Arte/Humor

Diário do Bolso, 26 de junho de 2019

 

26/06/2019 10:47

 

 
Diário, estou indo agora para o Japão. O melhor desse trabalho é viajar de avião. Só assim que eu fico de alto nível, kkkk.

Bom, ontem foi um dia cheio. Então vamos Para "As quentinhas do Jair":

1-) Pra começar, eu disse que não ia revogar o meu decreto sobre posse de armas, mas voltei atrás. Como eu ia ser derrotado na Câmara, revoguei o decreto e mandei outro mais ou menos igual. Que nem no vídeogame, quando você vai perder o jogo e volta pro começo. O pessoal fala que política é xadrez, é pôquer, é truco, mas pra mim é Street Fighter.

2-) Falando em video game, em 2017 eu disse que tinha que proibir esse treco. Mas revoguei minha opinião e agora sou a favor.

3-) Ontem também vetei aquele negócio de que eu teria que escolher os dirigentes das agências a partir de uma lista tríplice elaborada pelo Congresso. Eles queriam me transformar na rainha da Inglaterra. Pô, isso eu não quero. Imperador eu topo. Ditador, melhor ainda. Mas rainha, não! Se eu quiser botar o cara da Unimed na agência de saúde, problema meu. Quem é o presidente desse negócio?

4-) Enquanto isso o Moro está lá nos Estados Unidos, cumprindo a agenda secreta dele com o FBI. Vamos ver o que eles aconselham a fazer contra a Vaza Jato.

5-) Uma coisa chata que aconteceu ontem foi que o Rodrigo Amorim, aquele deputado estadual que quebrou a placa da Marielle, foi pego por ganhar 35 mil reais como subsecretário adjunto de governo da Prefeitura de Mesquita. Só que ele nunca assinou ponto. E daí, pô? Se o cara é subsecretário por Skype, qual é o problema?

6-) O Rodrigo é amigo do Gelsinho Guerreiro, ex-prefeito de Mesquita, que está sendo processado por fazer parte de uma milícia. Mas o que que tem terceirizar a polícia? Só o estado que tem o direito de matar? A iniciativa privada precisa de mais liberdade nesse país!

7-) Pra completar, um sargento da Aeronáutica que ia fazer parte da tripulação do meu avião reserva foi pego com drogas. Assim os caras acabam com a minha imagem, pô. Eu fico dizendo que militar é respeitável, que militar é isso e aquilo, e o cara me aparece com drogas na mala? Daqui a pouco vão dizer que militar é corrupto. Que calúnia, kkkk!

@diariodobolso



Conteúdo Relacionado