Memória

Debate Cedem/Unesp: "A guerrilha do Araguaia - memória e história"

 

05/12/2018 18:14

Guerrilha do Araguaia (Reprodução)

Créditos da foto: Guerrilha do Araguaia (Reprodução)

 
O último Debate Cedem/Unesp de 2018 abordou a guerrilha do Araguaia, ação ocorrida entre 1972 e 1974, a partir da obra Diário da guerrilha do Araguaia, organizada pelo sociólogo e jornalista Clóvis Moura. Lançada em 1979, a obra ainda pouco conhecida, foi apresentada pela professora Teresa Malatian. O texto insere-se no debate interno do PCdoB sobre a guerrilha, ampliado após a derrota do movimento.

A carta-relatório de Pedro Pomar ao Comitê Central do partido, em 1976, parece ter sido a principal fonte desse debate. A obra pretendeu atingir um público mais amplo que o da organização partidária, contribuindo para romper o silêncio na sociedade brasileira sobre o tema. Neste debate, outras colaborações para a compreensão do movimento serão do cineasta Vandré Fernandes, autor do documentário Camponeses do Araguaia, a guerrilha vista por dentro; dos escritores Carlos Amorim, autor de Araguaia: histórias de amor e guerra; e Pedro Est evam da Rocha Pomar, autor de Massacre da Lapa - Como o Exército liquidou o Comitê Central do PCdoB. O massacre foi ato final da guerrilha, quando os últimos dirigentes foram mortos em São Paulo, em 1976.



* Realizado em: 27/11/2018 às 18h30
Local: Cedem/Unesp - Praça da Sé, 108 – 1º andar (metrô Sé)
Mais informações: (11) 3116–1701
E-mail: eventos.cedem@unesp.br







Conteúdo Relacionado