Mídia

Paz Sobre Nossas Cabeças

25/04/2002 00:00

Ao meu tio Donato Di Sessa, o único astrônomo amador que conheço.


Tem gente que nem olha para cima com medo de ver o pé gigante que está sempre prestes a descer sobre suas cabeças, esmagando o que são e o que sonham ser. Outros não elevam os olhos porque sabem que os próprios umbigos ficam abaixo da linha do olhar e não há nada mais para se ver neste universo senão a si mesmos.



Mas há aqueles que estão sempre buscando nos céus algum sinal que lhes indiquem um caminho para a resolução das aflições pessoais ou coletivas, ou para elevarem-se acima do desespero que nos cerca por todos os lados.



A boa notícia para este segundo grupo de esperançosos sonhadores é a de que, nestes, e nos próximos dias, cinco planetas (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno) estão alinhados no mesmo lado do sol e podem ser vistos, uns 45 minutos após o pôr-do-sol, pondo-se também no horizonte, agrupados em um espaço que corresponde a um palmo de mão estendida na frente do rosto, com o braço esticado. Este raro fenômeno só acontece uma vez por século.



Isso é o que se dará fisicamente no céu. No espírito humano, segundo os especialistas, haverá um aumento de harmonia, as pessoas estarão melhores e menos impacientes, buscando soluções ponderadas para circunstâncias que as afligem.



Toda cultura que deixou registros, dos antigos chineses e maias aos misteriosos celtas, a consulta aos astros sempre foi fator predominante para a decisão sobre questões de suma importância como, por exemplo, se o rei deveria ou não empreender batalhas e se a princesa deveria ou não cortar seus cabelos! Ainda que este uso eclético das predições relativize bastante a importância das conjunturas astrais no destino da humanidade, há os que acreditam em suas influências, como há os que desdenham de seu poder de antecipar o futuro.



Não importa se você pertence ao primeiro ou ao segundo grupo de pessoas. Somente espero que você, assim como eu, esteja torcendo para que este raríssimo fenômeno astral possa, enfim, transformar SHARON em SHALOM!!! Mas, talvez, este anseio coletivo, a paz entre israelenses e palestinos, seja demais até mesmo para o esforço conjunto dos cinco planetas!




Conteúdo Relacionado