Arte/Humor

Diário do Bolso, 20 de maio de 2020

 

20/05/2020 14:07

 

 
Diário, sorria, porque é dia dos Kkks do Jair!

1-) Olha, acho que me saí até melhor que a Regina no vídeo que eu postei agorinha. Se tivesse Oscar pra “melhor atuação de político no Twitter”, eu levava fácil. A Regina disse que estava ganhando um presente de mim. Mas desde quando pé na bunda é presente? Eu só não mandei ela embora de vez pra não pegar mal. Preferi dizer que era um prêmio, porque era um emprego perto do apartamento dela. Só trouxa vai acreditar, kkk!

2-) Pro lugar da Regina vou chamar o Mário Frias, que passou os últimas dias se oferecendo pela internet, mesmo quando ela ainda estava no cargo. Como o cara trabalhou na Malhação, pelo menos já tem prática em ser malhado, kkk!

3-) Ontem fiz uma piada ótima numa entrevista aí. Falei que quem era de direita ia tomar Cloroquina e quem era de esquerda ia tomar... tubaína. Kkk! Ainda fiz uma pausinha pra ficar claro o que eu ia dizer. E isso no dia em que a gente bateu mais de mil mortes. Tem que manter o bom astral, kkk!

4-) Finalmente mudei o protocolo da saúde. Agora, espirrou, tacamos cloroquina no sujeito! É a nova vitamina C. C de cloroquina, kkk! Vai morrer mais gente? Parece que vai. Mas todo mundo que ficar curado, eu posso dizer que foi por minha causa, kkk!

5-) Botei uma carrada de militares no Ministério da Saúde. O pessoal lá vai deixar de usar branco para usar verde. A desculpa é que eles entendem de logística. Mas qualquer funcionário do Magazine Luiza entende mais que eles disso daí, talkei? O motivo real é que esse é um governo militar, então vou empregar todo mundo, kkk!

6-) Olha, botei militares na Saúde, mas deixei os cargos que tratam de mais dinheiro reservados pro Centrão. Sou bonzinho ou não sou?, kkk!

7-) Diário, já estamos quase passando a Rússia no número de casos. Meu sonho sempre foi ficar ao lado dos Estados Unidos. Parece que eu vou conseguir, kkk!

Agora chega que eu tenho que botar meu manto e meu capuz. É que vamos fazer uma missa negra para comemorar os mil mortos. Meus filhos, o Terra, o Ernesto, o Weintraub, a Damares e o pessoal mais íntimo vêm aqui. Vamos beber sangue e comer carne humana com molho de cloroquina. Hum..., é de dar água na boca!

@diariodobolso



Conteúdo Relacionado