Clipping Internacional

Clipping Internacional - 26/06/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

26/06/2020 09:09

(ASCOM)

Créditos da foto: (ASCOM)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BANCO MUNDIAL
. O Banco Mundial está enfrentando crescente pressão para bloquear as tentativas brasileiras. de entregar a um dos aliados mais notórios de Jair Bolsonaro um emprego de US $ 210.000 por ano em sua sede em Washington. Abraham Weintraub, que até a semana passada era o ministro da Educação de direita do presidente brasileiro, voou para os EUA, possivelmente usando um passaporte diplomático para contornar a proibição de viajantes do Brasil no Covid-19. Segundo relatos brasileiros, o economista de 48 anos, que os críticos chamam de "o pior ministro da história do Brasil", é alvo de várias investigações, inclusive por suposto racismo e disseminação on-line de notícias falsas. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/ybro3ket

PRIVATIZAÇÃO DA ÁGUA. Em meio a uma pandemia de coronavírus, Jair Bolsonaro avança com a privatização da água. O Senado abriu o caminho para ele. O Senado do Brasil aprovou na quarta-feira um projeto oficial que abre caminho para a privatização das empresas estaduais de água e saneamento. O projeto, aprovado na Câmara em dezembro, foi sancionado por uma votação de 65 a 13 no Senado. A iniciativa, que o presidente assinará nas próximas horas, colocaria um recurso público vital em mãos privadas, em um momento em que muitos países ou cidades se arrependem de ter privatizado seus sistemas de água. (Página 12, Argentina; Les Echos, França; La Jornada, México; Últimas Notícias, Venezuela) | tinyurl.com/yaclhdg7 | tinyurl.com/y79v5246 | tinyurl.com/y77jbcnh | tinyurl.com/yc2g5nqc

COVID-19. "É só a ponta de um imenso iceberg". Brasil terá não 1, mas 10 milhões de infetados. Especialista em doenças infecciosas diz que casos estão subdimensionados. OMS diz o mesmo: Brasil testa pouca população para a dimensão do país. Haverá muitos mais casos do que os oficiais. (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/y96qfyu9

COVID-19. Brasil registra 1.185 mortes nas últimas 24 horas. Ou o Brasil registrou 1.185 óbitos por óbito nas últimas 24 horas, totalizando 53.830 óbitos desde ou desde o início da pandemia, informou nesta quarta-feira ou Ministério da Saúde do país. Segundo a tutela, 486 dias ocorreram 1.185 mortes nos últimos três dias, além de termos recebido em fevereiro deste ano, uma possível relação de 3.904 mortes com a doença ainda está sendo investigada. Em relação ao número de infectados, o Brasil contabilizou 42.725 novos casos nas últimas 24 horas, número total de 1.188.631 pessoas diagnosticadas como ou novo coronavírus. (Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha; El Clarín, Argentina; El Mercurio, Chile) | tinyurl.com/yc6rdja9 | tinyurl.com/yc5kkznu | tinyurl.com/ycr9yhhd | tinyurl.com/y9czzcyq

EDUCAÇÃO. Bolsonaro nomeia economista Decotelli como ministro da Educação do Brasil. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que nomeará o economista Carlos Alberto Decotelli da Silva como ministro da Educação, de acordo com um anúncio na mídia social. O primeiro ministro negro do presidente, Decotelli atuou antes como chefe do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) de fevereiro a agosto de 2019. Decotelli foi professor na academia naval do Brasil, uma conexão militar que o levou a apoiar a campanha eleitoral de Bolsonaro em 2018 e a se envolver na equipe de transição. Ex-capitão do exército, Bolsonaro encheu quase um terço do seu gabinete de oficiais militares ativos e aposentados. (The New York Times, EUA; La Vanguardia, Espanha; La Diária, Uruguai; Euronews, Portugal) | tinyurl.com/yay8omkb | tinyurl.com/ybls4yxv | tinyurl.com/y9fs2whp | tinyurl.com/ybfej5yv

MINISTRO DA EDUCAÇÃO. Bolsonaro nomeia ministro negro para silenciar acusações de racismo. Criticado pela falta de diversidade no executivo e acusado de racismo durante os protestos após a morte de George Floyd nos Estados Unidos, o presidente brasileiro nomeou Carlos Alberto Decotelli para a Educação. Ele é o primeiro-ministro negro do governo desde a chegada ao poder do líder de extrema-direita. (Les Echos, França) | tinyurl.com/ycwcn8re

RACISMO. Le Monde conta como o Brasil “embranqueceu” suas personalidades negras, como Machado de Assis. Na esteira dos debates lançados recentemente sobre o racismo no mundo, o jornal francês Le Monde se interessou mais uma vez pela situação do Brasil. Na edição publicada nesta quinta-feira (25), o vespertino conta a história do escritor Machado de Assis. O correspondente no Rio de Janeiro relata como o país “embranqueceu” o fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, assim como várias outras personalidades negras. (RFI, França; Le Monde, França) | tinyurl.com/y9chetfx | tinyurl.com/yctg7xr5

AMAZÔNIA. Mineração ilegal ameaça a última grande tribo isolada do Brasil na Amazônia. A atividade ilegal de mineração de ouro aumentou bastante nos últimos cinco anos na reserva indígena Yanomami do Brasil, no coração da floresta amazônica, mostra uma análise feita pela Reuters de dados exclusivos de imagens de satélite. Os Yanomami são a maior das tribos da América do Sul que permanecem relativamente isoladas do mundo exterior. Mais de 26.700 pessoas vivem em uma reserva protegida do tamanho de Portugal, perto da fronteira venezuelana. No entanto, a terra sob a floresta intocada em que habitam há séculos contém minerais valiosos - incluindo ouro. O desejo de ouro atraiu garimpeiros de gatos selvagens nas últimas décadas, que destruíram florestas, envenenaram rios e trouxeram doenças fatais para a tribo. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/y9ufs8sa

BOLSONARO. Bolsonaro fala: "Eu poderia ter tido o coronavírus, talvez um novo teste". O presidente brasileiro Jair Bolsonaro informou que ele pode ter contraído o coronavírus anteriormente e pode ter que fazer outro teste depois de já ter feito vários, todos negativos. O chefe de Estado de extrema direita havia anunciado duas vezes que havia testado negativo para o cotonete Covid-19, mas havia travado uma batalha judicial no tribunal para impedir a divulgação dos resultados dos exames hospitalares, levantando dúvidas de que ele poderia estar infectado. Nas últimas 24 horas, 39.483 novos casos, totalizando 1.228.114. Quase 55 mil mortes, o segundo país do mundo depois dos Estados Unidos. (La Repubblica, Itália; La Jornada, México) | tinyurl.com/ycw7d6z8 | tinyurl.com/y82ryt6n

CLÃ BOLSONARO. Um tribunal valida evidências contra o filho de Bolsonaro, mas lhe concede nova jurisdição. A Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por dois votos contra um de seus três magistrados, considerou válidos todos os procedimentos realizados até o momento pelo juiz de primeira instância que investiga o senador, incluindo as evidências coletadas no processo. e até a decisão de levantar o sigilo bancário do parlamentar. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/y92rcdxy

FINANÇAS. Bancos brasileiros diante de garras ameaçadoras que vêm das grandes empresas de tecnologia e das fintech. Concorrentes on-line estão consumindo participação de mercado e o WhatsApp lançou um novo serviço de pagamentos. (Financial Times, EUA) | tinyurl.com/y7mdvqbz

GAFANHOTOS. Brasil, nuvens de gafanhotos ameaçam o sul do país Brasil, nuvens de gafanhotos ameaçam o sul do país. Depois de destruir as colheitas no Paraguai, Argentina e Uruguai, os gafanhotos avançam ameaçadoramente em direção ao estado do Rio Grande do Sul. (La Repubblica, Itália) | tinyurl.com/y9y9w7sa

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

AMÉRICA LATINA
. América Latina ultrapassa 100 mil mortos pela Covid e a OMS pede mais alerta. Os países da América Latina registraram 2.859 mortes nas últimas 24 horas, portanto o total é de 100.646, de acordo com estatísticas constantemente atualizadas pela agência de Genebra. (El Espectador, Colômbia) | tinyurl.com/y8rwopmm

CHILE. No Chile, o governo Piñera está sob o fogo dos críticos por sua gestão da crise sanitária. O número de casos explode no país, que acaba de entrar no inverno. A comunidade científica pede ao presidente que mude radicalmente a estratégia de combater o Covid-19. (Le Monde, França) | tinyurl.com/y9buzclr

ARGENTINA. O ‘neto’ de Macri. Darío Nieto era secretário de Macri e apontado como um dos que orientou os espiões do ex-presidente. Sua casa foi invadida pela polícia no caso que investiga espionagem ilegal contra políticos, empresários e jornalistas. Ele é suspeito de ser um dos que receberam os relatórios dos serviços para dar a Macri. Em Cambiemos, eles o conheciam como "a sombra" por causa de sua proximidade com o ex-presidente. Nieto era o secretário particular de Mauricio Macri, foi quem o acompanhou a todos os lugares e permaneceu muito perto dele após a derrota eleitoral. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/ya477j3e

CORONAVÍRUS. Dados mostram que 10 países arriscam segunda onda de coronavírus enquanto o bloqueio é relaxado. O rastreador de resposta da Universidade de Oxford identificou que 10 dos 45 países mais afetados também estão entre os classificados como tendo uma "resposta relaxada" à pandemia, destacando o impacto atenuante políticas governamentais efetivas de saúde pública. Os países incluem os EUA - que estão registrando seu maior aumento de casos de coronavírus desde abril; Irã, Alemanha e Suíça - dois países europeus em que a taxa R subiu acima de uma nesta semana. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/ya3zades

EUA. Biden decola em pesquisas contra Trump corroído pela crise. O surto do vírus acrescenta problemas ao presidente, que acelera sua campanha. O ex-vice-presidente Joe Biden, lidera o presidente em dez pontos, de acordo com a média das pesquisas realizadas pelo Real Clear Politics. (El País, Espanha) | tinyurl.com/ydhu3w4t

EUA. O CDC, o centro de controle de doenças norte-americano, diz que milhões mais podem ter o coronavírus e o Texas suspende a reabertura. O governo estima que 20 milhões de americanos foram infectados, significativamente maior do que o número oficial de casos. (The Wall Street Journal, EUA) | tinyurl.com/ybygbu5m

ONU. Setenta e cinco anos após a fundação da ONU, a ordem mundial corre o risco de entrar em colapso. Por todas as suas falhas, a instituição permanece tão relevante como sempre. (The Economist, Inglaterra) | tinyurl.com/yba9cbnk

IÊMEN. ONU: Milhões de crianças iemenitas à beira da fome. Quase 2,4 milhões de crianças podem estar desnutridas até o final do ano, alerta o UNICEF, pedindo ajuda urgente. (Al Jazeera, Catar) | tinyurl.com/y7xrnuho

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “A América não desistiu do Covid-19. Os republicanos fizeram. O partidarismo prejudicou nossa resposta.” | tinyurl.com/ydxys2vl

Robert Reich EUA (The New York Times, EUA) | “Quando os chefes compartilhavam seus lucros. Desde a década de 1980, a participação nos lucros diminuiu. Merece voltar.” | tinyurl.com/y8eqatzn

Manuel Ruiz Rico – EUA (Página 12, Argentina) | “Coronavírus nos EUA: o paciente de um milhão de dólares e o sistema de saúde” | tinyurl.com/ydcdzzyl

Marco Aurélio Carvalho, entrevista – Brasil (RFI, França) | “Não é nada pessoal contra Moro, mas contra o que ele representa” | tinyurl.com/ybwnuejv

Carles Plans Bou – Extrema direita (El Periódico, Espanha) | “A conta de twitter que está freando o financiamento da extrema direita nos EUA” | tinyurl.com/y7ntkvsm

Mélanie Albaret – Brasil (Le Monde, França) | “Durante a crise da saúde, Jair Bolsonaro continua sua luta contra os freios e contrapesos da democracia". | tinyurl.com/y83g6nau

Robert Fisk – Israel (The Independent, Inglaterra) | “Israel esteve no centro das notícias mais importantes desta semana - mas você nunca ouviu falar sobre isso” | tinyurl.com/ychf8cwx

Rafael Correia, entrevista – Equador (El Mercurio, Chile) | “Há países que estão passando por uma catástrofe e isso é produto de maus governos" | tinyurl.com/ycfah4jj

Márcio Castro – Brasil/EUA (Democracy Now, EUA) | “Como as liderança dos EUA e do Brasil que “negligenciam a ciência” levaram às piores crises de coronavírus do hemisfério”  | tinyurl.com/yaafoylf

Elise Gould e Valerie Wilson – EUA (Economic Policy Institute, EUA) | “Trabalhadores negros enfrentam duas das condições mais letais preexistentes para o coronavírus - racismo e desigualdade econômica”  | tinyurl.com/ycoj9ujf

Conteúdo Relacionado