Clipping Internacional

Clipping Internacional - 24/09/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

24/09/2020 09:41

Trudeau com a governadora-geral Julie Payette (Adrian Wyld/AP)

Créditos da foto: Trudeau com a governadora-geral Julie Payette (Adrian Wyld/AP)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO. Após o discurso na ONU, o presidente Jair Bolsonaro foi acusado por especialistas de "delírio", de "negacionismo", de "viver numa realidade paralela". Duas agências de confirmação de dados contabilizaram meias verdades, frases exageradas, posições insustentáveis e, no mínimo, uma dezena de ‘fake news’. Jair Bolsonaro mentiu, pelo menos, dez vezes nos 15 minutos em que discursou na abertura da 75.ª Assembleia Geral da ONU, de acordo agências de ‘fact checking’ brasileiras, a Lupa e a Aos Fatos. As agências dão em boa medida razão às críticas que se ouviram nas últimas horas de especialistas e da oposição à comunicação do presidente do Brasil. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2RUwGMH

MEIO AMBIENTE. Gigante da carne do Brasil JBS se compromete a cortar fornecedores ligados ao desmatamento. Os ativistas acolhem bem a reviravolta após a pressão dos investidores, mas dizem que o prazo de 2025 é muito longo para resolver os problemas. O anúncio marca uma reviravolta para a maior empresa de carnes do mundo. Ambientalistas viram isso como um passo positivo, mas alguns disseram que o prazo era muito longo para resolver uma questão tão urgente. A pecuária é o maior fator de desmatamento na Amazônia e o Brasil está sob pressão crescente de investidores internacionais e de outros países devido ao aumento da devastação e dos incêndios. Com o anúncio de quarta-feira, a JBS é a terceira empresa brasileira de carnes a começar a responder à pressão. (THEGuardian, Inglaterra) | bit.ly/2FNL8E4

BRASIL DIVIDIDO. Batalha de outdoors entre adversários e seguidores de Jair Bolsonaro. A queda de braço ressalta a amarga ruptura política do Brasil sobre um líder que críticos consideravam uma abominação e os apoiadores um campeão contra a corrupção. Em todo o Brasil, uma batalha de outdoors está sendo travada entre inimigos e seguidores do talvez o presidente mais divisivo da história do país. A imagem agigante de Jair Bolsonaro aparecia em outdoors na cidade brasileira de Ourinhos. “Acreditamos em Deus e valorizamos a família”. Mas poucos dias depois de ser erguido, dissidentes locais levaram latas de spray para os painéis, encharcando o líder nacionalista do Brasil com tinta preta e usando seus grafites para declará-lo fascista. “Mais de 100.000 mortos? E daí? Não sou um coveiro “. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3mM6PVv

DITADURA. a Volkswagen vai indenizar funcionários que foram vítimas da ditadura no Brasil entre 1964 e 1985, depois de terem surgido provas que sugerem que a empresa colaborou de forma sistemática com o regime militar brasileiro. Uma comissão nomeada pelo Governo que investiga abusos cometidos durante a ditadura no Brasil descobriu provas de que empresas, incluindo a Volkswagen, ajudaram secretamente os militares brasileiros a identificarem suspeitos “subversivos” e ativistas sindicais. (Público, Portugal) | bit.ly/33UNYiu

COVID-19. Brasil atinge 4,6 milhões de casos e aproxima-se dos 139 mil mortos. O Brasil atingiu hoje 4,6 milhões de pessoas diagnosticadas com a covid-19 (4.624.885) e aproxima-se das 139 mil mortes (138.977), informou o Ministério da Saúde no seu boletim epidemiológico. Desse total, 869 mortes e 33.281 infetados foram contabilizados nas últimas 24 horas, estando ainda a ser estudada uma possível relação de 2.422 óbitos com a Covid-19. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/305fY1C

VACINA CHINESA. O governador de São Paulo informou que a vacina chinesa contra o coronavírus a ser aplicada no Brasil é segura. De acordo com o dirigente, a vacinação pode começar em dezembro. A vacina contra o coronavírus que a farmacêutica chinesa Sinovac está desenvolvendo em parceria com o Instituto Butantan, renomado centro de pesquisas em biologia e biomedicina localizado na cidade de São Paulo, se mostrou segura em análises clínicas feitas na China. (La Diaria, Uruguai) | bit.ly/3j0EoRs

COMBATE AO RACISMO. Peso-pesado na distribuição em massa reaviva debate sobre racismo. A rede de lojas Magazine Luiza anunciou o lançamento de um programa de recrutamento de futuros executivos para negros. Uma iniciativa que tem gerado um animado debate no país. (La Croix, França) | bit.ly/363UgPB

DESMATAMENTO. O ponto crítico do desmatamento no Brasil para União Europeia-Mercosul. O Brasil respondeu na terça-feira à relutância europeia em finalizar um acordo comercial entre os blocos da UE e do Mercosul, ou oficialmente Mercado Comum do Sul, sobre as preocupações com o desmatamento na Amazônia, dizendo que um relatório francês sobre o assunto foi motivado por "interesses protecionistas". (Global Times, China) | bit.ly/3kQ2COZ

CORONAVÍRUS. Manaus teria alcançado o limiar da imunidade coletiva. Cerca de 66% dos habitantes de Manaus têm anticorpos contra a Covid-19, de acordo com um estudo brasileiro. Moradores da cidade brasileira de Manaus, fortemente infectados com o coronavírus, agora têm um nível de imunidade de rebanho para controlar a circulação viral, de acordo com um estudo preliminar divulgado na quarta-feira. De acordo com o modelo matemático utilizado por este estudo66% dos habitantes de Manaus, onde a pandemia fez passagem tão rápida quanto brutal, possuem anticorpos contra o coronavírus. (Tribune de Genève, Suíça) | bit.ly/2HuyM43

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CANADÁ. Trudeau promete impostos sobre 'extrema desigualdade de riqueza' para financiar o plano de gastos da Covid. O governo de Justin Trudeau anunciou planos ambiciosos de gastar bilhões em creches, habitação e saúde - parcialmente financiados pela tributação da "extrema desigualdade de riqueza" - enquanto o Canadá se prepara para uma segunda onda economicamente devastadora de coronavírus. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/32YES53

EQUADOR. O candidato de direita equatoriana, o banqueiro Guillermo Lasso, desrespeita a lei do Pacto Ético que proíbe candidatos a cargos públicos de ter vínculo com paraísos fiscais. A Banisi Holding pertence ao Banco de Guayaquil, a empresa-mãe da fortuna de Lasso desde os anos 90. O conselho da holding inclui os filhos do candidato. Nesta quarta-feira, Lasso registrou oficialmente sua candidatura para as eleições presidenciais de 7 de fevereiro. (Página 12, Argentina) | bit.ly/33WCbjv

ARGENTINA. Argentina espionou famílias da tripulação do submarino perdido, dizem as autoridades. As famílias ficaram furiosas com o antigo governo, de Maurício Macri, por atrasar a operação de busca e dar-lhes o que se revelou uma falsa esperança. Agora, o novo governo diz que espiões rastrearam as famílias. As acusações surgiram como parte de uma investigação sobre o papel da agência de inteligência durante o governo anterior. A espionagem não foi “ordenada nem autorizada por nenhum juiz” e por isso foi “ilegal”. (Yhe New York Times, EUA) | nyti.ms/33SVFpu

COLÔMBIA. O custo sombrio da violência do Estado. Os assassinatos de líderes sociais e ex-combatentes estão aumentando. Uma política de terror deliberado, para torpedear o acordo de paz de 2016. O pesado clima de violência que reina na Colômbia converte, nestas últimas semanas, em massacre. Segundo o Instituto para o Desenvolvimento da Paz, esses novos episódios de repressão elevam o número de assassinatos registrados em todo o país para 61 só em 2020, com mais de 200 mortos. (L’Humnité, França) | bit.ly/3kWYixt

MÉXICO. A guerra às drogas deixa 39.000 cadáveres não identificados nos necrotérios do México. Os corpos acabam em câmaras frias, valas comuns ou escolas de medicina; outros, em casas funerárias ou cremados. A investigação da Quinto Element Lab revela a magnitude da crise forense que o país atravessa. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3mR8JUI

CUBA. Trump impõe novas sanções a Cuba. Proíbe americanos de ficar em hotéis e propriedades do governo e de importar tabaco e álcool. Díaz-Canel havia denunciado na véspera na ONU o impacto e a agressividade de um bloqueio "brutalmente intensificado". (El Periódico, Espanha) | bit.ly/3kJtmjV

BOLÍVIA. A presidente da Bolívia ataca o Governo da Argentina na ONU e o acusa de "intromissão" Em seu discurso, Jeanine Áñez também defendeu a aspiração marítima de seu país, embora sem mencionar diretamente o Chile. A Argentina responde a Jeanine Áñez: "Lamentamos que você insista em envolver o governo na política interna da Bolívia" (El Mercurio, Chile) | bit.ly/2FQ08RQ | bit.ly/3mPkE5C

BOLÍVIA. Bernie Sanders e dezenas de congressistas dos EUA exigem avaliação do papel da OEA na Bolívia. As eleições de 20 de outubro foram canceladas depois que a organização denunciou uma "manipulação" em favor do ex-presidente Evo Morales. Os parlamentares destacaram reportagem do The New York Times de junho e estudo da Universidade da Pensilvânia e Tulane, que indicam que a tendência registrada na Bolívia pode ser explicada sem fraudes. (Tiempo Argentino, Argentina) | bit.ly/33ZIvqw

AMÉRICA LATINA. A intolerância para com os imigrantes cresce em todo o mundo, de acordo com uma pesquisa Gallup. Peru, Equador e Colômbia lideram a lista dos Estados que mais rejeitam estrangeiros devido à chegada maciça de venezuelanos que fugiram da violência em seu país nos últimos anos. (El País, Espanha) | bit.ly/30339F4

EUA. Protestos crescem após a decisão de não acusar policiais que atiraram em Breonna Taylor. Manifestantes em Louisville, Ky. Para muitos em Louisville, a decisão do grande júri pareceu um retrocesso em relação às vitórias recentes nesta cidade segregada. E em cidades nos EUA, pediram que os três policiais, que são brancos, sejam responsabilizados por sua morte. Um ex-policial foi indiciado por colocar em perigo os vizinhos da Sra. Taylor, que foi morta em seu apartamento durante uma operação antidrogas fracassada em março. Os promotores descobriram que os dois policiais que atiraram na Sra. Taylor tinham motivos para usar a força. Eles foram atacados pelo namorado dela, que disse que os achava intrusos. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/302vjAg | bit.ly/3mOvnx5

TRUMP. Trump rejeita se comprometer com uma transição pacífica se perder as eleições de novembro. “Veremos o que acontece, reclamei muito das urnas, são um desastre”, diz o presidente dos Estados Unidos, alimentando a denúncia de fraude, em um momento de alta tensão. (El País, Espanha) | bit.ly/362Ga0P

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Mentiroso compulsivo” | bit.ly/2RXgla1

Jonathan Cook – Julian Assange (Counterpunch, EUA) | “Os EUA estão usando o Guardian para justificar a prisão perpétua de Assange. Por que o jornal está tão silencioso?” | bit.ly/363ZsTy

Noam Chomsky e 5e outros– EUA (Common Dreams, EUA) | “Carta aberta: derrubem Trump, então combatam Biden” [55 escritores e ativistas progressistas em mensagem as eleitores] | bit.ly/2FZBD4t

Carlos Alberto Rozanski – Argentina (Página 12, Argentina) | “Juízes sem máscara” | bit.ly/2G2DjtV

Cecile Marin – Crise Econômica (Le Monde Diplomatique, França) | “Dívidas europeias, norte-americanas e globais. Devemos pagar as dívidas?” | bit.ly/363UbLN

Jaime Regalado – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “’Despacito’ não é bom o suficiente, Joe Biden. Os eleitores latinos estão escapulindo” | bit.ly/3kGOY0r

Andrew Gawthorpe – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “As 200 mil mortes por coronavírus são uma tragédia norte-americana criada por si mesmos” | bit.ly/33WoxNp

Joel Goldman – EUA (Página 12, Argentina) | “A desigualdade e a morte nos Estados Unidos” | bit.ly/302vcVm

Luis Vicente Miguelez – Cultura (Página 12, Argentina) | “O fio de Ariadne. O mal estar da cultura em tempos de catástrofe” | bit.ly/3ctfAit

Alain Frachon- Palestina (Le Monde, França) | “O nacionalismo palestino poderá entrar em uma nova etapa, que determinará o futuro de Israel” | bit.ly/3i3IFSO

Robert Fisk – Oriente Médio (The Independent, Inglaterra) | “Outro passo em direção à ‘paz’ no Oriente Médio que é tudo menos, para os palestinos” | bit.ly/33Z1OQX

Sasha Abramsky – Trump (The Nation, EUA) | “Fascismo é o centro da mensagem de Trump” | bit.ly/33YJjvI



Conteúdo Relacionado