Clipping Internacional

Clipping Internacional - 28/09/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

28/09/2020 09:28

(Federico Anfitti/EPA)

Créditos da foto: (Federico Anfitti/EPA)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ELEIÇÕES. A campanha começa no Brasil para municípios marcados pela pandemia. Os candidatos brasileiros às eleições municipais de novembro iniciaram neste domingo uma campanha atípica marcada pelo coronavírus, a crise econômica e a ausência de apoio explícito do presidente Jair Bolsonaro. Os aspirantes a candidatos e seus partidos podem, a partir deste domingo, divulgar sua propaganda eleitoral, inclusive na Internet, meio que se espera ser fundamental em tempos de pandemia, e fazer campanha nas ruas, sob uma série de recomendações sanitárias. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/3n8VyPo

BOLSONARO. Jair Bolsonaro começa a participar das eleições municipais em meio a uma pandemia. Os candidatos às eleições municipais de novembro no Brasil iniciaram no domingo uma campanha atípica marcada pelo coronavírus, a crise econômica e a ausência, por enquanto, de apoio explícito do presidente Jair Bolsonaro. (El País, Uruguai) | bit.ly/2S9I9YM

COVID-19. Coronavírus no Brasil: Registra 141.741 mortes por Covid-19. As autoridades de saúde informaram que o número de infectados cresceu para 4.732.309, enquanto as multidões continuam nas praias. O Brasil somou 335 novos óbitos associados à Covid-19, elevando o total de mortos para 141.741, de acordo com o governo neste domingo, em que novas aglomerações foram registradas nas praias e parques do país, apesar das medidas de distanciamento social atuais. (El Periódico, Espanha; Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2S81zxw | bit.ly/3jbBKII

WITZEL. Nunca houve uma ascensão nem uma queda assim como a de Wilson Witzel. Deputados do Rio de Janeiro votaram, por unanimidade, a favor do impeachment do governador. Acusado de desvio de dinheiro, o ex-juiz ganhou as eleições há menos de dois anos, cavalgando a onda da "nova política" pós-Lava Jato com discurso implacável contra o crime e a corrupção.(Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2S6JCiU

CARNAVAL Rio de Janeiro também suspende carnaval. Os organizadores, que condicionam a comemoração à vacina, consideram a possibilidade de adiar a festa, que atrai 2,1 milhões de turistas, para o mês de junho. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2GgUMil

ÍNDIOS. O coronavírus se espalha pela Amazônia, ameaçando uma tribo antiga. Covid-19 está infectando os Yanomami, que são particularmente vulneráveis devido ao seu isolamento, cuidados de saúde precários e alta sociabilidade. A pandemia varreu o mundo, matando cerca de 1 milhão de pessoas, incluindo mais de 140.000 no Brasil, perdendo apenas para os EUA em mortes. O vírus já atingiu alguns dos cantos mais remotos do mundo, incluindo partes da floresta amazônica onde os Yanomami vivem há mais de um milênio. (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/3mZtwpm

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

TRUMP. O The New York Times obteve dados de declarações de impostos do presidente Trump por mais de duas décadas. Enquanto o presidente trava uma campanha de reeleição que as pesquisas dizem que ele corre o risco de perder, suas finanças estão sob pressão, assoladas por perdas e centenas de milhões de dólares em dívidas que ele pessoalmente garantiu. O Times obteve as informações fiscais de Donald Trump ao longo de mais de duas décadas, revelando propriedades em dificuldades, vastas baixas contábeis, uma batalha de auditoria e centenas de milhões em dívidas a vencer. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/339pEKv | nyti.ms/3jbsXXf

EUA. Pesquisa ABC: Biden mantém a liderança nacionalmente sobre Trump na corrida presidencial estável. Biden está à frente de Trump por 53% a 43%, estatisticamente inalterado em relação à margem de 12 pontos em uma pesquisa realizada em agosto, pouco antes dos democratas e os republicanos realizaram suas convenções. Levando em conta a diferença de gênero, Trump tem uma vantagem de 55% a 42% entre os prováveis eleitores do sexo masculino, mas Biden tem uma vantagem ainda maior de 65% a 34% entre os prováveis eleitores do sexo feminino. A vantagem de Trump entre os homens é quase a mesma que sua margem sobre Hillary Clinton em 2016, mas a vantagem de Biden entre as mulheres é mais do que o dobro da de Clinton na época. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/33bbcSh

URUGUAI. Eleições no Uruguai: a Frente Ampla venceu em Montevidéu. Carolina Cosse seria eleita. De acordo com a consultoria Cifra, a Frente Ampla obteve 51% dos votos, em comparação com 40% da aliança multicolorida. No segundo distrito eleitoral mais importante do país, Canelones, a frenteamplista Yamandú Orsi foi reeleita. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3idXcLI

COLÔMBIA. Confronto entre grupos armados na Colômbia deixa seis mortos. Os fatos ocorreram em uma comunidade indígena no departamento colombiano de Nariño e as autoridades afirmam que houve uma dissidência das FARC e de traficantes de drogas. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/337E6CE

CUBA. Cuba, pendente do fator Flórida nas eleições para a Casa Branca. Periodicamente convertida em munição eleitoral, a ilha acompanha as eleições presidenciais dos Estados Unidos com ceticismo. Um bom teste de quão longe Donald Trump foi para endurecer o embargo a Cuba é ir tomar um drinque com um amigo americano no terraço do elegante Gran Hotel Packard, em Havana. “Você sabia que só pelo fato de beber este rum (um velho Santiago de Cuba) neste hotel eles podem me prender no meu retorno aos EUA e me dar uma multa de 25.000 dólares?”, disse um organizador de uma das viagens culturais para americanos. É um negócio que disparou durante a abertura dos anos Obama e quase desapareceu após a decisão de Trump de fechar as portas novamente em 2017. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/338O8mZ

BOLÍVIA. Luis Arce, o candidato do ex-presidente boliviano Evo Morales, descreveu neste domingo como uma "ação desesperada" a denúncia da oposição que pode levar à desqualificação de seu partido para as eleições de 18 de outubro devido à divulgação de pesquisas de opinião. “Todas as ações que eles (os partidos de oposição) vão empreender são ações desesperadas para enfrentar o MAS”, disse o candidato presidencial de esquerda à imprensa. (La Jornada, México) | bit.ly/3i64YXX

VENEZUELA. Maduro busca recuperação econômica com nova "lei antibloqueio". O presidente venezuelano destacou que esta estratégia conta com "assessoria internacional de especialistas da área" para combater as sanções norte-americanas. (El Periodico, Espanha) | bit.ly/2Gdq89A

ARGENTINA. Assolada por uma crise sem precedentes, a Argentina quer restaurar a confiança em sua economia. O governo, que está negociando a reestruturação da dívida do país com o FMI, apresentou um orçamento de 2021 prevendo um grande déficit. Em breve, os deputados votarão a favor da introdução de um imposto extraordinário sobre as grandes fortunas. (Le Monde, França) | bit.ly/36dzdKd

ALEMANHA. 350 casos de suspeita de simpatia de extrema direita encontrados nas forças de segurança alemãs. As forças de segurança alemãs tiveram que lidar com 350 casos de suspeita de extremismo de extrema direita nos últimos três anos, revelou uma nova pesquisa. A notícia chega depois que vários policiais foram suspensos em conversas em grupos de direita. (Deutsche Welle en, Alemanha) | bit.ly/3iiNlod

PORTUGAL. Portugal vê aumento da violência racista com o crescimento da extrema direita. Ativistas pedem uma resposta institucional urgente após ataques e ameaças de morte que visam parlamentares, acadêmicos e ativistas. Em janeiro deste ano, uma mulher negra e sua filha foram agredidas por não possuírem passagem de ônibus. Em fevereiro, duas mulheres brasileiras foram agredidas pela polícia à porta de um clube cabo-verdiano e, no mesmo mês, a jogadora portuense Moussa Marega, natural do Mali, abandonou um jogo depois de os adeptos gritarem calúnias raciais. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/30gnk2y

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

David Smith – Trump (The Guardian, Inglaterra) | “A reportagem do The New York Times sobre os impostos de Trump vai afundá-lo?” | bit.ly/2EKNove

Eduardo Aliverti – Argentina (Página 12, Argentina) | “Uma frente de oposição raivosa e seus próprios erros” | bit.ly/2Gdqehs

Pedro Martínez Gerber e Julián Zícari – Argentina (Página 12, Argentina) | “A obsessão histórica com o dólar. Como recriar condições para economizar em pesos?” | bit.ly/3ib33Bt

Luis Bruschtein - Argentina (Página 12, Argentina) | “As marchas insanas do ‘Juntos por el cambio’, Limites democráticos e ano eleitoral” | bit.ly/3mS7a98

Salvatore Cannavó – Itália (Esquerda.net, Portugal) | “O que diz Rossanda ?” | bit.ly/2GgacTQ

Marcela Uchoa – Extrema Direita (Esquerda.net, Portugal) | “Entre verdades e mentiras: hippies, extrema-direita e a covid” | bit.ly/3ibVYAA

Mario Ciafardini – EUA (Tiempo Argentino, Argentina) | “A decadência do império norte-americano” | bit.ly/3cE60cT

Marc Endeweld – França ( Le Monde Diplomatique, França) | “Emmanuel Macron e o ‘estado profundo’. Quem realmente governa o Quay Dorsay? | bit.ly/31HVVra

John Komlos e Salvatore Perri – EUA (Economia e Política, Itália) | “EUA, uma economia vulnerável: o resultado econômico da primeira presidência Trump” | bit.ly/340uMjm

Conteúdo Relacionado