Arte/Humor

Diário do Bolso, 9 de novembro de 2020

 

09/11/2020 11:06

 

 
Dear Diary, mandei um zap-zap para o Trump.

Escrevi metade em brasileiro e metade em americano. Mas acho que ele vai entender, porque foi escrito inteiro na língua do coração.

A mensagem é essa aqui, ó:

Donald, my big friend,

I’m very triste por sua derrota.

Democratas are demons.

Sem you, I vou ficar meio lost.

But já percebi que is good ir preparando one furdunço para a next election (furdunço, in portuguese, is balburdion).

Por isso já estou speaking in voto de paper. Se I começar a perder, boto fire naquela papelada toda. E minha gang vai pra street! Aí nos EUA só teve uns crazys armados que tentaram to make bagunça, but não conseguiram.
Aqui we are muito more organized. We have milícias. They are great parças!

Now, acho que, para governar, vou me juntar de vez com o people do Big Center. Vou to be unha e beef com eles.

Mudando of assunt: se você quiser, I arrange for you um job no meu govern.

O que you acha de to be a Minister of Saúde? Aqui we ainda believe in cloroquina.

If you preferir, pode to be a Secretary of Culture. O seu TV show era much best que o do my atual secretary.

Ou então you pode to be my vice-president em 2022. O people do mal, the leftadalha, vai dizer que somos a dupla Donald e Pateta.
But I nem ligo. If you topar, é we!

Let’s go to be make America, quer dizer, Brazil great again!

Talkei?

One big abraço do your more great fan, Pocketnaro.

#diariodobolso



Conteúdo Relacionado