Mídia

Vaza Jato nos Jornais - 5 de julho

 

07/07/2019 16:12

 

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

O vigésimo sexto dia desde a eclosão do escândalo, a cobertura foi bastante fraca, com apenas 8 textos, o segundo menor número da série.

O GLOBO

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

O Globo manteve a cobertura tímida, com apenas três textos, todos neutros. O jornal repercute a matéria publicada pela Folha de São Paulo no dia anterior na qual Leo Pinheiro afirmava não ter mentido em sua delação sobre o ex-presidente Lula. O jornal também abre espaço para a defesa de Lula na mesma matéria.

ESTADÃO

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

O Estadão tem a menor cobertura do dia entre os pares, com apenas um texto. Uma nota na coluna do Estadão pontua que Moro esqueceu o troféu entregue pelo deputado Boca Aberta (PROS-PR) ao sair durante a confusão na comissão de Constituição e Justiça.

FOLHA

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

Número de textos publicados desde o primeiro dia da cobertura do escândalo (10/06/19)

A Folha também apresenta cobertura tímida, com quatro textos. Em sua coluna, Reinaldo Azevedo discute a resposta da Polícia Federal a seus questionamentos sobre uma possível investigação de Glenn Greenwald. Conforme o jornalista afirma, a PF não nega que haja investigação, apenas não confirma. O diário também abre espaço para uma reportagem na qual a defesa do ex-presidente Lula rebate as afirmações feitas pelo delator da OAS, Léo Pinheiro, em carta enviada por ele à Folha. Por fim, o jornal destaca o pedido realizado pelo senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) para que os ministros da Justiça e da Economia esclareçam se há investigações envolvendo Glenn Greenwald.

Jornal Nacional

Não houve menção à Vaza Jato na edição de ontem (04/07) do Jornal Nacional.

Facebook

Em 4 de julho, dois posts entre os dez mais compartilhados do dia fizeram alguma referência à Vaza Jato. No post mais compartilhado, Kim Kataguiri provocou os petistas com a carta que Léo Pinheiro enviou à Folha, na qual reafirmou que o triplex e o sítio de Atibaia eram propina para Lula. Neste mesmo post, é anunciado um filme sobre “a verdadeira queda do PT”, que estreará, segundo o MBL, em setembro. Em outro post, Eduardo Bolsonaro saiu em defesa de Moro após sessão conturbada na Câmara, na última terça, fazendo uma série de acusações contra os deputados da oposição que questionaram o ministro.

Conclusão

Sem novas informações, os jornais pouco fizeram para manter a Vaza Jato em suas páginas. Contudo, as novas denúncias publicadas hoje pela Revista Veja prometem reacender o escândalo.

*Publicado originalmente no Manchetômetro

Conteúdo Relacionado