Clipping Internacional

Clipping Mundo - 10/06/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

10/06/2021 08:57

ButanVac, a vacina contra a Covid-19 que terá produção totalmente nacional (Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Créditos da foto: ButanVac, a vacina contra a Covid-19 que terá produção totalmente nacional (Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)

 

e1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ALBERTO FERNANDEZ/Discórdia depois que o presidente da Argentina disse que ‘brasileiros vieram da selva’. Comentários equivocados ao primeiro-ministro da Espanha buscaram enfatizar os laços do país sul-americano com a Europa. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, desencadeou uma tempestade no twitter e um debate regional sobre disputas com comentários equivocados. “Os mexicanos vieram dos índios, os brasileiros vieram da selva, mas nós, argentinos, viemos dos navios. E eram navios que vinham da Europa ”, disse Fernández, referindo-se aos muitos migrantes europeus que chegaram ao país. Mais tarde, ele se desculpou pelos comentários e disse que a diversidade de seu país era algo de que se orgulhar. Eduardo Bolsonaro aproveitou para dizer que “o único navio que está afundando é o da Argentina”. A frase, atribuída por Fernández ao escritor Octávio Paz, na verdade, é do músico Litto Nebbia. Alberto Fernández desculpou-se pelo comentário e explicou em twitter sua intenção ao citar a frase. (The Guardian, Inglaterra; El Diário, Espanha; Página 12, Argentina; El País, Espanha; La Diária, Uruguai; El Espectador, Colômbia; El Clarín, Argentina; The Independent, Inglaterra; Global Times, China; El Mercurio, Chile; La Jornada, México) | bit.ly/3xbrcQu | bit.ly/3wnZz6s | bit.ly/2SocK8W | bit.ly/3gmknEM | bit.ly/3zfTLxY | bit.ly/3zfXVFT | bit.ly/3iCiIhj | bit.ly/3gbGqPS | bit.ly/3wec6JL | bit.ly/3whBsGU | bit.ly/355nBqS

LULA/ Lula pede que os brasileiros saiam às ruas para exigir um governo decente. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva hoje mais uma vez culpou o presidente Jair Bolsonaro pelo alarmante número de vidas perdidas, cerca de 500 mil, pela Covid-19 no Brasil. “Não sou daqueles que gostam de jogar a responsabilidade apenas para uma pessoa, mas o Bolsonaro não cumpriu o papel que deveria desempenhar como presidente”, afirmou Lula. Para o ex-líder dos trabalhadores, ‘o governo não trata as pessoas com respeito. Foram irresponsáveis porque o Presidente da República não tem o mínimo humanismo dentro de si’, frisou. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3pGsq3m

BOLSONARO/ O Brasil pode ser um dos países com menos mortes por Covid-19, diz presidente e cita falso documento do TCU. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, insistiu que o número de mortes por Covid-19 no Brasil está "inflado" e argumentou que, na realidade, o país pode ser "um dos que têm a menor taxa de mortalidade por habitante no mundo”. Sem apresentar provas e citando falso documento do TCU, que já o negou. Dados do Ministério da Saúde, porém, colocam o Brasil como um dos países mais afetados pela pandemia no mundo, ao lado dos Estados Unidos e da Índia, tanto em número de casos quanto em óbitos. No entanto, Bolsonaro reiterou que os números são "inflados" de forma fraudulenta por governadores e prefeitos, pois assim obtêm "mais recursos financeiros" do governo federal para combater a pandemia que, segundo todos os especialistas, está prestes a entrar em nova onda no país. (El Diário, Espanha; Jornal de Notícias, Portugal; Diário de Notícias, Portugal; El País, Uruguai) | bit.ly/3xcNukE | bit.ly/3czsigO | bit.ly/3xaMwp5 | bit.ly/3iss3YR

ESTADO POLICIAL/‘Te deixa doente’: fúria no Rio de Janeiro por morte de grávida de 24 anos em operação policial. Segundo as autoridades da cidade, ela foi atingida por uma única bala perdida durante um confronto entre policiais e criminosos. A morte de Kathlen Romeu marca a última fatalidade entre os moradores negros da favela em confronto da polícia com gangues de traficantes. Polícia mata centenas de pessoas no Rio de Janeiro apesar da proibição judicial de invasões em favelas. No ano passado, o Rio viu um aumento dramático nas incursões mortais da polícia nas favelas - apesar de uma ordem da Suprema Corte para interromper essas operações durante a pandemia de Covid. Muitos brasileiros reagiram com tristeza e fúria. Ícaro Silva, um popular ator negro, postou novamente a última foto de Romeu no instagram, com o comentário: “A notícia se repete com tanta frequência que te deixa doente. Inocente. Preto. Morto. Operação policial”, e acrescentou: “Vidas negras importam”. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3gi9Ryo

CPI DA COVID/Ex-secretário de Saúde do Brasil afirma que Pfizer não confiava em sua vacina. O ex-secretário executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, afirmou perante a CPI do Senado, que a gigante farmacêutica norte-americana Pfizer não confiava em sua vacina anticovid no momento de iniciar as negociações com o país. “Ao contrário de outros laboratórios com os quais lidamos, parecia-nos que ela (Pfizer) queria se eximir da responsabilidade civil por efeitos colaterais graves. Ela não confiava no que estava vendendo para nós. Então essa foi a nossa primeira impressão”, disse Franco, um coronel da reserva. | bit.ly/3x8MT3u

VIOLÊNCIA/ Epidemia de violência’: Brasil chocado com estupro coletivo ‘bárbaro’ de homossexual. Os ativistas temem que um aumento nos ataques à comunidade LBGT do país seja alimentado por uma cultura de homofobia no topo. Um ato de violência “bárbara” em que um gay de 22 anos foi estuprado e torturado por uma gangue gerou forte reação no Brasil e é a evidência de uma crescente onda de crimes de ódio no país, de acordo com ativistas dos direitos humanos. “Este é um crime assustador, mas muito comum no Brasil, e a violência - não só contra lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros, mas também contra mulheres, negros e imigrantes - está piorando”, disse Lirous Ávila, presidente da Associação em Defesa dos Direitos Humanos, organização que atende vítimas de violência em Florianópolis. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3g9Uj0R

VACINA/ Em Serrana, Brasil, 98% dos adultos são vacinados contra Covid-19: “Com a gente, o medo do vírus se foi ”. No Estado de São Paulo, a cidade de 45 mil habitantes serviu de cidade-piloto para o Instituto Butantã: ali quase todos os adultos foram vacinados com Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, tornando-se um oásis em um país devastado pela epidemia. (Le Monde, França) | bit.ly/3xc4zLD

VACINA BUTANVAC/ Anvisa autoriza testes em humanos de vacina nacional do Instituto Butantã. É a primeira vacina desenvolvida no Brasil. Para a autorização do estudo clínico, a Anvisa e o Butantã realizaram ao longo dos últimos dois meses uma intensa troca de informações e de reuniões com objetivo "de que todos aspetos do estudo estivessem claros e com garantias de segurança aos voluntários", explicou o órgão regulador do Brasil. (Diário de Notícias, Portugal; Última Hora, Paraguai) | bit.ly/2TWKA5p | bit.ly/3v9D585

SECA/ Economia do Brasil ameaçada por uma forte seca. A pior seca em quase um século que atingiu duas regiões importantes do Brasil está causando estragos em hidrelétricas e plantações - e ameaçando a recuperação da pandemia nascente da maior economia da América Latina. Meses de chuva esparsa encolheram os rios, deixaram suas margens rachadas e ressecadas e reduziram os reservatórios normalmente extensos a teias de poças no sudeste e centro-oeste do Brasil. A estiagem nesta grande e economicamente crucial faixa do país está afetando dois setores importantes: a energia hidrelétrica, da qual o Brasil depende para quase dois terços de sua capacidade elétrica, e a agricultura, que vem impulsionando sua recuperação da crise econômica trazida por Covid-19. (Global Times, China) | bit.ly/3pImLds

COVID-19/ Brasil relata mais 2.378 mortes por Covid-19. O Brasil registrou mais 2.378 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando a contagem nacional para 476.792. Um total de 52.911 novas infecções foram detectadas, aumentando o número de casos nacionais para 17.037.129. O país sul-americano vive uma nova onda de infecções, com hospitais lotados de pacientes. (Xihuanet, China; Diario Correo, Peru) | bit.ly/3x805ph | bit.ly/3iqak4g

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

COLÔMBIA/‘Human Rights Watch’ denuncia "abusos gravíssimos" por parte da polícia colombian. A Human Rights Watch (HRW) apresentou nesta quarta-feira um primeiro e severo relatório no qual denuncia "abusos gravíssimos" cometidos pela polícia no contexto da greve nacional que a Colômbia vem experimentando desde 28 de abril passado. A ONG acusa a polícia de estar supostamente implicada em 20 homicídios em meio aos protestos massivos contra o presidente Iván Duque, e enfatiza que o governo “deve tomar medidas urgentes para proteger os direitos humanos e iniciar uma reforma policial profunda”. O documento se baseia em entrevistas com mais de 150 pessoas em 25 cidades colombianas e inclui vítimas, parentes, testemunhas oculares, autoridades judiciais e o governo de Duque, entre outros. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2TQE9k5

DESIGUALDADE/ Bilionários como Bezos ou Buffett conseguem pagar zero de impostos. De acordo com a investigação da ProPublica, através de estratégias fiscais perfeitamente legais, bilionários norte-americanos pagam um valor irrisório de IRS ou, inclusive, reduzem as suas faturas de imposto sobre o rendimento a zero. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/353WH2V

EUA/ Palavras ruidosas de Biden para iniciar sua turnê europeia: "Os Estados Unidos estão de volta!" Joe Biden chegou ao Reino Unido nesta quarta-feira, a primeira etapa de uma longa maratona que deve levá-lo notavelmente a anunciar, em um gesto forte na cúpula do G7, que os Estados Unidos fornecerão ao mundo meio bilhão de dólares. Isso antes de fazer de uma reunião com o presidente russo, Vladimir Putin. (Le Parisien, França) | bit.ly/3zgXCLi

EUA-GUANTÁNAMO/ O plano "silencioso" de Biden para fechar Guantánamo. Por ocasião do aniversário dos ataques às Torres Gêmeas, o presidente americano teria escolhido uma estratégia diferente de Obama: obter luz verde do Congresso para esvaziar gradativamente a prisão, transferindo os últimos presos. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/3xhkoAV

PERU/ Keiko Fujimori não quer dar o braço a torcer e insiste com a denúncia de fraude. A candidata conservadora voltou a insistir nesta quarta-feira, quando a contagem de votos chega a 99% e sua derrota, embora no mínimo, pareça inevitável, que o partido de Pedro Castillo tenha orquestrado em várias regiões do Peru um plano para cometer fraudes eleitorais. Repete seu pai, Alberto, hoje preso por corrupção e outras acusações, que, ao perder as eleições em 2016 para Pedro Paulo Kuczinsky, também o acusou defraude. (El País, Espanha) | bit.ly/3vd1MQZ

TRABALHO INFANTIL/ Trabalho infantil em alta pela primeira vez em 20 anos. Uma em cada dez crianças no mundo agora é forçada a uma atividade, aponta a ONU. O fenômeno ameaça piorar ainda mais por causa da pandemia. Enquanto o mundo assistia ao primeiro aumento do trabalho infantil em duas décadas, outros milhões correm o risco de serem pressionados a trabalhar pela pandemia de Covid-19, avisa a ONU. Um relatório conjunto da OIT e do UNICEF, a agência da ONU responsável pelo bem-estar infantil, estima que no início do ano passado 160 milhões de crianças foram forçadas a trabalhar, ou seja, mais 8,4 milhões desde 2016. (Libération, França) | bit.ly/3wbXA5n

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Sergio Abranches – Brasil (El Espectador, Colômbia) | “Brasil enfrenta uma nova ameaça de ruptura democrática” | bit.ly/3grFWUo

Edemilson Paraná – Brasil (Jacobinlat, América Latina) | “A nova década perdia do Brasil” | bit.ly/3gapBEF

Anna Buss – Brasil/Meio ambiente (Counterpunch, EUA) | “No Brasil, os crimes ambientais podem ser rastreados até o topo” | bit.ly/2TkA1sj

Tom Phillips, reportagem - Brasil (The Guardian, Inglaterra) | “Flordelis. A ‘superstar’ evangélica do Brasil mandou matar o marido?” | bit.ly/3x8VRxK

Attílio Boron – Peru (Página 12, Argentina) | “Um ‘castillo’ inexpugnável” | bit.ly/3wdgsB1

Carlos Noriega – Peru (Página 12, Argentina) | “Eleições no Peru: nasce um governo assombrado pelas corporações” | bit.ly/3xaTlqD

Robert Reich – EUA/Democracia (The Guardian, Inglaterra) | “A democracia americana está lutando por sua vida - e os republicanos não se importam” | bit.ly/3cteG6H

Julian Borger – Guerra Fria (The Guardian, Inglaterra) | “China, o espectro no banquete enquanto Biden pretende reunir democracias na viagem pela Europa” | bit.ly/3x38L0e

Ghada Karmi – Israel/Palestina (The Guardian, Inglaterra) | “O conflito no Oriente Médio é sustentado pelo silenciamento dos palestinos” | bit.ly/3pEC4Uk

Mario Wainfeld – América Latina/EUA (Página 12, Argentina) | “Polarização vs. governabilidade” | bit.ly/3issbaN

Conteúdo Relacionado