Arte/Humor

Diário do Bolso, 24 de fevereiro de 2021

 

24/02/2021 11:44

(Reprodução)

Créditos da foto: (Reprodução)

 
“Esse ano eu vou sair de Diabo.
Já tenho o chifre, meu bem, só falta o rabo.
Me dá o rabo, me dá o rabo, meu bem,
me dá o rabo pra eu sair de Diabo!”

Ah, Diário, estou tão feliz que hoje acordei cantando essa velha marchinha de carnaval.

É que o julgamento do Flavinho foi um sucesso! 4 a 1. Goleada!

Eu sabia que o João Otávio Noronha, ministro do STJ, não ia me decepcionar. O cara já tinha tirado o Queiroz da cadeia, já tinha derrubado a obrigação de divulgar meus exames de coronavírus e já tinha autorizado que o Sérgio Camargo fosse empossado como presidente da Fundação Palmares.

Agora completou o serviço!

Gosto muito desse Noronha. Tanto que, na posse do Mendonça como ministro da Justiça, eu falei assim pra ele: “Eu confesso que a primeira vez que o vi foi um amor à primeira vista. Me simpatizei com Vossa Excelência".

Olha, Diário, ele é um ótimo candidato para o STF agora no meio do ano, quando vai abrir uma vaga!

Com esse resultado aí, não vão mais poder usar a quebra de sigilo fiscal e bancária do Flavinho no caso das rachadinhas. Pô, como é que alguém pode querer trazer a público os dados bancários de um homem público? Onde o mundo vai parar?

No dia 2 de março vai ter outro julgamento. É o jogo de volta, mas vai ser em casa novamente, kkk! Vão decidir sobre umas coisas lá do Coaf, da validade das decisões do juiz de primeira instância e da prisão preventiva do Fabrício Queiroz. Se ganharmos essa partida também, o caso volta pra estaca zero. Aí só vou me preocupar com essa porcaria de rachadinha depois de 2026.

O bom é que o Flavinho já pode posar de indignado, de injustiçado, de perseguido. Foi assim que ele deu entrevista depois que saiu o resultado. Ele estava do lado do Fred Wassef (o advogado dele, aquele que não era advogado mas é, e que disse que não sabia onde estava o Queiroz, mas o Queiroz estava na casa dele).

Enquanto isso, já estamos há 35 dias com média acima de mil mortes. É recorde!

Bolsonaro 2022, kkk!

#diariodobolso

PS: Ainda bem que o povo não vota nas eleições como vota no BBB.






Conteúdo Relacionado