Arte/Humor

Diário do Bolso, 23 de junho de 2020

 

23/06/2020 14:32

(Aroeira)

Créditos da foto: (Aroeira)

 

Diário, o negócio é disfarçar. Tenho que dar desculpa para todas as acusações que aparecerem. Mesmo que sejam meio esfarrapadas, porque os meus fiéis acreditam em tudo.

Por exemplo, ontem apareceu uma foto do Queiroz pagando boleto do Flávio em dinheiro. E parece que ele fez esse negócio mais de cem vezes. Claro que é porque o Queiroz estava usando o dinheiro da rachadinha. Mas vamos dizer que os fregueses do Flavinho na loja de chocolate só usavam dinheiro vivo.

O celular do Bebbiano voltou pro Brasil. E as coisas que tão lá, Diário, fazem a reunião ministerial parecer conversa de freira. Nesse caso, meu plano é dar uma de Moro e dizer que mensagem de celular não vale.

A japonesa da Folha, aquela Thaís Yokohama, disse que o Wassef é perigoso e tentou sequestrar o Lauro Jardim dO Globo. Vou dizer que nunca soube disso e já dispensei o Wassef.

Descobriram que o Weintraub fez um contrato de 12,6 milhões com a empresa da ex-mulher do Wassef, que já foi condenada por improbidade e teve umas acusações de corrupção ativa (umas 168!). Vou dizer que já demiti o Weintraub e que o problema é dele.

O pior é que descobriram que nestes 18 meses meu governo pagou R$ 41,6 milhões para a empresa da ex-mulher do Wassef. Isso é quase o mesmo que nos quatro anos anteriores. Além disso, fechamos novos contratos de R$ 53 milhões, num total de R$ 218 milhões a serem pagos nos próximos anos. Vou dizer que ela é ex-mulher do Wassef, que por sua vez é meu ex-advogado, e ex de ex não tem problema.

Aliás, Diário, o que importa é a gente dizer que já se afastou do Wassef, que por sua vez vai dizer que fez tudo sozinho porque estava com peninha do Queiroz, um pobre homem, doente e abandonado.

Mesmo com todas essas desculpas ótimas, vão tentar ligar meu nome ao Queiroz, só porque ele é meu amigo há mais de trinta anos, ao Wassef, só porque ele é meu advogado e ia direto no Palácio da Alvorada, e ao meu filho, só porque é meu filho.

O jeito vai ser disfarçar. Mas não vai ser fácil. Tô me sentindo que nem camaleão em desfile de escola de samba.

#diariodobolso

Conteúdo Relacionado