Arte/Humor

Diário do Bolso, 24 de julho de 2019

 

24/07/2019 09:35

 

 
Diário, você eu nunca censuro. Mas, no resto, tem que botar um filtro. Ou um cabresto. Não pode todo mundo falar o que sabe. Aí vira confusão, pô!

Pode ser palavra ou número, tanto faz. O que não pode é ficar soltando informação por aí, a torto e a esquerdo. Ainda mais se for verdadeira. Fake News, tudo bem. Já True News tem que ver direito, talkei?

Por exemplo, no tocante ao desemprego, em abril o IBGE divulgou um número muito ruim. O que que eu fiz? Disse que a metereologia estava errada. É metereologio ou metrologia que fala? Tanto faz. O que importa é que, se o número é ruim, tem que dar um jeito de mudar. Chega a vírgula mais para lá ou para cá, pô!

Em maio a Fiocruz entregou o resultado de uma pesquisa sobre drogas. Esse negócio demorou três anos, custou sete milhões e ouviu 16 mil pessoas. Só que o Osmar Terra, ministro da Cidadania, esperava um resultado e veio outro. Aí ele engavetou a pesquisa. E tá certo! Se ele tem certeza de uma coisa, mas os números dizem outra, é porque os números estão errados.

Depois teve aqueles dados do Inpe, dizendo que o desmatamento cresceu seu lá quantos por cento. Eu disse que era mentira e o velhinho lá do Inpe me peitou, dizendo que queria que eu dissesse isso na cara dele. Eu não topei, é claro. Vai que o velhinho luta jiu-jitsu. Essa turma de cientista é muito radical. Não é à toa isso que o Ricardo Salles, do Meio-Ambiente, quer contratar uma empresa privada para fazer a pesquisa. Aí sai o resultado que a gente quiser.

Agora eu vou ficar de olho é nos filmes brasileiros. Não vou dar dinheiro público para pornografia comunista. E cineasta ou é comunista ou é tarado. Só uns é que escapam. Que nem o garoto que vai ganhar mais de 500 mil reais da Ancine para fazer um documentário sobre mim. Se bem que aposto que vai ter engraçadinho dizendo que o filme é uma epidemia de drogas.

Diário, acho que o jeito é criar um novo Ministério, o Ministério da Verdade. E vou colocar o Pavão, quer dizer, o Carluxo como ministro.

Aí, sim!

@diariodobolso



Conteúdo Relacionado