito às acusações de Moro contra o presidente, quais as provas, os crimes eventualmente cometidos, os eventuais desfechos e quem é o homem que vai decidir tudo (Diário de Notícias, Portugal) | https://bit.ly/2yaBpDL

BOLSONARO. No Brasil, Bolsonaro afunda no negacionismo e na crise política. No Congresso há cerca de 30 pedidos de impeachment contra o chefe de Estado brasileiro. (Le Monde, França) | https://bit.ly/3g1YiKE

CLOROQUINA. O confronto com Bolsonaro por desvalorização e uso de uma droga forçou a queda do Ministro da Saúde do Brasil O governo insiste em recomendar a cloroquina para o tratamento de pacientes, algo que Nelson Teich rejeitou. (El País, Espanha) | https://bit.ly/2yZIYxL

INDÍGENAS. O Coronavírus chega às tribos remotas do Amazonas. Na remota comunidade de Betania, os membros da tribo Tikuna suspeitam que o coronavírus chegou este mês, depois que alguns regressaram de uma viagem de barco para receber o dinheiro que o governo depositou. (La Jornada, México) | https://bit.ly/2z6dXIc

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA. Coronavírus nas periferias portenhas, um sinal amarelo. A onda de contágios deu um caráter classista à Pandemia. A propagação do coronavírus deu um salto nos bairros pobres periféricos. A pobreza e a desigualdade se converteram no maior problema da pandemia. Não se trata apenas de leitos para os enfermos, mas de todo uma assistência às famílias. (Página 12, Argentina) | https://bit.ly/2X8Bb8x

ARGENTINA. O vírus da desigualdade: um em cada três novos casos se localiza nos bairros periféricos de Buenos Aires. Os contágios dispararam na área metropolitana. Impulsionado pelas infecções dos bairros populares, o tempo de duplicação, que era de 25 dias na semana passada, se reduziu a dez. (Tiempo Argentino, Argentina) | https://bit.ly/2LzGJDU

AMÉRICA LATINA. Líderes progressista da Iberoamérica convocam à unidade e fixam uma agenda frente ao Covid-19. A reunião do Grupo de Puebla busca uma unidade com alternativas às políticas neoliberais ante o desafio da pandemia (El País, Espanha) | https://bit.ly/3g1Yj1a

GUERRA FRIA. Donald Trump e Xi Jinping: China e EUA estão em rota de colisão em uma nova guerra fria? Os líderes travaram uma guerra amarga de palavras sobre o Covid-19 e ambos estão ansiosos para reforçar sua base em casa. A política externa geralmente não chama muita atenção nas campanhas eleitorais dos EUA. Foram dados alguns minutos simbólicos nos debates primários democratas. Mas isso foi antes do coronavírus. O sentimento antiChina é agora o principal combustível do esforço de reeleição de Donald Trump, na ausência de uma alternativa viável. (The Guardian, Inglaterra) | https://bit.ly/3g1YjhG

ALEMANHA. Alarme pela influência dos ultradireitistas nos protestos na Alemanha. A bagunça é notável, mas surgem algumas grandes linhas ideológicas que amálgama as milhares de pessoas que, pelo segundo fim de semana consecutivo, saíram às ruas na Alemanha para protestar contra as restrições decretadas pelas autoridades diante do coronavírus. Nas manifestações em Munique, Berlim, Frankfurt ou Stuttgart, coexistem seguidores da extrema direita, seguidores de teorias da conspiração, detratores de vacinas, coletivos antissistema, radicais da extrema esquerda e também cidadãos comuns. Todos eles se declaram indignados com as medidas antivírus que, em sua opinião, violam os direitos fundamentais estabelecidos na Constituição. (La Vanguardia, Espanha) | https://bit.ly/3bOpF7X

ISRAEL. Anexação de parte da Cisjordânia será prioridade para o novo governo de Israel. Acusado de corrupção, Netanyahu voltou a assumir como primeiro ministro. (La Diária, Uruguai) | https://bit.ly/2XlFIVB

SUÉCIA. Na Suécia morreram 3.684 pessoas pelo coronavírus. São muitos mortos para que o país seja considerado o ‘melhor’ estratégia de combate à epidemia do mundo. O número de mortos foi 3 vezes maior que seus vizinhos, a Noruega, a Dinamarca e a Finlândia. (El Mundo, Espanha) | https://bit.ly/2X6jXcb

ÍNDIA. A Índia bate o recorde de infectados em um só dia. É o país da Ásia com o maior número de casos, quase atingindo a marca dos 100 mil. (Al Jazeera, Catar) | https://bit.ly/2AF3hko

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Alex Doherty – Neoliberalismo (The Guardian, Inglaterra) | “A crise do coronavírus matou o neoliberalismo? Não conte com isso.” | https://bit.ly/2TgNUFo

Emir Sader – Brasil (Página 12, Argentina) | “O discurso genocida de Bolsonaro” | https://bit.ly/2Tj9A3o

David Curé – Argentina (Página 12, Argentina) | “O dólar na batalha da dívida” | https://bit.ly/3fWpwCF

Pepe Mujica, entrevista – Crise civilizatória (Página 12, Argentina) | “Sem otimismo para o dia depois da pandemia.” | https://bit.ly/2XbDVSE

Bárbara Caramuru – Palestina (Esquerda.net, Portugal) | “Nakba palestina. 72 anos de uma história diaspórica.” | https://bit.ly/2X7dcGP

David Remnick – Trump (The New Yorker, EUA) | “O que Donald Trump divide com Joseph McCarthy.” | https://bit.ly/2z9dghh

Carlos Suárez, entrevista– México (El Espectador, Colômbia) | “No México, a pandemia o alcançou pobre, corrupto e dividido” | https://bit.ly/2TiXfwb

Martine Boulard – EUA/China (Le Monde Diplomatique, França) | “Nem o coronavírus... Obviamente, não há barreira contra o vírus da guerra fria que tomou conta dos Estados Unidos e da China!” | https://bit.ly/2WL1WBj

Conteúdo Relacionado