Arte/Humor

Diário do Bolso, 29 de julho de 2019

 

29/07/2019 11:34

 

 
Diário, vão aí mais uns “kkks”:

1-) A Damares descobriu porque as meninas da Ilha do Marajó são estupradas. É que elas não usam calcinha. É isso aí, Damares, a culpa é sempre das meninas, kkkk!

2-) Na semana passada, em Manaus, um dia antes da minha visita, policiais militares invadiram uma reunião de professores sindicalistas em Manaus. Pode parecer que era para intimidar, mas era mesmo, kkk!

3-) O Bebbiano, que estava caladinho, deu uma entrevista. E contou que a gente conversava de cueca na beira da cama. Pegou mal, pô! Mas o pior foi dizer que eu que nomeei o Queiroz para o gabinete do Flavinho. Assim ele me complica! Ainda bem que o Queiroz sumiu, kkk!

4-) Um jornalista chamado Luiz Maklouf de Carvalho lançou um livro sobre o meu julgamento no Exército, quando me acusaram de planejar a explosão de bombas em quartéis para protestar contra o baixo soldo. O cara leu o processo inteiro e ouviu as gravações do julgamento. Aí percebeu que todos os laudos grafotécnicos diziam que o croqui das bombas foi feito por mim. Mesmo assim fui inocentado. O direito é de direita, kkk!

5-) O Ministério da Educação destinou 51% das bolsas integrais do ProUni para os cursos de graduação à distância. Todo mundo tem que estudar em casa. Assim a gente acaba com a balbúrdia, kkk!

6-) Uma coisa bem inteligente que eu fiz foi propor o fim das aulas teóricas e práticas para tirar carteira de motorista. Se eu dirijo o país, qualquer um pode dirigir um carro, kkk!

7-) Marcos Pontes, o astronauta, ficou do meu lado na briga com o Inpe. Esse tem os pés no chão, kkk!

8-) Lá em Goiás me perguntaram sobre a minha família usar helicóptero da FAB para ir no casamento do Dudu. Pô, claro que foram! Pra mim, FAB quer dizer Força Aérea dos Bolsonaro, kkk!

@diariodobolso

Conteúdo Relacionado