Clipping Internacional

Clipping Mundo - 13/10/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

13/10/2021 09:36

(Nelson Almeida/AFP/Getty Images)

Créditos da foto: (Nelson Almeida/AFP/Getty Images)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO/ ‘O planeta contra Bolsonaro’. Bolsonaro denunciado por crimes contra a humanidade. Batizada de "O planeta x Bolsonaro", a denúncia apresentada ao tribunal de Haia busca criar jurisprudência ao considerar que as ações do presidente brasileiro, e de sua gestão, não representam apenas um atentado contra a Amazônia, mas contra toda a humanidade, relataram responsáveis pela ONG. Jair Bolsonaro está sendo processado por seu papel no desmatamento da Amazônia e seus impactos. (Página 12, Argentina, L’Humanité, França; El Diário, Espanha) | bit.ly/3oW2aUn | bit.ly/3DzMUAM | bit.ly/3DDLmWk

MISSA EM APARECIDA/ Arcebispo brasileiro critica Bolsonaro em missa da padroeira: "Pátria amada não poder ser pátria armada". Dom Orlando Brandes usou o slogan preferido de Bolsonaro, "Pátria amada Brasil" para criticar o armamentismo do governante. O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, fez duras críticas ao presidente brasileiro Jair Bolsonaro durante a principal missa do dia em homenagem a Nossa Senhora Conceição Aparecida, padroeira do Brasil. "Para ser Pátria amada, não pode ser Pátria armada. Para ser Pátria amada, seja uma Pátria sem ódio. Para ser Pátria amada, tem de ser uma República sem mentiras, sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E Pátria amada com fraternidade. Todos, irmãos, construindo a grande Pátria brasileira". Declarou o Arcebispo de Aparecida, aludindo às acusações de corrupção contra Jair Bolsonaro e dois dos seus filhos e às denúncias, em investigação no Supremo Tribunal Federal, de que o clã presidencial comanda uma gigantesca máquina ilegal de disseminação de notícias falsas e de discurso de ódio. (Correio da Manhã, Portugal; La Jornada, México) | bit.ly/3DDmRbT | bit.ly/3DDmVbD

Bruno Meyerfeld, reportagem – Brasil/Índios (Le Monde, França) | “No Brasil, o mais próximo possível dos últimos povos ‘isolados’” | bit.ly/3ACMg3u

BOLSONARO/ Bolsonaro, do Brasil, diz que está "cheio" das perguntas sobre as mortes de Covid no Brasil. O comentário do presidente de extrema direita veio poucos dias depois que o Brasil ultrapassou 600.000 mortes por coronavírus, gerando indignação pública. Bolsonaro - um cético do COVID-19 que minimizou a gravidade do vírus - foi cercado por apoiadores na praia do Guarujá, no estado de São Paulo, na segunda-feira, quando um jornalista perguntou a ele sobre o número de mortos. (Al Jazeera, Catar) | bit.ly/3DxiZJs

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

BOLÍVIA/ Ato massivo pró Arce em defesa da bandeira indígena e na rejeição da greve. No ritmo do ‘wiphalazo’, o partido no poder copiou as principais cidades da Bolívia. O presidente Luis Arce, o principal protagonista do dia, alertou “o golpe e a direita assassina” que se não estiverem dispostos a respeitar a mensagem das urnas “o povo vai ser respeitado nas ruas”. O partido governista boliviano deu uma amostra de seu poder de mobilização com massivas concentrações nas principais cidades do país em defesa da wiphala e na rejeição à greve realizada pela oposição na segunda-feira. Arce crê que buscam criar condições para um golpe de Estado. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3azYcIU | bit.ly/2YM7Jde

EUA/ Câmara aprova projeto de aumento do teto da dívida dos EUA. A legislação aumenta o limite de empréstimos do governo para US $ 28,9 trilhões. A votação acirrada na Câmara passa inteiramente de acordo com as linhas partidárias. A Câmara dos Representantes dos EUA deu a aprovação final na terça-feira a um projeto de lei aprovado pelo Senado que eleva temporariamente o limite de endividamento do governo para US $ 28,9 trilhões, adiando o risco de inadimplência pelo menos até o início de dezembro. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3FSMEim

CHILE/ Sebastián Piñera envia as Forças Armadas para a “zona vermelha” do conflito Mapuche no Chile. O presidente chileno anuncia o estado de exceção "devido a grave alteração da ordem pública". É um dos principais problemas subjacentes ao Chile: o conflito de Araucanía, marcado décadas atrás pela luta do povo mapuche por suas terras ancestrais, mas que nos últimos anos aumentou os níveis de violência, em parte devido ao aparecimento de outros fenômenos, como furto de madeira de empresas florestais. (El País, Espanha) | bit.ly/3mK4j2S

CHILE – PANDORA PAPERS/"Pandora Papers": o presidente chileno ameaçado de impeachment. Atingido pelos "Pandora Papers", Sebastian Piñera é alvo de uma investigação da promotoria. A oposição quer lançar um julgamento contra o chefe de Estado seis semanas antes da eleição presidencial de 21 de novembro, da qual ele não participa. (Le Monde, França) | bit.ly/3avVCU8

UNIÃO EUROPEIA/ Apenas sete dos 19 países do euro retornarão este ano ao PIB pré-pandêmico. Espanha, Itália e Portugal serão os que mais demorarão a recuperar todo o terreno perdido em 2020, segundo o FMI. A recuperação global não está apenas ocorrendo em várias velocidades, com a China e os países ricos escapando do buraco em um ritmo muito mais ágil do que os emergentes e de baixa renda. Na zona do euro, a divergência também é a tendência geral: 12 dos 19 países que compartilham a moeda única terão que esperar até 2022 para retornar ao PIB que previam pouco antes do surto de pandemia controlar a economia global, segundo os números publicado nesta terça-feira pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). (El País, Espanha) | bit.ly/3ByrEe5

ESPANHA-EXTREMA DIREITA/ Partido Vox, de extrema direita, comemora Dia da Hispanidade com Portugal anexado. O partido nacionalista espanhol VOX divulgou uma carta alusiva ao Dia da Hispanidade, que comemora esta terça-feira, em que o território português faz parte da Espanha, tal como as ex-colônias portuguesas. “Lamento muito comemorar a Espanha e nada do que lamentar. Num dia, como vi, há 529 anos, Colombo descobriu a América e deu início à Hispanidade, uma grande obra de geminação realizada por um povo na história universal”, afirma o partido em Mensagens. A imagem utilizada é um mapa que atribui ao vermelho antigo possessões de coroa Espanhola em todo o mundo, incluindo Portugal, toda a América Latina, grande parte da América do Norte e as costas africanas do Atlântico e do Índico, incluindo ou que saiam de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, entre outros países. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3BCXrL3

FRANÇA-EXTREMA DIREITA/ Eric Zemmour, o radical anti-imigrante que poderia suplantar Marine Le Pen. Ele diz que o Islã não tem lugar na França. "O TRUMP FRANCÊS, é você!" um aliado parisiense do ex-presidente americano disse certa vez a Eric Zemmour. Ou assim afirma o franco polemista anti-imigrante em seu mais recente livro best-seller. Algumas semanas atrás, tal afirmação parecia egoísta e fantasiosa. Mas uma recente onda de pesquisas desse apologista de Vichy e personalidade da televisão pegou partidos políticos franceses estabelecidos de surpresa. Zemmour está buscando nada menos do que derrubar a política partidária nacionalista e flanquear Marine Le Pen, fazendo com que o líder da extrema direita pareça mole demais. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/3iYjgNw

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Nicolas Bourcier e Gaspard Estrada – Brasil/Lava Jato (Le Monde, França) | “Lava Jato, o ardil brasileiro” | bit.ly/3mRZYuu

Silvio Caccia Bava – Brasil (Le Monde Diplomatique, França) | “Estratégia de tensão no Brasil” | bit.ly/3BCXsP7

Emir Sader – Brasil (Página 12, Argentina) | “Brasil: o novo antipetismo” | bit.ly/3FTd9UX

Annie Linskey, Fenit Nirappil e Ian Duncan – EUA/guerra da vacina (The Washington Post, EUA) | “Proibição de obrigatoriedade de vacina no Texas aguça as linhas de batalha política” | wapo.st/30rSgQt

Laura Palermo e Federico Finchelstein – Pandemia/negacionismo (El Espectador, Colombia) | “Os antivacinas e sua "liberdade" de nos infectar. De todas as lições que a pandemia deixou, as metáforas da doença e da ignorância da ciência estão entre as mais preocupantes” | bit.ly/3lAnAV2

Andrea Mazzarino – EUA/Guerra Fria (The Nation, EUA) | “Como esposa de um militar, fui ameaçada, silenciada, monitorada e envergonhada pelas mesmas pessoas ao lado de meu marido.” | bit.ly/3FLx4or

Trabalhadores anônimos do Google e Amazon – Palestina/big techs (The Guardian, Inglaterra) | “Somos trabalhadores do Google e da Amazon. Condenamos o Projeto Nimbus. Não podemos apoiar a decisão de nosso empregador de fornecer aos militares israelenses e à tecnologia do governo que é usada para prejudicar os palestinos” | bit.ly/3FLxv1Y

Pedro Peretti – Pandora Papers/Argentina (Página 12, Argentina) | “’ Pandora Papers’, evasão e agro: pesando e medindo” | bit.ly/3BGy1vT

Joseph Stiglitz, entrevista – Imposto global (Esquerda.net, Portugal) | “Tributação das multinacionais: Plano do G20 e da OCDE é um ‘cheque branco’” | bit.ly/3FKTw1d



Conteúdo Relacionado