Clipping Internacional

Clipping Internacional - 30/11/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil, especial eleições; Notícias do Mundo; e Artigos

30/11/2020 09:12

(AFP)

Créditos da foto: (AFP)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Página 12, Argentina | Um problemão para Bolsonaro, um problema para a esquerda. O difícil cenário político deixado pelas eleições municipais brasileiras. No início da noite de domingo, foram conhecidos os resultados do segundo turno para a eleição de prefeitos em 57 municípios brasileiros, entre capitais de província e cidades com mais de 200 mil eleitores. dos, que em quase todos os casos superou o previsto nas pesquisas de opinião. dois dias antes. Também foi confirmado, com uma única e isolada exceção, que os candidatos defendidos pelo presidente de extrema direita Jair Bolsonaro tiveram um desempenho bastante decepcionante nas urnas. | bit.ly/2Vvza6h

The Washington Post, EUA | Bolsonaro sofre onda de derrotas em disputas para prefeito. O presidente Jair Bolsonaro sofreu grandes perdas nas eleições municipais recém-concluídas no Brasil, com apenas cinco candidatos a prefeito que ele apoiou vencendo suas disputas e nenhum deles nas cidades mais importantes. A pior rejeição do presidente veio em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, onde o prefeito Marcelo Crivella foi espancado em um segundo turno no domingo, perdendo para seu antecessor de centro-direita, Eduardo Paes, por 64% a 36%. Crivella, um pastor evangélico, usou repetidamente o presidente em sua campanha para tentar mudar sua sorte. | wapo.st/2Vf6fTE

Tribune de Genève, Suíça | A centro-direita desloca o bolsonarismo. A centro-direita é a grande vencedora das eleições municipais de domingo no Brasil, que viram a derrota de candidatos apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro, dois anos antes da eleição presidencial, e pela esquerda. Nas duas maiores cidades do país, São Paulo e Rio, o prefeito cessante Bruno Covas e o ex-prefeito Eduardo Paes, ambos de centro-direita, foram eleitos com facilidade. | bit.ly/3oakF40

RFI, França | Resultado de eleições municipais muda cenário político e esquenta projeções para 2022. PSDB mantém força em São Paulo e reforça plano de João Dória para a disputa presidencial, enquanto Guilherme Boulos vira "pop star" da esquerda na derrocada do PT. Centrão e DEM ganham força. Porém, "em dois anos, muita coisa pode mudar no xadrez político", diz o cientista político, Carlos Melo. | bit.ly/3o2tvAC

Sputnik News, Rússia | Boulos em SP: é possível perder uma eleição, mas sair vitorioso? Apesar da derrota para Bruno Covas (PSDB) em São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL) sai da eleição fortalecido como nova liderança política. | bit.ly/3fPBDBw

Global Times, China | Derrota do Bolsonaro, vitória da centro-direita nas eleições municipais. Os candidatos de extrema direita do presidente Jair Bolsonaro sofreram novas derrotas no domingo e a tradicional centro-direita emergiu mais forte nas eleições municipais de segundo turno. A esquerda brasileira, entretanto, continuou a lutar para se recuperar do impeachment prejudicial da presidente Dilma Rousseff em 2016 e da prisão de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, por acusações de corrupção - os eventos que abriram o caminho para a "onda conservadora" de Bolsonaro. | bit.ly/33tvW7n

The Independent, Inglaterra | Bolsonaro sofre onda de derrotas em disputas para prefeito. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro sofreu pesadas perdas nas eleições para prefeito que foram concluídas com 57 eleições de segundo turno. | bit.ly/36n4OJf

Público, Portugal | Eleições municipais no Brasil: Bruno Covas reeleito em São Paulo, Marcelo Crivella derrotado no Rio. Atual “prefeito” de São Paulo venceu Guilherme Boulos, candidato da esquerda, na maior cidade brasileira, enquanto Eduardo Paes venceu o ultraconservador Marcelo Crivella no Rio de Janeiro. Partido dos Trabalhadores e Jair Bolsonaro são os grandes derrotados das eleições municipais. | bit.ly/36ldnUK

La Vanguardia, Espanha | Forças que buscam uma alternativa ao Bolsonaro-Lula governarão metade das forças de centro-direita que buscam uma alternativa à polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o líder socialista Luiz Inácio Lula da Silva governará metade das capitais regionais do país, segundo os resultados do o segundo turno das eleições municipais neste domingo no Brasil. O fortalecimento dessas formações coincidiu com as duras derrotas sofridas tanto pelos candidatos que receberam o apoio da extrema direita quanto pelos indicados pelo Partido dos Trabalhadores Lula (PT). | bit.ly/3qen0gc

El Diário, Espanha | Centro-direita vence as prefeituras do Rio e São Paulo e o Bolsonarismo sofre novo revés no Brasil. Bolsonaro, que não tem partido, deu seu apoio a 13 candidatos a prefeito de uma das 57 grandes cidades; 11 foram derrotados. Forças em busca de alternativa ao Bolsonaro-Lula governarão metade das capitais. | bit.ly/3lncteE | bit.ly/33wulOa

Financial Times, Inglaterra | Eleições municipais do Brasil golpeiam Bolsonaro. Partido do ex-líder Lula também é derrotado enquanto a política do "establishment" retorna. | on.ft.com/3fS35i0

Les Echos, França | Eleições municipais: o centro-direita derrota Bolsonaro e a esquerda. O segundo turno das eleições municipais no Brasil, duramente atingido pela crise da saúde, foi marcado pela contundente vitória da centro-direita principalmente nas grandes cidades. Em São Paulo, Bruno Covas foi reeleito, com quase 60% dos votos. No Rio, Eduardo Paes reconquistou a cadeira de prefeito que perdeu em 2016. | bit.ly/39u6m6m

El País, Espanha | bit.ly/3o2twVc

Diário de Notícias, Portugal | bit.ly/39u51MO

La Vanguardia, Espanha | bit.ly/33rn5U0

La Diária, Uruguai | bit.ly/33vgAiW

El Periódico, Espanha | bit.ly/2Jlef3c

El Clarín, Argentina | bit.ly/33vFyyx

El Mercúrio, Chile | bit.ly/2KKNPIo

El País, Uruguai | bit.ly/2Jq4wbE

OUTRAS NOTÍCIAS DO BRASIL

BOLSONARO/NEGACIONISTA. Jair Bolsonaro garantiu que houve fraude nos Estados Unidos. Tampouco admite a realidade. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro disse que houve fraude nas eleições de 3 de novembro nos Estados Unidos e é por isso que ele ainda não consegue reconhecer o democrata Joe Biden como vencedor. O líder da extrema direita reiterou as acusações do republicano sobre suposta fraude nas eleições. Bolsonaro é um dos poucos líderes do mundo que ainda não deu os parabéns a Biden por sua eleição como presidente dos Estados Unidos. “A imprensa não divulga, mas eu tenho minhas informações, e não adianta dizer, porque eles não vão divulgaR, que realmente houve muita fraude ali”, disse o chefe de Estado brasileiro. (Página 12, Argentina; Diário de Notícias, Portugal; La Vanguardia, Espanha; The Washington Post, EUA; El Diário, Espanha; El Espectador, Colômbia) | bit.ly/3lmC33x | bit.ly/2VhuDE7 | bit.ly/2VlOQZm | wapo.st/36lTHQU | bit.ly/3o3Tfwo | bit.ly/39rkMnv

BOLSONARO/RIO DE JANEIRO. Os municípios do Brasil são um teste das alianças contra o Bolsonaro. O principal trunfo do presidente é o prefeito do Rio, que naufragou nas pesquisas diante de uma coalizão que agrega da direita à ultraesquerda. | bit.ly/3o2tyMO

BOLSONARO/MANDETTA. Um paciente chamado Bolsonaro. O ex-ministro da Saúde brasileiro descreve a reação do presidente à Covid-19: negação, raiva e fantasia. O novo livro do ex-ministro de Bolsonaro, Luiz Mandetta, intitulado ‘Um paciente chamado Brasil’ - embora um título mais apropriado fosse Um paciente (de um asilo) chamado Bolsonaro - o livro abre uma janela indiscreta para a psicologia paranoica e as manobras políticas do presidente de extrema direita durante os primeiros seis meses da pandemia . (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/33wm8tp

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CORONAVÍRUS/EUA. EUA passaram dos quatro milhões de casos de Covid-19 por mês enquanto Fauci alerta sobre aumento nos feriados. Os avisos vêm enquanto as maiores cidades da Califórnia impõem medidas de controle mais rígidas. Agora, os especialistas alertaram os americanos para esperar que o aumento acentuado nos casos continue, em parte devido ao feriado de Ação de Graças - potencialmente piorando no início da temporada de férias de dezembro. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/39u58bc

TRUMP. Um apoiador de Donald Trump que doou US $ 2,5 milhões para ajudar a expor e processar alegações de fraude na eleição presidencial quer seu dinheiro de volta depois do que ele diz serem "resultados decepcionantes". A falta de sucesso dos esforços de ‘True the Vote’ para contestar o resultado parece espelhar o do próprio presidente, cuja equipe perdeu 38 ações judiciais desde a eleição de 3 de novembro, mais recentemente na Pensilvânia, onde um painel federal de apelações criticou a equipe jurídica de Trump por ajuizar ação sem mérito. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2KN9aRr

REPUBLICA DOMINICANA. Dois irmãos do ex-presidente dominicano Danilo Medina foram presos por corrupção. O ex-presidente expressou sua "mais profunda indignação" com a operação. (Página 12, Argentina) | bit.ly/37ifyId

FRANÇA. A promotoria pede prisão para três dos quatro policiais franceses que espancaram brutalmente um produtor de música negra. A justiça os investiga e os acusa de "violência voluntária", "discriminação por motivos racistas" e "falsificação de escritura pública". (El Periódico, Espanha) | bit.ly/39n5Xm2

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS/REPORTAGENS

Rejane Carolina Hoeveler – Brasil (Brasil Wire, EUA) | “RenovaBR: a privatização da política no Brasil” | bit.ly/3k5ZxtA

Dario Pignotti – Brasil (Página 12, Argentina) | “Diante do desastre, grita-se fraude!” | bit.ly/2Jjt2v6

Michael Roberts – Crise Econômica (Esquerda.net, Portugal) | “Há solução para a crise de dívida global que aí vem?” | bit.ly/3qcUj35

Olivier Dabène,entrevista – Brasil (RFI, França) | “Esquerda ‘pós-PT’ se renovou durante eleições municipais do Brasil” | bit.ly/33tFijE

Leonardo Padura, entrevista – literatura (El País, Espanha) | “A história me interessa para iluminar o presente” | bit.ly/33uXZTZ

Jose Antonio Ocampo – Economia mundial (El Diário, Espanha) | “A vitória de Biden abre caminho para maiores impostos corporativos a nível global” | bit.ly/33tvWEp

Charles Duhigg – Capitalismo (The New Yorker, EUA) | “Como os “venture capitalists” estão deformando o capitalismo” | bit.ly/2HQ7VzR

Nicolás Trotta, entrevista – Argentina (Página 12, Argentina) | “Temos a expectativa de uma volta às aulas massiva - Trotta defende o tempo que passou sem estar presente, opõe-se à ideia de “abrir as escolas no verão como se fosse outubro” e abre perspectivas otimistas para 2021.” | bit.ly/2KKNV2I



Conteúdo Relacionado