Arte/Humor

Diário do Bolso, 8 de setembro de 2019

 

08/09/2019 15:17

 

 
Diário, hoje eu liguei pra Damares. A conversa foi assim:

- Bom dia, meu Messias.

- Bom dia, o cacete! Você viu o Crivella?

- O caso dos Vingadores Gays? Vi sim. Sucesso, né?

- Pois é, o cara está em tudo que é jornal. Os evangélicos adoraram. Preciso fazer alguma coisa parecida, senão ele pega todos meus eleitores, pô!

- Ataca o Bob Esponja, presidente. Ou a Elsa, do Frozen.

- Isso você já fez, Damares. Quero pegar um público mais velho. Mandar prender umas histórias em quadrinhos parece bom.

- Que tal o Flash? Aposto que ele é gay. Aquele colã vermelho nunca me enganou.

- Boa! Pode falar que estou anotando.

- Tem também o Coringa.

- O Coringa? Pô,esse é dos meus. O que tem de errado com o cara?

- Ele usa batom, presidente.

- Putz, é mesmo. E ele pinta o cabelo de verde. Isso também é suspeito. Já tá na minha lista. Mais algum?

- Tem o Batman e o Robin. Pedofilia explícita.

- Opa! É mesmo. Vou mandar prender as revistas dos caras.

- Ah, e tem o pior de todos: o Capitão América.

- O quê?!

- Tá na cara, presidente. Aquele corpo malhado, aquelas asinhas na cabeça, a roupinha agarrada, aquela amizade com o Bucky... Sem falar que tem estrela no escudo. É gay e é petista.

- Pô, oCapitão América, não, Damares! Ele é capitão e é da América. Você estragou o cara pra mim.

- Desculpe,presi...

- Não desculpo nada! Você quer me estragar o Steve Rogers pra sempre?

- Mas...

- Nem mais, nem menos! Como é que você pode duvidar do Capitão América?! Volta pra sua goiabeira!

Aí eu bati o telefone e fui para o meu quarto ler um gibi. As lágrimas caíam em cima do escudo do Capitão América e eu pensava: “Você não, Steve, você não...”

@diariodobolso

Conteúdo Relacionado