Arte/Humor

'Diario del Buelso', 7 de junho de 2019

 

07/06/2019 13:27

 

 
Boenos días, Diarito.

Estou aqui no avião, voltando da Argentina. Eu gosto muito de escrever no avião. Geralmente eu sou meio lento para isso, mas aqui eu escrevo a jato, kkkkk!

Olha, foi uma viagem muito boa. Comi um churrascão lá.

Mas o melhor mesmo foi a live ao vivo que eu fiz. Estou ficando bom nesse negócio. Depois da presidência, acho que eu posso até pegar o lugar da Luciana Gimenez.



Bom, primeiro eu falei de futebol, depois da cadeirinha, porque isso é muito importante, aí a Teresa Cristina falou de cachaça, depois fiz piada sobre o número 69, hehe, e voltei a falar sobre a carteira de motorista. Pô, isso é que é importante. Depois eu comentei de novo sobre Angra, porque eu quero transformar aquela reserva ecológica num local de turismo (é melhor pescar peixe ou dólar?), e aí falei mais uma vez nos pontos na carteira de motorista, porque isso que é importante.



Diarito, confesso que me atrapalhei um pouco no discurso. Eu disse “conclomo”, depois “canclomo”, mas no final acertei e falei “conclamo”. Se me dá um pouco de tempo, eu acerto, pô.

Também disse para votarem no Macri. Mas discretamente, porque eu não dou muito Ibope por lá (será que em argentino se fala Ibuepe?) e eu não quero atrapalhar, talkei?

Eu até fiquei com vontade de elogiar a ditadura deles, porque na Argentina não foi ditamole que nem no Brasil. Mas o pessoal de lá reprime muito essas coisas. Se eu elogio os Ustras deles, vou levar pancada até não querer mais. Censura é fogo!



Ah, os izquierdos fizeram uma passeata contra mim. Mas nem liguei. E uma coisa eu até achei bacana: o cartaz. É que o Trump está segurando eu e o Macri pela cabeça. Poxa, que honra. Estou até levando um pra casa.

O problema lá na Argentina é que o Macri provocou o maior desemprego e uma baita inflação. Mas ele está fazendo que nem a gente: pondo a culpa em quem veio antes. Eu boto a culpa no Lula. Ele põe a culpa na Kirchner.



É que nem a gente dizia nos tempos de crianças: “Quem peidei? Não sei quem fui?” Kkkkkkk!

@diariodobolso

Conteúdo Relacionado