Clipping Internacional

Clipping Internacional - 23/02/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

23/02/2021 09:37

A artista Suzanne Brennan Firstenberg caminha entre milhares de bandeiras brancas plantadas em memória dos americanos que morreram de COVID-19 perto do Estádio Memorial Robert F. Kennedy em Washington (AP Photo/Patrick Semansky)

Créditos da foto: A artista Suzanne Brennan Firstenberg caminha entre milhares de bandeiras brancas plantadas em memória dos americanos que morreram de COVID-19 perto do Estádio Memorial Robert F. Kennedy em Washington (AP Photo/Patrick Semansky)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

EXTREMA DIREITA/Financiamento internacional aos ataques à democracia. O ministro Dias Toffoli revelou que o Supremo Tribunal Federal está investigando o financiamento internacional por trás do “escritório do ódio” de extrema direita, uma rede engajada em uma campanha contínua contra as instituições democráticas do Brasil. A rede esteve ativa nas campanhas para eleger Jair Bolsonaro, para a prisão de Lula da Silva, e em apoio ao golpe de 2016 para remover Dilma Rousseff, e assim a descoberta de seu financiamento externo levanta questões muito mais amplas. (Brasil Wire, EUA) | bit.ly/37Hw45p

PETROBRÁS/Valor das ações caem 20 % após Bolsonaro indicar militar para presidência. quer um general aposentado para assumir a liderança da petroleira para silenciar reclamações sobre o aumento dos combustíveis. As ações da Petrobras, petroleira controlada pelo governo brasileiro, fecharam com queda de mais de 20% no Ibovespa, enquanto o índice geral caiu quase 5% e o dólar atingiu 5,50 reais. O presidente está descontente com os aumentos da gasolina e do diesel em torno de 30% neste ano, questão fundamental para o setor de potentes caminhoneiros, no qual tem muitos fiéis. desde 2019 da hidrelétrica de Itaipu, no fronteira com a Argentina e o Paraguai. (El País, Espanha; La Diária, Uruguai; El Espectador, Colômbia; El Clarín, Argentina; The Wall Street Journal, EUA: Financial Times, Inglaterra; Telesur, Venezuela; El País, Uruguai; La Nación, Argentina) | bit.ly/3pMGtmo | bit.ly/3dF6zFJ | bit.ly/3sczy7U | bit.ly/3bvBQIt | on.wsj.com/3kcjY9y | on.ft.com/3usue1Z | bit.ly/3uAfmPo | bit.ly/2SyOJsO | bit.ly/3sleOuy

AMAZÔNIA/"Maior inimigo da Amazônia está sentado no Palácio do Planalto”. O Observatorio do Clima denuncia. Um programa para que empresas brasileiras e estrangeiras apadrinhem a preservação da floresta, esta é a ideia do Adote um Parque, lançado pelo Ministério do Meio Ambiente. O governo federal estima arrecadar R$ 3,2 bilhões para a preservação ambiental. Na avaliação de Marcio Astrini, secretário executivo do Observatório do Clima, tudo não passa de um jogo de cena. “O que falta não é dinheiro, falta compromisso”, afirma. (RFI, França) | bit.ly/2NyppDF

BOLSONARO/Reprovação de seu governo sobe de 43,2 % para 51,4 % em um mês. A taxa de reprovação do Bolsonaro sobe para 35,5% e ultrapassa a taxa de aprovação. Outros 30,2% dos brasileiros consideram o governo regular, praticamente sem variação em relação a outubro do ano passado (30,3%), segundo pesquisa CNT/MDA. Além do forte aumento no percentual de brasileiros que descrevem o governo do líder de extrema direita como "ruim" ou "péssimo", o índice de reprovação de Bolsonaro também saltou, de 43,2% em outubro para 51,4% em fevereiro, e o a taxa de aprovação caiu de 52,0% para 43,5%. O levantamento mostra ainda que o índice de rejeição pessoal do presidente já supera o índice de aprovação, em cerca de oito pontos. (El diário, Espanha) | bit.ly/3dMuoLE

BOLSONARO/ Justiça pede que Bolsonaro explique as mudanças na Petrobras. Um tribunal federal brasileiro pediu ao governo de Jair Bolsonaro que explicasse sua intenção de substituir o presidente da estatal Petrobras, que viu suas ações despencarem desde a última sexta-feira, quando a mudança foi anunciada. Bolsonaro defende mudança de presidente da Petrobras e critica a atual gestão. Bolsonaro diz que a mudança de liderança na Petrobras se deve a um "viés" a favor de "alguns grupos" A decisão foi adotada pelo Magistrado André Prado, de uma Justiça Federal de Minas Gerais, em resposta a uma ação movida por dois advogados contra intenção do Governo, que propôs como novo presidente da petroleira o general de a reserva do Exército Joaquim Silva e Luna. (El diário, Espanha) | bit.ly/3bvILBB | bit.ly/3bpydUg

VACINA/ Brasil começará a produzir vacina AztraZeneca no primeiro semestre de 2021. O Brasil começará a produzir a vacina Covid-19 no primeiro semestre de 2021, informou nesta segunda-feira uma instituição estatal de ciências biológicas. Com um acordo de transferência de tecnologia com a farmacêutica britânica AstraZeneca, a Fundação Oswaldo Cruz, com sede no Rio de Janeiro, poderá começar a fabricar a vacina no Brasil em abril, disse Marco Aurelio Krieger, vice-presidente de produção e inovação em saúde da fundação. “Esse sempre foi o nosso objetivo. Ao incorporar ao máximo a tecnologia de produção, esperamos ter 100% da produção nacional no primeiro semestre (deste ano). Estamos muito confiantes”, disse Krieger. (Xinhuanet, China) | bit.ly/3bADcl4

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA/Governo divulga lista das 70 pessoas vacinadas fora dos critérios em 700 mil. A nova ministra da Saúde divulgou a lista de vacinados a pedido do governo nacional. A grande maioria é “pessoal estratégico do Estado”, sem os nomes que a oposição circulou em listas falsas. Alguns casos injustificáveis aparecem. Vizzotti ressaltou que não houve "vacinação paralela" no ministério e avançou nas medidas tomadas para garantir a transparência. Carla Vizzotti: "Tomamos providências para esclarecer tudo". A vacinação irregular foi "uma situação muito específica, excepcional, errada e foram tomadas as medidas necessárias para esclarecer o ocorrido", disse Vizzotti. Já foram vacinadas 700 mil pessoas. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3urbS1y

BOLÍVIA/Ministério Público convoca Jeanine Áñez para depor. O Promotor Especial para Crimes Anticorrupção da Bolívia convocou a ex-presidente de fato Jeanine Áñez para testemunhar em um processo movido contra ela pelo crime de suposta "desobediência a resoluções em ações de defesa e inconstitucionalidade". A citação foi expedida em 5 de fevereiro e estabelece que o ex-presidente deve comparecer ao Ministério Público “para prestar depoimento informativo no âmbito da investigação realizada [no] Ministério Público no pedido de Juan Carlos Mendoza García ”. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/3spCMoJ

COLÔMBIA/6.402 civis foram assassinados pelo exército colombiano entre 2002 e 2008. É a conclusão do Tribunal de Paz, criado pelo acordo de paz de 2016, a jurisdição especial visa esclarecer os crimes de guerra cometidos durante meio século de conflito armado e julgar seus autores, sejam eles ex-guerrilheiros, soldados, funcionários públicos ou civis. Os "falsos positivos" - é o nome dado a estes assassinatos de civis por militares ansiosos por fazer a figura - constituem "a mais absoluta abominação, a maior vergonha para um Estado", segundo o defensor dos direitos do homem, Rodrigo Uprimny. (Le Monde, França) | bit.ly/3khB7ig

CUBA/O país inicia a produção de sua vacina Soberana 02. A pandemia de Cuba iniciou a produção em massa de sua própria vacina contra o coronavírus. É a Soberana 02, desenvolvido pelo Instituto Finlay e com o qual a ilha espera concluir a aplicação de 150 mil doses - seu ensaio clínico de fase III - em março. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/2NnzhAl

EQUADOR/Denúncia: Lenin Moreno prepara golpe contra a democracia. Denúncia da ‘Progressive International’ pelas eleições no Equador. A tensa situação no Equador devido a um possível desconhecimento do resultado eleitoral do primeiro turno colocou a Progressive International - formada por intelectuais e políticos de todo o mundo - em alerta, que alertou que "há uma reação violenta contra a democracia" no país sul-americano, onde o candidato à presidência da coalizão do ex-presidente Rafael Correa, Andrés Arauz, tem a vantagem de vencer no segundo turno. (Página 12, Argentina; La Diária, Uruguai) | bit.ly/3bw47ia | bit.ly/2ZHspjB

EUA/Supremo dos EUA autoriza promotores a examinar os impostos de Trump. A Suprema Corte dos Estados Unidos abriu na segunda-feira o caminho para o promotor de NYobter oito anos de declarações de imposto de renda federal de Trump e outros registros de seus contadores. Quando os promotores de Nova York finalmente conseguirem examinar as declarações de impostos federais de Trump, eles descobrirão um verdadeiro guia prático para ficar rico enquanto perde milhões de dólares e paga pouco ou nenhum imposto de renda. Entre outras coisas, os registros revelaram que o Sr. Trump pagou apenas US $ 750 em imposto de renda federal em seu primeiro ano como presidente e nenhum imposto de renda em 10 dos 15 anos anteriores. Se eles encontrarem evidências de crimes, no entanto, também dependerá de outras informações não encontradas nas declarações reais. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/3qH8pJT

EUA/O número de mortos por Covid chega a meio milhão no país. Mesmo com a diminuição do número médio de novos casos diários, os EUA ainda experimentam 1.500 a 3.500 mortes por dia. Mais de 500.000 pessoas morreram de Covid-19 nos Estados Unidos, pouco mais de um ano depois que o país detectou seus primeiros casos de um vírus que causou uma perda quase sem precedentes. Mais de 28 milhões de pessoas também testaram positivo para coronavírus nos Estados Unidos. Ambos os números são os piores do mundo e a pandemia lançou um forte holofote sobre a capacidade do país de lidar com tal desastre, especialmente durante o mandato tumultuado de Donald Trump, cujo governo estragou a resposta do governo. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3qZ08AY

EUA-IRÃ/Primeiros sinais de distensão na relação entre os dois países. Teerã e Washington se falam: por meio de acusações mútuas, com avisos e anúncios ameaçadores, mas o balé de declarações contrárias, além das posições de bandeira, mostra que o confronto por um possível novo acordo começou. E hoje é um dia crucial, com a visita ao Irã do diretor da Agência Internacional de Energia Nuclear, Rafael Grossi, que abriu a discussão sobre o anúncio iraniano de que pretende impedir as inspeções acordadas em instalações nucleares. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/3slyNtb

MIANMAR/ Manifestações de monstros na Birmânia contra o golpe militar. Centenas de milhares de pessoas marcharam novamente no final da semana, enfrentando policiais e soldados em posição nas ruas, zombando das ameaças do novo poder, desafiando a junta, desdenhando dos riscos envolvidos. A segunda-feira, quando os ativistas convocaram um novo dia de greve geral, marcaria um novo episódio de manifestações de monstros: 22 de fevereiro é considerado por muitos birmaneses, fascinados pela numerologia, uma data auspiciosa devido à rara sucessão dos quatro dígitos do 22-2-21 calendário. Um símbolo que lembra a época do grande levante antijunta de 8 de agosto de 1988. (Le Monde, França) | bit.ly/3aIuLoY

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS/REPORTAGENS

Brasil Wire, reportagem – Brasil (The Wire, India) | “Lava Jato: o presente envenenado da CIA para o Brasil” | bit.ly/3dDPWdv

Fernando Haddad, entrevista – Brasil (Página 12, Argentina) | “Candidato Lula ou Lula em campanha. A estratégia para derrotar Bolsonaro” | bit.ly/2NPCPey

Milton Hatoun, entrevista - Brasil (L’Express, França) | “Negros, índios, mulheres, floresta: Bolsonaro ataca os mais vulneráveis” | bit.ly/3urYjyX

Progressive Internacional, manifesto – Equador (Página 12, Argentina) | “A democracia do Equador está sendo atacada” | bit.ly/37G6AWa

David Smith – EUA/Trump (The Guardian, Inglaterra) | “Decidir com base nos registros fiscais de Trump pode ser a derrota mais cara em sua sequência de derrotas” | bit.ly/2ZEX2q5

Pete Pattison e outros, reportagem – Catar (The Guardian, Inglaterra) | “Mais de 6.500 trabalhadores migrantes da Índia, Paquistão, Nepal, Bangladesh e Sri Lanka morreram no Catar desde que ele ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo, há dez anos” | bit.ly/37XdB5d

Pedro Peretti – Argentina (Página 12, Argentina) | “Reflexões após o desvio das vacinas” | bit.ly/3sokNPd

Gustavo Vecina – Brasil/pandemia (Sputnik News, Rússia) | “Covid-19: fundador da Anvisa rebate críticas à demora da agência em aprovar vacinas” | bit.ly/2OVBovo

Jeet Heer – EUA/extrema direita (The Nation, EUA) | “Conheça os Bozells, a primeira família violenta de direita da América. Desde a quebra de sindicatos e a queima de cruzes até o motim de 6 de janeiro, o clã Buckley-Bozell é a personificação da ilegalidade reacionária.” | bit.ly/2P41E74

Naomi Klein, entrevista - Mudança Climática (Democracy Now, EUA) | ““Doutrina de choque sobre combustível fóssil: desregulamentação mortal e por que o Texas precisa do novo acordo verde” | bit.ly/37XdBSL

Siddhartha Mukherjee – Pandemia (The New Yorker, EUA) | “Por que a pandemia parece estar atingindo alguns países com mais força do que outros?” | bit.ly/2NuUYyc

Robert Kurz – Marx (Sinistra in Rete, Itália) | “Os dois Marx” | bit.ly/37FXmZZ

Andrew Gawthorpe – EUA/Covid (The Guardian, Inglaterra) | “Covid matou 500.000 nos EUA. Isso é mais do que a população de Miami. Essa tragédia era evitável. Aconteceu porque os políticos republicanos acreditam que algumas pessoas valem mais do que outras.” | bit.ly/3qM7Sqf



Conteúdo Relacionado