Histórias do Futuro

200 anos de Marx assinalados em conferência em Lisboa

Nos dias 24 e 25 de março, o Bloco de Esquerda promove uma conferência internacional dedicada ao bicentenário do nascimento de Karl Marx no auditório da Faculdade de Medicina Dentária

23/03/2018 18:54

Divulgação

Créditos da foto: Divulgação

 
2018 é o ano das comemorações do bicentenário do nascimento de Karl Marx, figura central do pensamento político, económico e filosófico da história da humanidade e inspirador da luta socialista dos últimos 150 anos.

Para assinalar a efeméride, o Bloco de Esquerda convidou economistas, filósofos, historiadores e cientistas políticos oriundos de Espanha, Reino Unido, Canadá, França, Líbano, India e EUA, para um fim de semana com várias sessões de debate.

A conferência de 24 e 25 de março terá sessão de abertura no sábado, a cargo da eurodeputada Marisa Matias. Entre as personalidades convidadas está a filósofa Isabelle Garo, co-diretora da revista Contre Temps, investigadora das obras de Marx e Engels e da atualidade das suas análises no quadro da crise do capitalismo contemporâneo. Isabelle Garo irá participar numa sessão dedicada à filosofia da emancipação, juntamente com a ativista feminista Andrea Peniche.

Para debater a cultura do capitalismo tardio, o deputado bloquista Jorge Costa partilha a mesa da sessão com o escritor e ativista canadiano Max Haiven, que se tem dedicado ao estudo dos mecanismos de financiarização da sociedade.

Noutra sessão, sobre o pensamento e estratégia emancipatória de Marx, o líder parlamentar bloquista Pedro Filipe Soares estará ao lado do deputado do Podemos e cientista político Manolo Monereo.

Ainda no sábado, Mariana Mortágua vai debater as crises e ciclos no capitalismo com Deepankar Basu, economista da universidade de Massachussets com vários trabalhos no âmbito da economia marxista e também na economia política da India.

No domingo, os trabalhos serão abertos pelo historiador Fernando Rosas e na sessão acerca de Marx e o imperialismo, o dirigente bloquista Luís Fazenda irá discutir com o cientista político libanês Gilbert Achcar, professor no SOAS (Univ. Londres) e autor de vários livros sobre o Médio Oriente.

Noutra sessão sobre Marx e luta de classes, o sociólogo portuense João Teixeira Lopes terá a companhia de outro sociólogo, Andrew Miles, da Universidade de Manchester.

José Soeiro e Olivier Neveux, historiador e investigador na área da estética do teatro, autor do livro “Politiques du Spectateur” irão falar sobre a relação de Marx com a arte, enquanto Francisco Louçã e Michael Ash, a dupla de economistas autores do livro “Sombras - A desordem financeira na era da globalização”, vão desenvolver nesta conferência o tema da sua investigação.

A sessão de encerramento da conferência irá contar uma uma intervenção de Catarina Martins. A conferência irá realizar-se no Auditório da Faculdade de Medicina Dentária, na Cidade Universitária de Lisboa.



A entrada é livre. Inscrições aqui.



200 anos, Karl Marx
Revolução em pensamento e ação
 
Sábado

11h00-11h15 - Abertura: Marisa Matias
11h30-12h45 - Jorge Costa/Max Haiven (sociólogo): A justificação marxista ou a vingança de Marx?
14h30-15h45 - Andrea Peniche/Isabelle Garo (filósofa): O que fazer com Marx, 200 anos depois?
16h00-17h15 - Pedro Filipe Soares/Manolo Monereo (cientista político): Pensamento e estratégia emancipatória
17h30-18h45 - Mariana Mortágua/Deepankar Basu (economista): Marx e as crises do Capitalismo
19h00 19h30 - Concerto "Uma Vontade de Música"
 
Domingo
10h00-10h15 - Abertura: Fernando Rosas
10h30-11h45 - Luís Fazenda/Gilbert Achcar (cientista político): Marx e a análise do mundo árabe contemporâneo
12h00-13h15 - João Teixeira Lopes/Andrew Miles (sociólogo): Classe Social e a desigualdade no séc. XXI na Grã-Bretanha: a relevância de Karl Marx hoje
14h30-15h45 - Francisco Louçã /Michael Ash (economista): Sombras em tempos de crise
16h00-17h15 - José Soeiro/Olivier Neveux: Arte e Marxismo: algumas conquistas
17h30 - Encerramento: Catarina Martins



Conteúdo Relacionado