Clipping Internacional

Clipping Mundo - 30/03/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

30/03/2021 09:18

Bolsonaro fez a maior mudança em seu gabinete desde que assumiu o poder, em 2019 (AFP)

Créditos da foto: Bolsonaro fez a maior mudança em seu gabinete desde que assumiu o poder, em 2019 (AFP)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

GOVERNO BOLSONARO/Encurralado, Jair Bolsonaro mudou seis ministros. A reforma ministerial ocorre quando o presidente se vê encurralado pela pandemia que custou a vida a pouco menos de 314.000 pessoas e infectou 12,5 milhões. Além de enfrentar o isolamento internacional por ter se tornado um chefe de Estado que ameaça a segurança global da saúde ao ser assediado por um Luiz Inácio Lula da Silva que se dispôs a disputar as eleições de outubro do ano que vem com chances de vitória. Ante a saída do Ministro da Defesa, a liderança das Forças Armadas analisa a renúncia dos três comandantes. Será necessário esperar alguns dias para preparar uma leitura sobre a nova realidade e delinear o que está por vir. (Página 12, Argentina; El Diário, Espanha; El País, Espanha; Público, Portugal; Diário de Notícias, Portugal; Tribune de Genève, Suíça; El Espectador, Colômbia; El Clarín, Argentina; The Independent, Inglaterra; El Periodico, Espanha; The Wall Street Journal, EUA; Financial Times, Inglaterra; Les Echos, França; Le Monde, França; La Presse, Canadá; Le Parisien, França; Global Times, China; Deutsche Welle, Alemanha; Al Jazeera, Catar; The Jerusalem Post, Israel ) | bit.ly/2QQRmYR | bit.ly/31zEbO5 | bit.ly/3sCO1KP | bit.ly/31ziFZE | bit.ly/2PHBg2Y | bit.ly/3sAVtWJ | bit.ly/3sCxQxh | bit.ly/2PHX5zH | bit.ly/3szQgyI | bit.ly/31yxdbW | on.wsj.com/3fswfpY | on.ft.com/3wetVbW | bit.ly/3m5uYGP | olsonaro-fache-les-hauts-grades-de-l-armee_6074969_3210.html | bit.ly/3rDtbcW | bit.ly/3rAPe3Z | bit.ly/31zjrG2 | bit.ly/31xfF00 | bit.ly/3dnRCWZ | bit.ly/3dyBO3N | bit.ly/3sFSJri

GOVERNO BOLSONARO/ Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, renuncia. “Ele deixa o Itamaraty em ruínas” diz um jornalista. A renúncia de Ernesto Araújo encerra o capítulo mais calamitoso da história da diplomacia do país, afirmam os críticos. O ultraconservador ministro das Relações Exteriores de Jair Bolsonaro renunciou após uma rebelião de diplomatas e legisladores que o acusaram de demolir a reputação internacional do Brasil e colocar vidas brasileiras em risco ao vandalizar as relações com a China e os EUA durante a pandemia do coronavírus. “Uma coisa é certa, ele é o pior chanceler que o Brasil já teve”, disse Celso Amorim, que ocupou o cargo entre 2003 e 2011. E um jornalista diz: “Ele deixa o Itamaraty em ruínas”. (The Guardian, Inglaterra; El Diário, Espanha; Público, Portugal; Diário de Notícias, Portugal; The Washington Post, EUA; La Vanguardia, Espanha; El Clarín, Argentina; Xihuanet, China; el Mercurio, Chile; Tiempo Argentino, Argentina) | bit.ly/3sBH2C1 | bit.ly/39ti5B3 | bit.ly/3uajqEH | bit.ly/3dh04XX | bit.ly/3mcu23q | wapo.st/3m5pWKi | bit.ly/3wdk1Y3 | bit.ly/3czSJ6F | bit.ly/3rBW9tE | bit.ly/3sCO5dt | bit.ly/3wb9g8P

GOVERNO BOLSONARO/ Outro ministro abandona o navio de Jair Bolsonaro. A demissão surpresa do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. Bolsonaro irritou os altos oficiais do Exército. Ele é o terceiro ministro a renunciar em seis dias. Na manhã desta segunda-feira, o chanceler Ernesto Araújo deixou o governo. O general Azevedo e Silva fazia parte do gabinete desde a chegada de Bolsonaro ao poder e era um dos oito ministros (de um total de 22) com patente militar. O ministro da Defesa do Brasil, o general da reserva Fernando Azevedo e Silva, anunciou inesperadamente sua saída do governo na segunda-feira, horas depois que o chanceler Ernesto Araújo informou ao presidente Jair Bolsonaro sua decisão de renunciar. Somada à do general Eduardo Pazuello à frente do Ministério da Saúde há duas semanas, esta é a terceira vítima de um membro-chave do governo de extrema direita na fase mais aguda da pandemia do coronavírus. (Página 12, Argentina; ; Le Monde, França; El Diario, Espanha; Diário de Notícias, Portugal; La Diária, Uruguai; El Mundo, Espanha; Jornal de Notícias, Portugal; Xihuanet, China; El Mercurio, Chile; La Jornada, México) | bit.ly/3sBH9NX | bit.ly/3rvLmkZ | bit.ly/39rRy7r | bit.ly/3cA8MRL | bit.ly/3cze4Nu | bit.ly/3cB67aB | bit.ly/3m5vuof | bit.ly/3sD0Kgy | bit.ly/3m47ba4 | bit.ly/3wbcOYy

GOVERNO BOLSONARO/ Um diplomata de carreira com perfil moderado assume o Itamaraty. O diplomata de carreira Carlos Alberto Franco França, com perfil moderado em suas três décadas no Itamaraty, assumirá o Itamaraty para substituir o polêmico Ernesto Araújo, segundo indicação oficializada nesta segunda-feira. Considerado mais pragmático que Araújo e distante da influência do filósofo norte-americano Olavo de Carvalho, padrinho de seu antecessor e que é considerado uma espécie de "guru" de Bolsonaro, Franco França assume em um momento em que as Relações Exteriores e a imagem do Brasil estão deteriorados. (El Diário, Espanha) | bit.ly/31twtVC

COLAPSO NA SAÚDE/A Covid-19 põe por terra a capital econômica do Brasil. Nesta cidade brasileira, as enfermarias dos hospitais de terapia intensiva estão mais uma vez lotadas de pacientes cada vez mais jovens. O número de mortes semanais relacionadas ao coronavírus dobrou em um mês. Em dois meses, as hospitalizações explodiram. “Os recém-chegados estão ficando mais jovens, mais saudáveis, sem comorbidades. A condição deles se deteriora muito rapidamente ", disse Jair Francisco, 45, enfermeiro-chefe de uma das unidades de terapia intensiva. Como prova: um painel afixado na parede de entrada de uma sala, onde são registradas as idades dos pacientes. Nenhum tem mais de 60 anos. (Le Monde, França; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3tYAf5E | bit.ly/3wa2251

DORIA/ Dória admite que a vacina não era tão "100% nacional" como afirmava. O governador do estado de São Paulo, João Doria, admitiu nesta segunda-feira que a vacina anticovid "100% nacional" que seria produzida por um instituto paulista será desenvolvida a partir das investigações de um hospital norte-americano. Em anúncio que atraiu grande atenção da mídia, Doria anunciou na última sexta-feira que o Instituto Butantan estava solicitando autorização para fabricar uma vacina, a primeira brasileira, batizada de ButanVac, a partir de maio próximo. “É um anúncio histórico para o mundo”, bravateou na ocasião. (El Diario, Espanha) | bit.ly/31tQifD

VACINA/Vacina Coronavac chinesa tem demonstrado eficácia contra a variante brasileira do Covid-19. O diretor da Sinova Biothech afirmou que a CoronaVac tem até agora dado mostras de ser eficaz contra variantes encontradas em 10 países. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3cA8Hxr

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

CUBA/ Cuba testa a vacina Abdala em 124 mil funcionários de saúde. Eles receberam o segundo antígeno experimental contra Covid-19 que a ilha testa em grupos de risco. “O estudo de intervenção controlada com a vacina Abdala foi aprovado pela agência reguladora cubana (Cecmed) e hoje, segunda-feira, iniciamos a vacinação”, disse o diretor de Ciência e Inovação do grupo BioCubaFarma. As autoridades de saúde iniciaram dois grandes estudos na semana passada com outra vacina experimental, a Sovereign 2, também na terceira e última fase dos testes clínicos e a mais avançada da ilha. (La Jornada, México) | bit.ly/3sBCQSM

PANDEMIA GLOBAL/Tratado global necessário para proteger as nações de pandemias: Ninguém está a salvo até que todos estejam . O mundo precisa de um tratado global para pandemias para proteger os estados após a Covid-19, semelhante ao acordo firmado após a segunda guerra mundial.. Carta conjunta assinada por Boris Johnson, Emmanuel Macron, Angela Merkel e outros avisa ‘ninguém está seguro até que todos estejam seguros’. A chamada vem de 24 líderes mundiais, ao lado do chefe da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Eles alertam que uma futura pandemia global é inevitável e que Covid serviu como “um lembrete forte e doloroso de que ninguém está seguro até que todos estejam seguros”. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3cwhgcK

EUA/ Biden impõe procura impor a máscara e o diretor do CDC adverte sobre 'perigo iminente'. O governo está acelerando o ritmo das vacinações e ampliando o acesso às vacinas, mas continua na corrida contra um vírus em ascensão. O presidente Biden, que enfrenta um aumento nos casos de coronavírus em todo o país, pediu na segunda-feira aos governadores e prefeitos que restabelecessem os mandatos das máscaras enquanto o diretor dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças alertou sobre a "desgraça iminente" de uma potencial quarta onda da pandemia. A diretora, Dra. Rochelle Walensky, parecia lutar contra as lágrimas enquanto implorava aos americanos para "esperarem um pouco mais" e continuarem seguindo os conselhos de saúde pública. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2PEm3zY

EUA/Violência policial contra uma criança de 5 anos. Outro caso de violência policial nos Estados Unidos contra um menor: desta vez, um menino afro-americano de cinco anos. Um vídeo foi publicado na última sexta-feira, onde policiais de Montgomery, Alabama, são vistos algemando e gritando com o menino por fugir da escola. Isso aconteceu em 14 de janeiro de 2020, e as imagens foram divulgadas porque a mãe do menino finalmente decidiu entrar com um processo no Condado de Montgomery, os dois policiais que participaram do incidente e o conselho de educação do condado. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/3szGRHe

MÉXICO/ Em caso semelhante ao de George Floyd, uma mulher morre depois que a polícia mexicana a prendia. De cara para baixo e com as mãos atrás do corpo, uma mulher grita. Ela está cercada por quatro policiais. Um a imobiliza no chão, ajoelhando-se de costas. Momentos depois, ela jaz algemada e silenciosa, descalça e imóvel, enquanto os espectadores registram o incidente, que se desenrolou no sábado na cidade balnear mexicana de Tulum. No domingo, a polícia confirmou que a mulher havia morrido e abriu uma investigação de homicídio. No final do dia, os quatro policiais foram presos. Os promotores disseram que estavam sendo acusados de feminicídio. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/3fruhX2

EQUADOR/Faltam duas semanas para as eleições, Andrés Arauz lidera. Faltam agora menos de duas semanas para as eleições em 11 de abril, linha final onde, como se sabe, podem ser definidas percentagens eleitorais decisivas, nomeadamente num concurso em que o voto nulo ronda os 25%. Arauz, que lidera as pesquisas, enfrenta Guillermo Lasso, o candidato banqueiro, que lança uma operação de mídia no que tem como orientador Jaime Durán Barba, o mesmo de Maurício Macri em sua derrota para Alberto Fernández. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2PJLLTn

MIANMAR/Protestos em Mianmar: número de mortos passa de 500. Ativistas em Yangon lançaram uma "greve do lixo" enquanto grupos rebeldes armados exigiam que os militares parassem o derramamento de sangue ou enfrentariam retaliação. (Deutsche Welle, Alemanha) | bit.ly/3sDo79P

HONG KONG/ China promulga lei eleitoral que reserva o poder político em Hong Kong para "patriotas". A reforma dá a Pequim controle absoluto sobre o território e deixa a oposição sem opções nas urnas. A reforma drástica do sistema de votação faz parte de uma série de iniciativas do governo central chinês para exercer um controle uniforme sobre o território autônomo e bloqueia os caminhos para que a oposição democrática alcance a maioria no Parlamento ou no governo. (El País, Espanha) | bit.ly/3czSDMl

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Adeus ao Ministro das Aberrações Exteriores” | bit.ly/3sAVWYZ

Victor Marie, reportagem – Brasil (Libération, França) | “Bolsonaro faz seus ministros valsarem, mas sem moderar sua linha” | bit.ly/3rBYyEX

Emir Sader – Brasil (Página 12, Argentina) | “A profunda crise do Brasil” | bit.ly/3u79ufn

Juan Arias – Brasil (El País, Espanha) | “O Estado e os poderes constituídos começam a abandonar Bolsonaro?” | bit.ly/2PEm5b4

Bernie Sanders – EUA/Desigualdade (The Guardian, Inglaterra) | “O fosso entre ricos e pobres na América é obsceno. Então, vamos resolve-lo – eis como.” | bit.ly/3fx9ukV

Natalie Grover, reportagem - Pandemia (The Guardian, Inglaterra) | “Novas vacinas Covid necessárias globalmente dentro de um ano, dizem os cientistas” | bit.ly/31xfFgw

Thorsten Bell - Desigualdade (The Guardian, Inglaterra) | “Crise, que crise? Patrões prosperam no confinamento enquanto seus trabalhadores sofrem” | bit.ly/3rxDfnP

Carlos Alberto Rozanski – Argentina (Página 12, Argentinas) | “’Lawfare’, o dia depois” | bit.ly/2PEm5rA

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Por que os republicanos não podem ser populistas? O ‘establishment’ foi derrotado, mas suas regras econômicas permanecem.” | nyti.ms/39rkoEF

Dean Baker – Vacina/ Patentes (Jacobin, EUA) | “As patentes de medicamentos e as grandes empresas farmacêuticas estão retardando o lançamento de vacinas e muito mais” | bit.ly/2O6pIWN

Helen Yaffe – Cuba (Counterpunch, EUA) | “’Cuba libre’ será ‘Covid libre’: cinco vacinas e contando....” | bit.ly/3sNHsW9



Conteúdo Relacionado