Movimentos Sociais

Frente Povo Sem Medo protesta contra ''escalada autoritária'' de Bolsonaro

Está convocada para esta segunda-feira uma manifestação em São Paulo. O movimento social Frente Povo Sem Medo vai protestar contra as posições do governo de Jair Bolsonaro, que classificou como uma ''escalada autoritária no país''

05/08/2019 18:46

(Povo Sem Medo/Facebook)

Créditos da foto: (Povo Sem Medo/Facebook)

 
Intitulado “Ditadura Nunca Mais”, o protesto é promovido pela Frente Povo Sem Medo e pelo ativista Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e ex-candidato à presidência do Brasil.

Os organizadores do protesto afirmam que Bolsonaro “com palavras, atacou a memória de Fernando Santa Cruz, desaparecido político da ditadura, revelando a sua cumplicidade com o crime e fez uma piada com 58 mortes em presídio no Pará”.

Na semana passada, como já foi noticiado no Esquerda.net, Bolsonaro afirmou que Felipe Santa Cruz foi morto por membros de uma organização política de esquerda chamada Ação Popular. Não apresentou qualquer prova para esta versão que não coincide com a das agências responsáveis por investigar crimes políticos ocorridos durante a ditadura militar.

Dias depois, o presidente de extrema-direta também se recusou a comentar um massacre ocorrido dentro de uma prisão do Pará, que resultou em 58 mortos. Em declarações à comunicção social, Bolsonaro disse que preferia conhecer a opinião das vítimas dos reclusos.

Os organizadores do protesto acrescentam ainda que Bolsonaro e o seu governo agem no sentido de “intimidar a sociedade e atacar quem resiste”.

*Publicado originalmente em esquerda.net



Conteúdo Relacionado