Arte/Humor

Diário do Bolso, 22 de maio de 2021

 

22/05/2021 14:20

(Isac Nóbrega/PR)

Créditos da foto: (Isac Nóbrega/PR)

 

Ontem foi mais um dia %$#&@, Diário!

Era pra ter sido ótimo, porque não teve CPI da Covid e eu viajei pro Maranhão, só pra provocar o Flávio Dino (antes já tinha ido até Alagoas, só pra cutucar o Renan Calheiros, porque minha diversão agora é aglomerar nos estados dos inimigos, pra aumentar a covid por lá).

No Maranhão xinguei o Flávio Dino de “gordinho ditador” e disse que ele era que nem aquele cara da Coreia do Sul (depois me avisaram que ele é da Coreia do Norte, mas tanto faz, que japonês é tudo igual).

Só que o Dino respondeu assim: "Bolsonaro anda preocupado com o meu peso, algo bem estranho e dispensável. Tenho ótima saúde física e mental. E estou ocupado com vacinas, pessoas doentes, medidas sociais, coisas sérias. Trabalho muito. Não tenho tempo para molecagens, cercadinhos e passeios com dinheiro público".

Bah! O que mais me irrita é quando eu xingo alguém e o cara responde sério, porque aí parece que eu sou bobo, pô!

Pra piorar, ao maranhudos me deram uma multa lá por não usar máscara e causar aglomeração. Multa ni mim? Que ousadia!



Também ameacei dois senadores da CPI que são lá do Amazonas. Eu disse assim: “Senador Aziz, você que fala tanto na CPI, senador Eduardo Braga, imagine o Estado ou Manaus sem a Zona Franca de Manaus.”

O Aziz respondeu dizendo que eu não posso “ameaçar algo que é garantido por lei”. Olha, Diário, se tem uma coisa que eu odeio é lei. Bah!

Outra coisa ruim: Saiu mais uma pesquisa. A surra que eu levo do Lula só aumenta. Agora deu 43% a 24%. O Nove Dedos levaria já no primeiro turno. Bah!

Não é à toa que o FHC aceitou almoçar com o Lula. O FHC é espertalhão, nunca embarca em canoa furada. Mas se o negócio é ter ex-presidente apoiando, eu também tenho meu: o Collor. Almas gêmeas, pô!

Eu xinguei o Lula e o FHC de “o ladrão e o vagabundo”. Mas nem responderam. Odeio quando xingo e nem ligam. Odeio! Eu sou o presidente, pô! Se eu ameaço e xingo de gordinho, ladrão e vagabundo, eles têm que me ameaçar e me xingar também!

Bah!

#diariodobolso

PS: O apoio do Diário do Bolso à campanha “Se tem fome, dá de comer” já passou de 19 mil reais. Falta menos de meio envelope do Flavinho para dobrarmos a meta. Link é este: https://www.catarse.me/diariodobolsocontraafome 

Conteúdo Relacionado