Clipping Internacional

Clipping Mundo - 25/11/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

25/11/2021 09:11

(Bruno Kelly/Reuters)

Créditos da foto: (Bruno Kelly/Reuters)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

AMAZÔNIA-MINERAÇÃO ILEGAL/ Ambientalistas pedem fim à corrida do ouro ao longo dos rios tributários do Amazonas. Centenas de dragas ilegais de mineração de ouro convergem em busca de metal, conforme um ativista diz "é como se estivéssemos vivendo em Mad Max".Ambientalistas estão exigindo ações urgentes para deter a corrida do ouro aquático ao longo de um dos maiores afluentes do rio Amazonas, onde centenas de dragas ilegais de mineração de ouro convergiram em busca do metal precioso. Acredita-se que cerca de 20.000 garimpeiros estejam operando dentro da reserva indígena Yanomami supostamente protegida em Roraima, um dos nove estados que compõem a Amazônia brasileira. O desmatamento também disparou sob o governo de Bolsonaro, que retirou as proteções ambientais e foi acusado de encorajar criminosos ambientais. A destruição da Amazônia atingiu seus níveis mais altos em 15 anos entre 2020 e 2021. (The Guardian, Inglaterra; La Jornada, México) | bit.ly/3119Hrj | bit.ly/3DRyHQl

BOLSONARO-PL/ Bolsonaro confirma que ingressará no Partido Liberal de direita. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro confirmou nesta quarta-feira que na próxima semana ingressará no Partido Liberal (PL), formação do espectro da direita que servirá de plataforma para tentar renovar seu mandato em 2022. Nos últimos três anos, Bolsonaro dedicou parte de seus esforços políticos à construção de seu próprio partido, denominado Aliança pelo Brasil, que definiu como a "primeira formação conservadora" do país, mas fracassou na tentativa de obter as 500 mil assinaturas necessárias ao seu registro na Justiça eleitoral. O PL está alinhado à direita, mas distante dos ultras que formam a base política de Bolsonaro, que até agora não encontrou um partido adequado para seus seguidores mais radicais. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3lawfNv

LULA/ Frase embaraçosa de Lula sobre o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega. O líder de esquerda, favorito às próximas eleições presidenciais no Brasil, gerou polêmica após uma entrevista ao "El País", em que defende o líder autoritário. Mas, para Luiz Inácio Lula da Silva, o retorno ao Brasil é muito mais complicado. O líder esquerdista, grande favorito nas próximas eleições presidenciais, está hoje no centro de uma polêmica constrangedora mesmo entre seus aliados próximos. O tema da disputa: a posição ambígua do ex-siderúrgico, para dizer o mínimo, sobre o regime autoritário de Daniel Ortega na Nicarágua. Visivelmente constrangido, o líder do Partido dos Trabalhadores (PT), de 76 anos, acaba admitindo que Daniel Ortega "está errado". Mas o dano está feito. E a pequena frase desencadeia instantaneamente a fúria da direita e a inquietação de parte da esquerda, pois o Brasil ainda vive sob a ameaça de um golpe do presidente Jair Bolsonaro. (Le Monde, França) | bit.ly/3xAfwIx

BOLSONARO-MEDALHA NO CONGRESSO/ Bolsonaro recebe medalha no Congresso sob aplausos, acusações e gritos de 'genocida' e 'mito'. O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, fé vaiado e acusado de genocídio esta quarta-feira na Câmara dos Deputados, em Brasília, ao receber uma condecoração do parlamento. Bolsonaro sofreu na tribuna para receber das mãos do aliado Arthur Lira, presidente da casa, na Medalha de Mérito Legislativo, destinada a galardoar pessoas que se destacam na defesa do parlamento e da democracia. Nesse instante, os deputados anti-governo iniciaram um coro de "genocida!", Em alusão às mais de 613 mil pessoas mortas no Brasil pela Covid-19 e ao negacionismo de Jair Bolsonaro, que boicotou várias medidas preventivas adotadas em estados e municípios e fez atrasar o início da vacinação contra o Coronavírus no país (Correio da Manhã, Portugal; El Diário, Espanha) | bit.ly/3CKSKOU | bit.ly/3CKSLSY

TOURO DOURADO/Brasileiros acham o touro da Bolsa de Valores insuportável e ele é removido. Muitos brasileiros ficaram ofendidos com a nova escultura de touro inspirada em Wall Street fora da bolsa de valores e não tiveram que esperar muito para que ela ‘quebrasse’: a estátua foi removida uma semana depois de instalada. A bolsa de valores de São Paulo esperava conceder ao decadente centro da cidade um marco chamativo. Mas seu brilho dourado foi compensado por tendas próximas para os sem-teto e a fila diária do lado de fora de um grande sindicato de pessoas em busca de emprego - qualquer emprego. (The Independent, Inglaterra) | bit.ly/3CKSMq0

PANDEMIA-CARNAVAL/ Mais de 70 cidades no Brasil cancelaram festas de carnaval com medo de um surto de coronavírus. Pertencem aos estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraíba. O Rio de Janeiro confirmou as comemorações e a cidade de São Paulo vai esperar até janeiro para tomar uma decisão. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/3DRXUKp

DEPUTADA BOLSONARISTA/ Dois filhos de uma ex-deputada brasileira acusados de planejar o assassinato de seu pai com ela, foram condenados. A ex-parlamentar Flordelis dos Santos de Souza está presa. A ex-deputada bolsonarista é acusada de ter sido a autora intelectual do assassinato do marido, vítima de 30 tiros na porta da casa onde ambos moravam. As investigações levaram a polícia a acusar Flordelis de o assassinato, devido a disputas financeiras, e sete dos 55 filhos do pastor, fundador da Comunidade Evangélica Ciudad del Fuego, participaram do planejamento. (El Mercurio, Chile) | bit.ly/3cMV3X7

HABITAÇÃO/ Relatório revela queda do fundo habitacional no Brasil. De acordo com o ICM em 2019, o déficit domiciliar no Brasil girava em torno de 6 milhões de reais. O Sindicato Internacional dos Trabalhadores na Construção e na Madeira (ICM) revelou nesta quarta-feira em relatório que durante o governo Jair Bolsonaro, o Brasil reduziu seu investimento para a construção de moradias em mais de 2.000 milhões de dólares. Vale lembrar que em 2019 o déficit habitacional do país latino-americano era de pouco menos de 6 milhões de moradias, cifra que representa cerca de 8% de todas as moradias do país. (Telesur, Venezuela) | bit.ly/3p2MVay

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ALEMANHA/ Partidos alemães concordam em acordo de coalizão para tornar Olaf Scholz chanceler. Os partidos social-democrata, verde e liberal concordam em formar governo após dois meses de negociações. o novo governo de coalizão se dirigiu ao público pela primeira vez, prometendo colocar a proteção climática no topo de sua agenda, mas enfatizando que sua primeira prioridade era controlar a pandemia do coronavírus. As políticas sociais incluem o aumento do salário mínimo para € 12, que Scholz disse que beneficiaria 10 milhões de alemães. Um ministério da habitação recém-fundado supervisionará a construção de 400.000 novas casas, um quarto das quais serão subsidiadas publicamente para enfrentar uma crescente crise habitacional por meio da criação de casas mais acessíveis, no que o acordo se refere como "a questão social de nossa época". (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3HWoLaK

EUA-RACISMO/3 homens brancos que mataram Ahmaud Arbery, negro, são considerados culpados de assassinato. Réus enfrentam sentenças de prisão perpétua. Três homens brancos foram considerados culpados pela perseguição e tiro fatal no ano passado contra o Sr. Arbery, um homem negro de 25 anos. O veredicto sugeriu que o júri concordou com os argumentos da acusação de que o Sr. Arbery não representava uma ameaça iminente aos homens. Os homens também foram indiciados por acusações federais distintas, incluindo crimes de ódio e tentativa de sequestro, e devem ser julgados em fevereiro por essas acusações. O veredicto sugeriu que o júri concordou com os argumentos dos promotores de que o Sr. Arbery não representava uma ameaça iminente para os homens e que os homens não tinham motivos para acreditar que ele havia cometido um crime, não dando a eles o direito legal de persegui-lo em seu bairro suburbano. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/32nBwdS

COLÔMBIA/Iván Duque, Juan Manuel Santos e "Timochenko" celebraram os cinco anos do acordo de paz. O Secretário-Geral da ONU, Antonio Guterres, esteve presente e expressou sua preocupação com os assassinatos de ex-combatentes e líderes sociais Antonio Guterres e aponta para os "inimigos da paz". Cinco anos após os históricos Acordos de Paz na Colômbia, os signatários coincidiram pela primeira vez no mesmo palco em um ato carregado de simbolismo e que foi realizado na sede do Jurisdição Especial de Paz (JEP), tribunal a cargo do juiz os crimes do conflito armado. Os dois signatários do pacto de paz, o ex-presidente Juan Manuel Santos e o ex-chefe insurgente Rodrigo Londoño participaram junto com o secretário da ONU, Antonio Guterres, o presidente Iván Duque e representantes das vítimas. (Página 12, Argentina; La Presse, Canadá) | bit.ly/3r60yIL | bit.ly/3cLBs9E

CHILE-AUSTRÁLIA/ Chilenos na Austrália satisfeitos com a decisão de extradição de Adriana Rivas: “Esperamos muito tempo por esta notícia”. A ex-agente da DINA ainda pode apelar para o Supremo Tribunal da Austrália, para o qual deve cumprir algumas condições. Esta reação, que foi acompanhada pela presença de um grupo de ativistas chilenos que levaram as fotos das vítimas, aplausos e vivas ao Chile, ocorreu após a sessão plenária do Tribunal Federal da Austrália rejeitar o recurso apresentado pela defesa de Rivas e determinou que ele era extraditável pelas sete acusações de sequestro qualificado para o qual é requerido no Chile. Adriana Navarro fazia parte da brigada de extermínio Lautaro da Direção Nacional de Inteligência (DINA), onde se tornou secretária de Manuel Contreras, chefe desta unidade. (El Mercurio, Chile) | bit.ly/3xqc4QC

GUATEMALA/ Presos dois críticos do governo do presidente guatemalteco Giammattei. Dois críticos do governo do presidente guatemalteco Alejandro Giammattei foram detidos pela promotoria na quarta-feira e acusados %u20B%u20Bde participar de um protesto no qual um grupo de pessoas incendiou um gabinete do Congresso e, posteriormente, um juiz decidiu que eles deveriam permanecer em prisão domiciliar. Os dois críticos, Juan Francisco Monroy Gómez e Nancy Paola Chiriz Sinto, participaram dos protestos de novembro de 2020, quando milhares de guatemaltecos mostraram sua insatisfação com o governo Giammattei. (La Jornada, México) | bit.ly/32nByCw

GUERRA FRIA/ China acusa os EUA de "erro" após Biden convidar Taiwan para a cúpula da democracia. Pequim exorta Washington a seguir o princípio de "uma China" em meio a tensões crescentes sobre Taiwan. O governo da China acusou Joe Biden de "um erro" ao convidar Taiwan para participar de uma cúpula pela democracia ao lado de 109 outros governos democráticos. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3p2jllx

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Os EUA e a supremacia branca: recentes decisões judiciais

Kathleen Belew, entrevistaEUA/supremacia branca ( The Guardian, Inglaterra) | “Uma historiadora do poder branco reage ao veredicto de Rittenhouse: ‘uma bonança para a extrema direita’. Sinaliza uma aprovação para o crescente vigilantismo militante contra manifestantes por justiça racial " | bit.ly/3oWH1YJ

Akin Olla - EUA/supremacia branca ( The Guardian, Inglaterra) | “Este é um tipo de justiça. Mas, que não se esqueça que os assassinos de Ahmaud Arbery quase escaparam” | bit.ly/3nQmgyD

Cas Mudde - EUA/supremacia branca ( The Guardian, Inglaterra) | Kyle Rittenhouse saiu livre. Agora é temporada de caça aos manifestantes” | bit.ly/3raMYE6

Danté Steward – EUA/supremacia branca (The New York Times, EUA) | “Eu estava com a família. De repente, um homem branco apareceu com uma arma.” | nyti.ms/3r9qGT6

Nicole Lewis, entrevista - EUA/supremacia branca (Democracy Now, EUA) | “Você pode levar à falência a supremacia branca? O júri considera os organizadores de Charlottesville responsáveis %u20B%u20Bpor US $ 26 milhões em danos” | bit.ly/3FNOD6u

Erwin Chemerinsky – EUA/supremacia branca (Los Angeles Times, EUA) | “Justiça é feita por Ahmaud Arbery, mas um legado de injustiça racial não pode ser respondido em um veredicto” | lat.ms/3HMj6nv

Jelani Cobb – EUA/Supremacia branca (The New Yorker, EUA) | “Justiça para Ahmaud Arbery. Se não fosse por um vídeo gráfico e intensa pressão de ativistas, os assassinos de um homem negro desarmado na Geórgia poderiam ter sido absolvidos.” | bit.ly/3HWoPr0

Erwin Chemerinsky – EUA/supremacia branca (Los Angeles Times, EUA) | “Justiça é feita por Ahmaud Arbery, mas um legado de injustiça racial não pode ser respondido em um veredicto” | lat.ms/3HMj6nv

Outros assuntos

Yannis Varoufakis – Capitalismo Ocidental/crise (Project Syndicate, EUA) | “A crise desperdiçada do Ocidente” | bit.ly/3FK557U

Antoine Reverchon, resenha – Capitalismo/Keynes (Le Monde, França) | "’Keynes tinha mostrado: o capitalismo não é capaz de permitir que todos trabalhem para o seu próprio bem-estar ou o da comunidade’. O economista americano Stephen Marglin publica uma obra que relembra o radicalismo esquecido do grande economista britânico | bit.ly/3HUWMrV

Cesar Verduta VélezPolítica Internacional (Tiempo Argentino, Argentina) | “Luzes na escuridão” | bit.ly/32nBAKE

Marcos Roitman Rosenmann – Europa/Extrema direita (El Clarín, Chile) | “A direita europeia e o ‘fascismo libertário’" | bit.ly/3oTKhEa

Atilio Borón – EUA/imperialismo (Jacobinlat, América Latina) | “Trump e o declínio dos EUA. A transição hegemônica global já foi consumada, por mais que a liderança dos EUA relute em admitir essas mudanças.” | bit.ly/3CKSTBW

Robert Reich – EUA/Concentração do poder (Common Dreams, EUA) | “Instituições irresponsáveis estão arruinando a democracia - e sua vida” | bit.ly/30Y7lcZ

Brian Winter – Brasil/Bolsonaro (Maericas Quaterly, EUA) | “A credibilidade de Bolsonaro sobre a Amazônia se foi” | bit.ly/313BaZu

Ariel Dorfman – Chile/eleições (Counterpunch, EUA) | “As eleições chilenas, 50 anos depois de ‘Como ler o Pato Donald’.” | bit.ly/3cK7L96

Conteúdo Relacionado