Mídia

Google paga quase mil milhões para encerrar conflito com o fisco francês

O gigante da internet anunciou na quinta-feira que vai transferir 465 milhões de euros, que se somam à multa de 500 milhões para encerrar o processo aberto em 2015

15/09/2019 15:26

 

 
Em comunicado citado pela RFI, a Google anunciou na quinta-feira o fim das "divergências fiscais que tinha com a França”. Para o governo francês, pela voz do ministro Gérald Darmanin, trata-se de um acordo “histórico” e que marca “o fim de uma época”. “Este acordo acaba com todos os nossos contenciosos com o Google e o valor é muito próximo do que o que nós pedíamos no início”, congratula-se o titular da pasta da Ação e Contas Públicas.

Com o acordo agora alcançado com justiça francesa, a Google já não estará no banco dos réus a responder pelo crime de fraude fiscal agravada. As autoridades fiscais acusavam a Google de não ter pago mais de 189 milhões de euros em impostos no país entre 2011 e 2016, recorrendo a um esquema complexo através da sua sede europeia na Irlanda, onde declara a quase totalidade das vendas e assim escapar aos impostos nos países onde elas são realmente efetuadas. Para além dos 500 milhões de multa, a empresa comprometeu-se a pagar mais 465 milhões em impostos adicionais para encerrar de vez este processo.

Este é mais um dos acordos que a Google tem feito com a justiça de vários países, como a Itália ou o Reino Unido, onde já pagou centenas de milhões de euros para escapar a julgamentos por fraude fiscal.

*Publicado originalmente em esquerda.net



Conteúdo Relacionado