Clipping Internacional

Clipping Internacional - 27/11/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil, especial eleições; Notícias do Mundo; e Artigos

27/11/2020 09:42

(Sergio Lima/AFP)

Créditos da foto: (Sergio Lima/AFP)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

CAROL SOLBERG. Estrela do voleibol torna-se surpreendente voz do antiBolsonaro Brasil. Carol Solberg enfrentou reação após gritar ‘Fora Bolsonaro!’ Em uma entrevista pós-jogo, mas depois uma onda ainda maior de apoio. Por meses Carol Solberg estava perdendo a paciência com o “pesadelo” que é o Brasil de Jair Bolsonaro: a floresta em chamas, os ataques à cultura, a resposta catastrófica do coronavírus que deixou mais de 165.000 brasileiros mortos. Finalmente, ela explodiu. O protesto de Solberg provocou uma reação imediata e furiosa de apoiadores do Bolsonaro e autoridades esportivas. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3q4N9hl

BOLSONARO/’NEGACIONISMO’. Bolsonaro nega ter chamado vírus de "gripezinha". Em pelo menos duas ocasiões, o chefe de Estado brasileiro, um dos mais céticos em todo o mundo em relação à gravidade da pandemia, referiu-se publicamente à Covid-19 como uma "gripezinha". Agora, ele nega, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. Continua a insistir na inutilidade do uso de máscaras e que não vai tomar vacina. (Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha; Expresso, Portugal; Diário Correo, Peru; Al Jazeera, Catar) | bit.ly/2V5Ypvp | bit.ly/3oe5CGD | bit.ly/3m8ch4i | bit.ly/33mwXhP | bit.ly/36deFRM

CLÃ BOLSONARO/CHINA. O Brasil chamou de "ofensiva" uma carta postada no Twitter na qual a embaixada chinesa denuncia as acusações de espionagem cibernética dirigida a Pequim por um filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro. “O tom e o conteúdo ofensivo e desrespeitoso” desta carta “abala a imagem da China na opinião pública brasileira”, disse o chanceler Ernesto Araújo em mensagem enviada à Embaixada, e trechos dos quais foram publicados quinta-feira no Twitter pelo MP Bolsonaro. (La Presse, Canadá; El Clarín, Argentina) | bit.ly/36cu1WU | bit.ly/3qgFkFs

ELEIÇÕES/MULHERES. Cidade do Brasil elege as primeiras vereadoras em 70 anos. A cidade brasileira de Três Rios nomeia os primeiros vereadores após sete décadas de monopólio masculino no poder local. (El País, Espanha) | bit.ly/3laozYM

ELEIÇÕES/TRANS. Erika Hilton foi forçada à prostituição para "sobreviver", mas transformou sua dor em "combustível". Agora, aos 27 anos, ela se tornou a vereadora mais votada nas eleições do Brasil e a primeira mulher negra e transexual a ganhar uma cadeira na Câmara Municipal de São Paulo. Com 50.508 apoiadores na cidade de São Paulo, a mais populosa da América Latina, Hilton atribui sua expressiva vitória no primeiro turno das eleições municipais de 15 de outubro ao "medo" do "revés" após a eleição de 2018 do presidente Jair Bolsonaro , líder da extrema direita brasileira. (La Vanguardia, Espanha; El Clarín, Argentina) | bit.ly/3o11B85 | bit.ly/39lS9be

COVID-19. O Brasil ultrapassou esta quinta-feira a barreira das 171 mil mortes (171.460) e 6.2 milhões (6.204.220) de casos de Covid-19. Desse total, 691 óbitos e 37 614 infeções foram contabilizadas nas últimas 24 horas, momento em que a taxa de incidência da doença no Brasil está em 81,6 mortes e 2952 casos por cada 100 mil habitantes. (Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha; El Diario, Espanha; Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/3o4wuIG | bit.ly/39l46y8 | bit.ly/3fHsVFA | bit.ly/37hrIBb

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA. O último ato de amor do povo com seu ídolo. Despedida massiva e emocionada de Diego Maradona na Casa Rosada. Uma multidão incalculável atravessada pela dor e pela paixão peregrinou à Casa Rosada. Eles deixaram ofertas e se moveram com seus gritos e silêncios. O anúncio do fim da homenagem culminou em alguns confrontos e repressões. Depois da tempestade, a cerimônia mudou para Bella Vista, onde Maradona foi enterrado com seus pais. (Página 12, Argentina) | bit.ly/37bi2YF

CHILE. Senado aprova projeto governamental de uma segunda retirada antecipada de 10% dos recursos de aposentadoria dos fundos de pensão. O projeto do governo, que, como o parlamentar, visa conceder ajudas para amenizar os efeitos da pandemia nas economias familiares, foi aprovado esta tarde com 35 votos a favor, 1 contra e 5 abstenções. (Diário Correo, Peru) | bit.ly/39o4Y4W

GUATEMALA. Congresso queimado, orçamento retirado. A proposta orçamental que cortava na saúde e na educação gerou indignação popular. Foi retirada esta segunda-feira. Na Guatemala, o fim de semana tinha sido de revolta contra a proposta de orçamento para 2021. O Congresso da República, sede do poder legislativo, foi coberto de pinturas e chegou a ser incendiado no sábado. Nesta segunda-feira foi anunciada a sua retirada. O parlamento guatemalteco fica assim com menos de uma semana para preparar uma nova proposta orçamental. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/377R4kM

MÉXICO. Feministas mexicanas ocupam prédio federal, montam barracas e exigem que as autoridades acabem com a violência contra as mulheres. Eles são apalpados no trem e abusados em casa. Meninas são agredidas na escola, mulheres no trabalho. Eles são mortos em grandes cidades e pequenas aldeias. Em 2020, a caminho de se tornar o ano mais mortal já registrado para as mulheres no México, ativistas dizem que não há lugar seguro para as mulheres aqui. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2V7euBl

VENEZUELA. Venezuela prende executivos petrolíferos americanos 'Citgo 6'. Os cidadãos norte-americanos foram acusados de crimes como peculato, lavagem de dinheiro e conspiração. Eles negaram todas as acusações e estão planejando apelar. (Deutsche Welle-em, Alemanha) | bit.ly/3q5Ub5r

CORONAVÍRUS/EUA. Os EUA relataram 181.490 novos casos de coronavírus na quarta-feira, um terceiro aumento diário consecutivo, já que as hospitalizações atingiram um recorde para o 16º dia consecutivo, de 89.959. Houve 2.297 mortes, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, o maior aumento em um único dia desde maio, elevando o número de vítimas da pandemia para 262.065 em quase 12,8 milhões de casos. Os números alarmantes foram relatados enquanto milhões de americanos desafiavam os conselhos oficiais contra viagens e reuniões de Ação de Graças. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3nYozg8

VACINA OXFORD/AZTRAZENECA. AstraZeneca afirma que sua vacina contra o coronavírus requer "estudos adicionais". A última fase dos estudos realizados por este laboratório em conjunto com a Universidade de Oxford mostrou um nível de eficácia inferior ao esperado. "Agora que descobrimos o que parece ser mais eficaz, temos que validar, então precisamos de um estudo adicional", disse Pascal Soriot. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/3fEbWE2

VACINA CUBANA. A revista científica norte-americana reconhece os méritos da vacina anticovid cubana. A revista norte-americano BioWorld destacou hoje as realizações de Cuba no desenvolvimento de sua segunda vacina Sovereign 02 contra a Covid-19, que atualmente está passando por testes clínicos de fase I. Segundo o texto publicado nas últimas horas, a ilha caribenha tem muita experiência na formulação de vacinas conjugadas, grupo ao qual pertence esse medicamento. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/2KMmc1J

TURQUIA. A Turquia dita prisão perpétua para 333 comandantes da revolta de 2016. A dura sentença de ontem afasta dúvidas se o poder civil conseguiu prevalecer na Turquia, depois de seis décadas dominada por golpes de estado. Embora o golpe de julho de 2016 tenha gerado trezentas ações judiciais, o macroprocesso recentemente concluído em Ancara reuniu os oficiais do centro de comando. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3q8UcFy

ÍNDIA. Na Índia, greve geral e repressão brutal. 250 milhões de trabalhadores participaram desde quinta-feira da maior greve da história mundial contra a revisão das leis trabalhistas e a liberalização da agricultura. As tensões aumentaram desde o confinamento. (l’Humanité, França) | bit.ly/33DElFJ

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS/REPORTAGENS

Daniel Barefoot – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Eis o que entrevistar eleitores me ensinou sobre o slogan ‘desidratar a polícia’” | bit.ly/2JeQBoP

Luis Bruschtein - Maradona (Página 12, Argentina) | “Diego Maradona: o coração do jogo” | bit.ly/33DEmJN

Attilio Boron – Maradona (Página 12, Argentina) | “Diego foi buscar seu amigo” | bit.ly/3leNvhH

Celso Castro, entrevista – Brasil (RFI,França) | “Disseminação de testemunhos da violência de Estado no Brasil é remédio contra negacionismo” | bit.ly/2VaGN1v

Diego García-Sayan – América Latina (El País, Espanha) | “Sapateando no tablado. As ruas estão se manifestando ruidosamente no Peru, Chile, Colômbia, Guatemala e outros países latino-americanos.” | bit.ly/2Jityt0

 Philipp Oehmke – EUA (Der Spiegel, Alemanha) | “Onde os EUA deram errado? Um país em decadência” | bit.ly/2VarGW6

Celso Amorim, entrevista – América Latina (El Espectador, Colõmbia) | “A principal razão da insegurança na região foi Trump " | bit.ly/3fCKMgU

Vijay Prashad – América Latina (Counterpunch, EUA) | “Por que o imperialismo está obsoleto na América Latina” | bit.ly/39lNIgU

Jacobo Foggi – Desigualdade (Sinistra in Rete, Itália) | “Piketty, o patrimônio e a herança universal” | bit.ly/39kIWQL

Conteúdo Relacionado