Mãe Terra

Participação popular em debate ambiental é sem precedentes, diz ministro

15/06/2012 00:00

Redação (*)

Rio de Janeiro - Mais de um milhão de propostas populares para o desenvolvimento sustentável foram encaminhadas ao governo brasileiro pela sociedade civil, via plataforma online, com o objetivo de respaldar a definição das metas que serão assumidas pelos países durante a Rio+20.

“Cinquenta mil pessoas participaram da plataforma online e mais de 1 milhão de recomendações foram feitas, o que dá uma média de 20 recomendações por participante. Tudo isso é sem precedente e uma maneira de dar voz aos participantes e fazer com que essa voz seja ouvida”, avaliou o ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, durante visita à Cúpula dos Povos, aberta nesta sexta (15), no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Na visita, o ministro destacou a importância da Rio+20. “Essa conferência tem tudo para ser um marco histórico, mas ela não se limita em si mesma. Devemos criar uma rede de contatos para levarmos adiante nosso esforço pelo desenvolvimento sustentável, conciliando crescimento com justiça social, consciência ambiental”, disse.

A Cúpula dos Povos, que acontece paralelamente à Rio+20, deve receber cerca de 15 mil participantes, brasileiros e estrangeiros, até 23/6, em mais de 600 eventos. Organizada por cerca de 200 entidades e movimentos sociais, pretende denunciar as causas da crise socioambiental, além de se contrapor ao conceito de economia verde, defendido na Rio+20.

A grande expectativa é em relação à Marcha dos Movimentos Sociais, envolvendo organizações de todo o mundo, na quarta (20), e que terá como mote “Justiça Social e Ambiental contra a Mercantilização da Vida em Defesa dos Bens Comuns”.

(*) Com informações da Agência Brasil

Conteúdo Relacionado