Arte/Humor

Diário do Bolso, 23 de setembro de 2020

 

23/09/2020 14:34

(Aroeira)

Créditos da foto: (Aroeira)

 
PEGA NA MENTIRA!

Diário, sabe aquela música “Pega na mentira”, do Erasmo Carlos?

Aquela que diz que Pelé e Zico estão no Vasco, que não tem argentino em Copacabana, que a Sônia Braga é feia e que o Brasil não gosta de novela?

Pois é, tão comparando meu discurso na ONU com ela.

É que descobriram que eu contei umas mentirinhas ontem. Por exemplo:

1-) Descobriram que eu não dei 1.000 dólares para 65 milhões de brasileiros. Somando tudo chega em US$ 775. E só praqueles que conseguirem receber as nove parcelas.

2-) Descobriram que os índios e caboclos não são responsáveis pelos incêndios na Amazônia, tanto que o INPE, a UFMG e a Universidade de Estocolmo publicaram um estudo na revista Science dizendo que boa parte das queimadas foi feita por médios e grandes fazendeiros.

3-) Eu disse que “não faltaram, nos hospitais, os meios para atender aos pacientes de covid", mas descobriram que em Pernambuco, Amazonas, Ceará e Maranhão houve um colapso no sistema de saúde, e a reclamação era justamente de falta coordenação federal.

4-) Eu disse que "Os focos criminosos são combatidos com rigor e determinação”, mas descobriram que um ano depois daquele “Dia do Fogo” no Pará, em homenagem a mim, ninguém foi preso.

5-) Eu disse que "buscamos regularização fundiária contra esses crimes", mas descobriram que em 2019 regularizei só seis propriedades rurais. E a média anual nos últimos dez anos era de 3.190.

6-) Descobriram que os incêndios no Pantanal não aconteceram por causa das altas temperaturas na região, mas foram feitos por agricultores que queriam aumentar sua área de pasto.

7-) Eu disse que “mantenho minha política de tolerância zero com o crime ambiental", mas descobriram que fiz um desmonte do Ibama e que as multas caíram 60% este ano em relação ao ano passado.

Pô, sete é conta de mentiroso. Assim vão trocar meu apelido de Mito pra Minto.



#diariodobolso

PS: Pra piorar, fiquei sabendo agora que uma juíza aí mandou que o Twitter retire uma postagem minha, só porque peguei a imagem de uma reunião da bancada do PT, em Brasília, e disse que era um vídeo "vazado" de um encontro do "Foro de São Paulo", em Caracas. Pô, não se pode mais ser criativo nesse país?



Conteúdo Relacionado