Clipping Internacional

Clipping Mundo - 13/04/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

13/04/2021 10:08

(Marcos Corrêa/PR)

Créditos da foto: (Marcos Corrêa/PR)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO/ Bolsonaro reclama de um senador que o gravou e divulgou a conversa. A conversa foi sobre a CPI relacionada à pandemia de Covid-19 que o legislador registrou e divulgou em suas redes sociais. "Fui gravado em uma conversa telefônica. A que distância chegamos no Brasil?", Protestou o presidente diante de um grupo de seguidores na porta de sua residência oficial em Brasília. No áudio, Bolsonaro é ouvido protestando contra o fato de esta investigação se limitar apenas à atuação do governo federal e não incluir governadores e prefeitos, a quem acusa de terem desviado recursos recebidos do Executivo para o combate à pandemia, que já matou mais de 353.000 pessoas no país. O presidente também reclamou, como já fez publicamente, que o Senado não dá seguimento aos diversos pedidos de impeachment que recebeu contra quatro dos onze membros do STF. (El Diário, Espanha; Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/3tgRWNI | bit.ly/3tgRX4e

BOLSONARO/"Vou ter que sair na porrada com um bosta desses", diz Bolsonaro sobre senador. Presidente do Brasil foi gravado a insultar Randolfe Rodrigues, autor do requerimento de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a condução do governo na pandemia. "A violência só serve aos covardes", reagiu Randolfe. “Se você não participa, vem a canalhada lá do Randolfe Rodrigues para participar e vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desses". A frase é de Jair Bolsonaro e foi proferida durante um telefonema com um senador aliado que gravou o presidente da República supostamente sem ele saber. Na conversa, Bolsonaro tenta convencer o parlamentar aliado a alargar o âmbito da CPI para os 27 governadores estaduais e os mais de 5000 prefeitos e tentar dividir a culpa pela situação do país onde está a morrer mais gente por Covid-19 no mundo. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3dWCVud

BOLSONARO/ Bolsonaro compara as restrições contra a Covid-19 ao comunismo e às ditaduras. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro comparou na segunda-feira as restrições contra Covid-19 que prefeitos e governadores estão aplicando ao comunismo e aos regimes ditatoriais. Em texto publicado no Facebook para seus seguidores, o presidente afirmou: “Hoje você tem uma amostra do que é o comunismo e de quem são os protótipos dos ditadores, daqueles que decretam proibição de cultos, toque de recolher, expropriação de imóveis, restrições a deslocamentos , etc ". (UYPress, Uruguai) | bit.ly/3tgRQpk

ARMAS/ O STF suspende os decretos do Bolsonaro que flexibilizam a compra de armas. Uma ministra do Supremo Tribunal Federal suspendeu nesta segunda-feira uma série de decretos expedidos pelo presidente Jair Bolsonaro que permitiam a flexibilização da compra e uso de armas no país, prevista para entrar em vigor na terça-feira. Entre outros aspectos, a decisão de Weber suspende um dos decretos que permitia que o número máximo de armas de fogo para defesa pessoal passasse de quatro para seis, desde que obtivesse os requisitos necessários para obter o Certificado de Registro de Armas. A flexibilidade do porte e da pose das armas é uma das promessas de campanha de Bolsonaro, uma saudade das ditaduras militares de direita que reinaram na América Latina durante o século passado e cujo modelo de armas são os Estados Unidos. (El Diário, Espanha; Global Times, China; Sputnik News, Rússia; Telesur, Venezuela; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3s9GWR7 | bit.ly/3wQJgjs | bit.ly/32bfw2E | bit.ly/3uZN7sT | bit.ly/3sgFXhX

AMAZONIA/ HRW pede ao Brasil que "expulse imediatamente" os mineiros ilegais da Amazônia. A organização defensora de direitos humanos Human Rights Watch (HRW) exigiu que o governo do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, "expulsasse imediatamente" os garimpeiros que invadiram a terra indígena Munduruku, na floresta amazônica, em busca de ouro . “Os povos indígenas no território Munduruku enfrentam invasões de terras, destruição ambiental e sérias ameaças de grupos criminosos envolvidos na mineração ilegal”, disse Maria Laura Canineu, diretora da HRW no Brasil, citada em um comunicado. O mercúrio usado na mineração ilegal também ameaça a saúde e as fontes de alimentação das populações da bacia do Tapajós, poluindo rios e peixes, podendo causar danos cerebrais e outros graves e irreversíveis problemas de saúde, segundo estudos. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3teDLc7

CRISTO REDENTOR/ Brasil, a nova estátua do Cristo que vai bater o Redentor do Rio em altura. No Brasil está sendo construída outra estátua do Cristo que será mais alta do que a do Redentor que domina o Rio de Janeiro. O Cristo Protetor, incluindo o pedestal, terá 43 metros de altura, cinco a mais que o original que está entre as Sete Maravilhas do Mundo. Um elevador interno permitirá que os visitantes cheguem a um terraço panorâmico localizado na altura do peito. (La Repubblica, Itália; Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3a6Acx7 | bit.ly/3a7DBM7

COVID-19/ O Brasil registrou 1.480 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o número nacional de mortes para 354.617.-feira. 35.785 casos de Covid-19 foram notificados nas últimas 24 horas, elevando a contagem nacional para 13.517.808. O Brasil vive uma nova onda de casos desde janeiro, e muitos estados do país relataram uma sobrecarga de seus sistemas de saúda. O Brasil iniciou o processo de vacinação em meados de janeiro e já inoculou 23.286.249 pessoas com uma dose e 7.052.402 com duas, segundo dados oficiais compilados pela imprensa local. (Xihuanet, China; El Mercurio, Chile) | bit.ly/3deQLJb | bit.ly/2QhRhwY

VACINA/ Intervalo mais longo entre as doses aumenta a eficácia do CoronaVac. Um novo estudo liderado pelo Instituto Butantan do Brasil mostrou que a vacina CoronaVac da China pode ser mais eficaz na proteção contra Covid-19 com um intervalo maior entre as duas doses. O estudo foi publicado no banco de dados de pré-impressões SSRN e submetido ao jornal médico The Lancet no domingo para revisão por pares. O estudo também mostra que o CoronaVac é eficaz contra o P1, uma variante mais contagiosa que surgiu no Amazonas em novembro. (Xihuanet, China) | bit.ly/32acxaF

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

PERU/ Uma disputa entre esquerda e direita: Pedro Castillo e Keiko Fujimori no segundo turno. O professor e líder sindical da esquerda tem dificuldade no segundo turno. O espectro de uma restauração Fujimori espreita duas décadas após a queda da ditadura. Mais uma vez, pela terceira eleição consecutiva, o Fujimorismo será, como um pesadelo que nunca. Castillo está ligado aos herdeiros políticos do grupo armado maoísta Sendero Luminoso, que travou uma guerra interna nas décadas de 1980 e 1990. Castillo rejeita esse relacionamento. (Página 12, Argentina) | bit.ly/32b9nUg

EQUADOR/Abre-se um período de aprofundamento do neoliberalismo. O banqueiro Lasso derrotou o correista Arauz. O candidato de direita obteve 52,51% dos votos contra 47,49% de seu rival progressista, resultado que as pesquisas não anteciparam. O percentual obtido por Lasso significou ter revertido uma distância de mais de 12 pontos que o separava de Arauz no primeiro turno. Os motivos desta virada podem ser explicados por vários motivos, como a aglutinação de um voto anticorreista num país marcado pela clivagem Correísmo / antiCorreísmo, a migração de eleitores de Yaku Pérez e Xavier Hervas - terceiro e quarto em a primeira vez - em favor de Lasso. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3mQkStP

CUBA/ Cuba, a um passo de conseguir a primeira vacina latino-americana contra a Covid-19. Duas vacinas, Soberana 02 e Abdala, estão em fase final de testes clínicos na ilha e devem ser usados antes do verão. Elas são as duas vacinas candidatas cubanas contra covid-19 que avançaram mais em seu desenvolvimento. Ambas estão na fase 3 de testes clínicos, a última antes de sua aprovação e se tudo correr - como esperam os cientistas cubanos - antes do final do verão, a ilha poderá ter sua própria vacina para imunizar toda a sua população, 11,2 milhões de habitantes. Se aprovadas pela Agência Nacional de Regulamentação de Cuba, o que parece muito provável, Soberana 02 e Abdala serão as primeiras vacinas anticovid concebidas e produzidas na América Latina nos próximos meses. (El País, Espanha) | bit.ly/2OKQowD

URUGUAI/ Uruguai descobre os limites de sua estratégia liberal contra o vírus. Em 2020, o Uruguai foi um exemplo global de gestão de pandemia. Mas o presidente Luis Lacalle Pou continua apostando na "liberdade responsável". Mas o Uruguai está atualmente, em números relativos, muito pior do que a Argentina, muito pior do que Chile, Equador, Peru, Paraguai e ainda pior do que o Brasil de Jair Bolsonaro, que vive seus momentos mais difíceis da crise. Com 837 casos por dia por milhão de habitantes, segundo dados do portal Nosso Mundo em Dados da semana passada, o Uruguai ultrapassou o Brasil no índice diário de infecções e está entre os países onde o vírus mais cresce em escala global. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3mGHb4M

EUA/ Nova morte de um negro por policial em Minnesota aumenta a raiva à medida que o julgamento de Chauvin se aproxima do fim. Muito antes de um policial suburbano levantar sua arma e atirar em Daunte Wright, de 20 anos, Minneapolis estava se preparando para uma primavera turbulenta. Mas o assassinato de Wright no domingo - baleado por um oficial veterano que, disse o chefe de polícia, aparentemente pretendia usar seu Taser - instantaneamente adicionou raiva e combustibilidade em uma região já à beira do julgamento de maior risco até hoje em meio a uma massa movimento contra o policiamento com preconceito racial. O julgamento chega à sua conclusão na segunda-feira, com argumentos finais no caso contra o ex-oficial de Minneapolis Derek Chauvin esperados na próxima semana, mesmo com as autoridades correndo para evitar uma segunda noite de agitação após a morte de Wright. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2OKQlkr

EUA/ Desafiando os republicanos, as grandes empresas mantêm o foco nos direitos de voto. Uma coalizão de escritórios de advocacia se juntou a líderes empresariais no desejo de usar sua influência para se opor a uma legislação estadual que tornaria mais difícil votar. Com os republicanos no Texas e em outros estados continuando a apresentar leis eleitorais restritivas, os chefes corporativos de todo o país intensificaram seus esforços nos últimos dias para se opor a essas leis e defender o direito de voto. “As corporações estão sempre reticentes em se envolver em combates partidários”, disse Richard A. Gephardt, um democrata e ex-líder da maioria na Câmara que está conversando com líderes corporativos sobre suas respostas. “Mas trata-se de saber se vamos proteger a democracia. Se você perde a democracia, você perde o capitalismo. ” (The New York Times, EUA) | nyti.ms/32aBsuK

GUERRA FRIA/ De Teerã a Tel Aviv, o malabarismo de Washington. Enquanto o Irã acusa Israel de atacar um de seus complexos nucleares, o secretário de Defesa dos EUA se reuniu com seu homólogo israelense. Ao pisar na pista do aeroporto de Tel Aviv no domingo, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, suspeitou que seu homólogo israelense, Benny Gantz, iria levantar a questão nuclear iraniana. Especialmente porque, no dia anterior, contra todas as expectativas, as negociações indiretas em andamento. Mas ele pode não ter pensado que seus anfitriões iriam realizar um ataque ao mesmo complexo, irritando o Irã. O porta-voz estrangeiro iraniano, Saeed Khatibzadeh, acusou indiretamente Israel de impedir as negociações em andamento em Viena. (l’Humanité, França) | bit.ly/3g67rob

PANDEMIA/ A pandemia de Covid ainda está crescendo exponencialmente, diz a OMS, enquanto relatava 4,4 milhões de casos na semana passada, a sétima semana consecutiva de aumento nos números. A Organização Mundial da Saúde diz que "confusão e complacência" prolongam a situação global. Os últimos números globais representam um aumento de 9% nas infecções na semana passada e um aumento de 5% nas mortes. A líder da equipe da OMS no Covid-19, Maria van Kerkhove, disse à imprensa que a pandemia ainda estava crescendo exponencialmente. “Esta não é a situação que desejamos estar em 16 meses de pandemia, quando tivermos medidas de controle comprovadas”, disse ela. “Estamos em um ponto crítico da pandemia agora.” (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/32dJpzn

JAPÃO/ Japão decide despejar água de Fukushima, mesmo com a possibilidade de séculos de danos ao oceano e vidas. A China poderia unir os países vizinhos para processar o Japão. O Japão anunciou na terça-feira que irá descarregar água radioativa do complexo nuclear atingido pelo desastre na província de Fukushima no oceano, descrevendo-a como a melhor opção, apesar das fortes objeções da comunidade internacional, e especialmente dos países vizinhos. As preocupações continuam altas entre os pescadores e consumidores japoneses, bem como entre países vizinhos, como Coréia do Sul e China. (Global Times, China) | bit.ly/3283G9x

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Fabio Biolchini, entrevista – Brasil/pandemia (Le Nouvel Observateur, França) | “No Brasil, não há mais ninguém que não tenha perdido alguém próximo ao Covid.” | bit.ly/3deWfUs

Mauro Menezes, entrevista – Brasil/Bolsonaro (RFI, França) | “Bolsonaro tem encontro marcado com a história e os tribunais, diz autor de pedidos de impeachment.” | bit.ly/3uNiQgw

Brenda Brito - Brasil/Amazônia (Americas Quaterly, EUA) | “A Amazônia brasileira está ameaçada por projetos de novas leis de uso da terra” | bit.ly/3mGHbSk

Marcos Teruggio – Peru (Página 12, Argentina) | “Chaves para entender a vitória de Guillermo Lasso” | bit.ly/3gcYCch

Juan Cuvi – Equador (La Diária, Uruguai) | “Como voltou a direita ao poder no Equador?” | bit.ly/3mGHcFS

Ishan Taroor – Equador/Peru (The Washington Post, EUA) | “Duas eleições andinas refletem uma era de descontentamento global” | wapo.st/3mKjFnr

Xavier Ragot, entrevista – EUA/Biden (Libération, França) | "O plano Biden, ‘muito keynesiano' é uma evolução política profunda" | bit.ly/3mG9DE7

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Os Estados Unidos precisam empoderar os trabalhadores novamente. Os sindicatos não estão obsoletos e precisamos recuperá-los.” | nyti.ms/32hbTbf

Corine Lesnes – EUA (Le Monde, França) | “Nos Estados Unidos de Biden, a Renda Universal Garantida está em ascensão” | bit.ly/3tgLtSX

Lanfranco Binni – EUA/política (Sinistra in Rete, Itália) | “O vírus atlântico” | bit.ly/3mG9Eb9

Emiliana G. Hidalgo – China/Argentina (Página 12, Argentina) | “A cooperação subnacional entre Argentina e China” | bit.ly/2OMyTMo

Conteúdo Relacionado