Mídia

Marcelo D2 em São Paulo antes dos EUA

01/06/2004 00:00

AgÊncia Carta Maior

Com CD lançado em 8 países, quase 100 mil cópias vendidas e apresentações em Portugal, Japão, Canadá, EUA e Inglaterra, Marcelo D2 está na reta final da turnê À Procura da Batida Perfeita. Nesta sexta-feira, dia 4 de junho, D2 faz barulho no Via Funchal, antes de embarcar para nova turnê nos EUA e entrar em estúdio para a gravação do Acústico MTV.


Marcelo D2 chegou de fininho, no sapatinho como gosta de falar. Acabou pegando os desavisados de surpresa e roubou a cena no cenário musical brasileiro em 2003. Afiado e provocador, ganhou reverência dos mestres da Academia Brasileira de Letras, que o elegeu Letrista Popular do Ano. Carioca, criado entre o Andaraí e a Lapa, conquistou o público da Zona Sul e virou camarada dos manos paulistas com sua mistura de hip hop e samba. Com o disco À Procura da Batida Perfeita, D2 se consagrou grande vencedor do Video Music Brasil [VMB] 2003, levando os prêmios de Clipe do Ano, Melhor Clipe de Rap e Melhor Direção. Agressivo e contundente, panfletário e malandro, Marcelo dominou as batidas e levadas do rap e do samba, criando uma identidade para o hip hop brasileiro. Come ele mesmo diz: É coisa fina. DJ com tamborim!


Basta escutar algumas faixas do disco, como A Maldição do Samba, Re:Batucada ou Batidas e Levadas para perceber a sacada de Marcelo. O MC de hoje é o novo partideiro. E é exatamente o show que tem conquistado o Brasil (são cerca de 20 por mês) que ele vai apresentar na sua cidade. Depois de um tempo morando em São Paulo, onde se aproximou ainda mais dos elementos do hip hop, Marcelo está preparando uma apresentação especial com novo cenário, iluminação afiada e B-Boys dando um show à parte no palco. O público vai se divertir num baile de rap e samba, para dançar, suar e “falar no pé até a coxa ficar bamba”.


D2 acabou de receber o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte pelo resultado do álbum À Procura da Batida Perfeita, produzido por ele, Davi Corcos e o amigo de longas datas Mario Caldato, produtor dos discos do Beastie Boys. A banda do D2 conta com Davi Corcos na guitarra, Mauro Berman no baixo e teclado, formado em música pela Thames Valley University, de Londres, e líder do Democústico, banda de bossa-jazz-eletrônico que lançará pela gravadora inglesa Far Out disco para o mercado europeu e japonês nos próximos meses. Na bateria, o carioca Marcelinho, ex-Serial Killer e Squaws, companheiro de skate de D2. “Quantas roubadas já nos metemos juntos!”, lembra Marcelinho, também um dos líderes da Conecta, grupo especializado em trilhas sonoras.


De Curitiba, DJ Primo, indicado a melhor DJ no Prêmio Hutus, comanda os scratches. Na percussão, Layse Sapucahy, promessa da percussão carioca. Ex-Jorge Aragão, Layse é integrante da bateria da Beija-Flor e da Caprichosos de Pilares.


O Set List para o show está bastante inspirado: sucessos de À Procura da Batida Perfeita: Qual é, Vai Vendo, Loadeando, A Maldição do Samba, Profissão MC, Rebatucada, faixas de arrepiar do primeiro CD solo, Eu Tiro é Onda: 1967, Sessão, sem falar nos hinos do Planet Hemp Queimando Tudo, Mantenha o Respeito, que completa 10 anos em 2005, com muitas novidades a caminho.


Serviço


Show Marcelo D2


04 de junho de 2004 – Sexta-feira

Via Funchal

Rua Funchal, 65 - Vila Olímpia

às 21h30

Abertura da casa: 19h30

Horário da bilheteria: das 12h às 22h, de segunda à domingo

Censura: 14 anos

Capacidade: 6.000 lugares

Duração: 120 min.


Preços:


Pista: R$ 40,00

Mezanimo: R$ 60,00

Camarote: R$ 70,00


Cartões de Crédito: Visa, Mastercard e Dinners.

Estudantes tem 50% de desconto em qualquer setor da casa.

Informações e Vendas:

INGRESSO RÁPIDO: (11) 2163-2000

Ticketronics: www.ticketronics.com.br - (11)3038.6698

Estacionamento na porta R$15,00 (com manobrista) e antecipado na bilheteria
R$12,00 (com manobrista)

Acesso Deficientes




Veja entrevista exclusiva com Marcelo D2



Conteúdo Relacionado