Romance premiado de Luiz Eduardo de Carvalho é lançado pela Editora Patuá

'Xadrez' terá lançamento virtual, que permitirá autógrafos para todo o Brasil

11/03/2019 19:36

(Divulgação)

Créditos da foto: (Divulgação)

 
Xadrez é o novo romance de Luiz Eduardo de Carvalho, vencedor do Concurso Literário Nacional - Prêmio Cidade de Belo Horizonte de 2016, que a editora Patuá lança em 23 de março, no Café Patuscada, a partir das 19h. Por tratar-se de um evento local, a editora inova e propõe o lançamento virtual: os livros comprados até a data, receberão dedicatórias do autor durante o lançamento antes de serem remetidas aos compradores.

Desta vez, o Luiz Eduardo de Carvalho, que já foi Editor de Arte e Cultura na Carta Maior, nos apresenta um romance epistolar que transcende o gênero com acréscimos de poesia, resenha literária, cinematográfica e musical, além de traçar, en passant, uma crônica de um período marcado pela transição política da ditadura à democracia no Brasil. Não bastasse, é também o relato de um emocionante embate entre dois enxadristas que colocam no tabuleiro as determinações de suas existências. Joel - um carioca detento em Fortaleza por ter assassinado a esposa e o amante - ao aceitar o convite de Emanuel - um velho e solitário português recém-chegado ao Brasil - para uma partida de Xadrez por correspondência, não podia supor, nos primeiros lances, a íntima amizade que nasceria entre os dois estranhos e as oportunidades que disso derivariam até um final surpreendente.

Segundo Luiz Eduardo de Carvalho, "Xadrez é um livro que me permitiu revisitar alguns dos anos mais importantes de minha formação intelectual e passear com liberdade pelas referências que substanciam a minha própria literatura tal qual hoje a realizo como profissão. Livros, filmes, músicas, fatos históricos e políticos que marcaram a transição da ditadura para a democracia brasileira são alguns dos motivos pintados num tabuleiro em que sempre se disputou o visceral jogo, mais ou menos explícito, entre diferentes ideários, classes, interesses. Após vencer o Concurso Nacional de Literatura - Prêmio Cidade de Belo Horizonte em 2016, XADREX aguardou o tempo necessário para vir a público pela Editora Patuá numa edição tão caprichada que foge ao padrão no mercardo para se tornar um amuleto que, de certo, trará muito encantamento a cada leitor que, por meio da leitura, comungar com todos de uma história no mínimo surpreendente".

Leida Reis, do júri do Prêmio Cidade de Belo Horizonte /2016, escreveu a respeito da obra: "Então, tem certeza de que tudo o que está vivendo não passa de artimanha alheia? Está preparado para ouvir alguém gritar “xeque-mate”? Qual será sua surpresa ao perceber que absolutamente nada orbita nos trilhos aos seus pés... Nesta obra imperdível, Luiz Eduardo de Carvalho revela-se o romancista da estratégia. Enxergo cinema aqui".

Luiz Eduardo de Carvalho sempre atuou na intersecção entre Cultura, Educação e Política, tendo emprestado da Comunicação Social as ferramentas para as pontes. Estudou Farmácia e Bioquímica e Letras na USP e formou-se em Comunicação Social na ESPM. Foi professor, teatrólogo, jornalista, publicitário, assessor político. Desde 2015, dedica-se exclusivamente à Literatura e já recebeu diversos prêmios, entre eles o Oliveira Silveira (com o romance Sessenta e Seis Elos - ed. FCP) e o de Incentivo à Publicação (com a peça Evoé, 22! - no prelo), ambos do Ministério da Cultura. Publicou também O Teatro Delirante e Retalhos de Sampa, ambos de poesia pela ed. Giostri.

Serviço:
Xadrez
Editora Patuá, pré-vendas na loja da Patuá no UOL (clique aqui)
Lançamento:
23 de março de 2019, a partir das 19 h
Café Patuscada
Rua Luís Murat, 40 - Vila Madalena - São Paulo



Conteúdo Relacionado