Clipping Internacional

Clipping Internacional - 25/10/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

25/10/2020 10:03

Participante de uma manifestação em apoio a uma nova constituição chilena, no dia 22 de outubro, em Santiago. (Martin Bernetti/AFP)

Créditos da foto: Participante de uma manifestação em apoio a uma nova constituição chilena, no dia 22 de outubro, em Santiago. (Martin Bernetti/AFP)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

EDUCAÇÃO. Uma nova Política Nacional de Educação Especial foi instituída no Brasil com um decreto publicado no dia 1° de outubro. A regra permite a criação de classes especializadas, apenas para alunos com deficiência, o que tem sido criticado por pais e especialistas como volta da segregação. Para o psicanalista Leandro de Lajonquière, pesquisador de Ciências da Educação na Universidade Paris 8, é preciso garantir uma educação inclusiva que leve em conta a singularidade da criança, e não a coloque em uma categoria. (RFI, França) | bit.ly/3mdjTSO

COVID-19. Brasil regista 432 mortes e 26.979 infetados por Covid-19 nas últimas 24 horas. O Brasil contabilizou 432 mortes e 26.979 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou este sábado o executivo, acrescentando que investiga ainda a eventual relação de 2.297 óbitos com a doença. No total, o país sul-americano concentra 156.903 vítimas mortais e 5.380.635 casos confirmados desde o início da pandemia, registada oficialmente no Brasil em 26 de fevereiro. (Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/34pLv0M | bit.ly/3dWxkUn

BOLSONARO. Bolsonaro afirma que em sua casa a vacinação só é obrigatória para o cão. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, colocou mais lenha no fogo neste sábado na polêmica desencadeada pela obrigatoriedade ou não da vacina para combater o novo coronavírus e afirmou que em casa apenas o seu animal é obrigado a receber antivírus. A declaração de Bolsonaro vem um dia depois da Anvisa ter autorizado a importação de seis milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/31Fx9I4

IMPEACHMENT. O governador catarinense Carlos Moisés, ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro, foi afastado do cargo neste sábado e terá que responder em julgamento político pelas denúncias de irregularidades no reajuste salarial de procuradores da região. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2HCR5UU

ABORTO. Brasil assinou declaração internacional contra o direito ao aborto. O texto “estabelece a inexistência do direito de interromper a gravidez”, afirmou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do Brasil. Durante a solenidade em que foram carimbadas as assinaturas foi declarado que o objetivo dos países signatários é frear a intenção da ONU de promover uma legislação nacional que garanta o direito ao aborto. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/3oxP79l

VACINA CHINESA. Brasil autoriza importação de vacina chinesa apesar da rejeição de Bolsonaro. A agência reguladora de saúde do Brasil, Anvisa, autorizou a importação da China de uma potencial vacina contra o novo coronavírus na sexta-feira, poucos dias depois que o presidente Jair Bolsonaro insistiu que não permitiria a chegada de doses do país asiático. A potencial vacina não pode ser aplicada aos brasileiros, pois ainda não foi aprovada localmente, acrescentou. (La Jornada, México) | bit.ly/3juOk57

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CHILE/PLEBISCITO. Neste domingo, o Chile decidirá mudar ou manter a Constituição de 1980, elaborada dentro de quatro paredes pela ditadura de Pinochet e que beneficiou o empresariado em detrimento dos direitos dos cidadãos. Tanto é que esse foi o gatilho para as grandes mobilizações iniciadas em outubro do ano passado, que obrigaram o governo a concordar com um plebiscito. O eleitor encontrará duas cédulas, a primeira com a opção "Aprovar" e "Rejeitar" a alteração da constituição. A segunda é sobre como redigir a eventual nova Carta Magna: "Convenção Constitucional" (155 cidadãos eleitos pelos cidadãos) versus "Convenção Mista" (86 parlamentares e apenas 86 cidadãos eleitos). As pesquisas apontam para o fim da constituição pinochetista. (Página 12, Argentina; El País, Espanha; La Diária, Uruguai; L’Humanité, França; El Periódico, Espanha; Le Monde, França; La Repubblica, Itália) | bit.ly/3dXkMMm | bit.ly/3dTs187 | bit.ly/3jsQaU7 | bit.ly/34nr8l3 | bit.ly/34rC80I | bit.ly/35DqtLQ | bit.ly/2G1B4ay

BOLÍVIA. A votação terminou na Bolívia: Arce alcançou 55 por cento dos votos. Grande triunfo do MAS de Evo Morales. Atrás de Luis Arce estavam os candidatos que apoiaram o golpe de 2019: Carlos Mesa obteve 28,83 por cento dos votos e Luis Fernando Camacho obteve 14 por cento. O MAS também conseguiu manter a maioria nas duas casas da Assembleia Legislativa. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2HAJbLP

EUA/ELEIÇÕES. Rastreador das pesquisas eleitorais dos EUA: quem está liderando nos estados indecisos? Enquanto a campanha presidencial esquenta, o Guardian acompanha as últimas pesquisas em oito estados que podem decidir a eleição. Em sua maioria favoráves a Biden, que também lidera Trump nas pesquisas nacionais para a eleição presidencial. | bit.ly/3ktBbKY

CORONAVÍRUS/EUA. Números recordes de infecções diárias são relatados em seis estados, incluindo Ohio e Illinois. 4 auxiliares do vice-presidente Mike Pence, inclusive seu chefe de gabinete, contraíram a Covid-19. O Dr. Anthony Fauci sugeriu que os EUA podem precisar de um mandato de máscara nacional. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/3on6VUl

CORONAVÍRUS/EUROPA. "É o vírus que manda, não somos nós". Sinais de alarme multiplicam-se pela Europa. Agência europeia de controlo de doenças emite alerta. França e Espanha passam o milhão de casos oficiais. Na Bélgica há médicos a trabalhar com o vírus. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2J5XLLR

COLÔMBIA. Indígenas colombianos enfrentam nova onda de brutalidade e exigem ação governamental. “Se não ficarmos diante do mundo e dissermos:‘ Isso está acontecendo ’, seremos exterminados”, disse um líder do protesto. Após uma longa guerra civil, um novo tipo de violência está varrendo as comunidades indígenas. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/3jtb7hR

ISRAEL. Milhares de pessoas pedem demissão do primeiro-ministro de Israel. Dezenas de milhares de pessoas voltaram a se manifestar, este sábado, em diversos pontos de Israel, para pedir a demissão do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, acusado de corrupção. A manifestação dividiu-se por várias cidades, destacando-se como praças de Telavive e os protestos em frente ao parlamento e à residência oficial do governante, ambas em Jerusalém. Desde julho que os manifestantes encontram todos os sábados para crítico a gestão económica e sanitária da pandemia pelo governo por Benjamin Netanyahu. (Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/31GZ7mz

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Vitor Hugo Tonin, reportagem – Chile (Esquerda.net, Portugal) | “Chile rebelde prepara-se para reescrever a Constituição” | bit.ly/31ETlSB

Sol Serrano, entrevista – Chile (El País, Espanha) | “Parte dos jovens chilenos não sabe como é fácil perder a democracia” | bit.ly/2HA7qt8

Camila Vallejo, entrevista – Chile (El Desconcierto, Chile) | “Plebiscito: este processo foi iniciado pelo povo nas ruas, e ele o sente mais seu que em outras eleições” | bit.ly/3omO2Rn

Fernando Atria, entrevista – Chile (Jacobin, EUA) | “Os chilenos finalmente têm a chance de descartar a Constituição de Pinochet” | bit.ly/2To3IWh

Simon Tisdall – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Do clima à China, como Joe Biden está planejando a restauração dos EUA” | bit.ly/2TlkGEK

Alfredo Zaiat – Argentina (Página 12, Argentina) | “Receitas dos economistas da mídia para o dólar: mentiras, confusões e fantasias” | bit.ly/2TuMpml

Raúl Dellatorre – Argentina (Página 12, Argentina) | “A mão invisível que puxa o golpe do mercado. É terrorismo de mercado, é especulação contra a produção” | bit.ly/3jonOu1

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “O conto chinês de Bolsonaro. Recusou a vacina contra o coronavírus por comunista!” | bit.ly/2TqlnNg

Bebel Gilberto, entrevista – Brasil (Le Nouvel Observateur, França) | “O Brasil sofre um empurrão do nacionalismo de direita” | bit.ly/2HvX6CL

Molina e outros, reportagem – Bolívia (El País, Espanha) | “Porque o MAS voltou a vencer nas eleições bolivianas?” | bit.ly/2TptKII

Duflot, Vallaud-Belkacem e Zucman – Desigualdade (Le Monde, França) | “Os países ricos podem oferecer mais 5.700 bilhões de dólares para ajudar os países mais pobres a lutar contra as desigualdades” | bit.ly/2J40NQO



Conteúdo Relacionado