Pelo Mundo

Allende Vive

 

22/10/2019 19:43

 

 
O mundo perplexo com as mais recentes notícias e imagens, enviadas das ruas das cidades chilenas, mostrando a repressão violenta da polícia e dos militares, nas principais cidades do país.

Todos os noticiários europeus da noite de ontem mostraram o Chile em compasso de toque de recolher.

Um cinegrafista da Telesur alvejado, ao vivo, pela polícia; o prédio da companhia de energia do país pegando fogo e os edifícios da sede do jornal conservador, de direita, El Mercúrio e do McDonald’s, no fim de semana, ambos incendiados.

Publicamos a seguir imagens que deixam estupefatos os observadores internacionais e atestam a repressão selvagem das forças do governo do neoliberal Sebastián Piñera, que proclama que o Chile está em Guerra, evidentemente para poder justificar as violências, as prisões e os assassinatos. Na verdade, seu governo está no fim.

A força da corajosa revolta é impressionante e nos trás a lembrança de Salvador Allende, que num momento de muita conturbação social, disse em seu último discurso, pouco antes de ser assassinado pelos golpistas:

“Esta será a última oportunidade que poderei dirigir-me a vocês”, falando através das ondas da Rádio Magallanes, que pouco tempo depois seria destruída.

Em outra passagem ele se dirige aos trabalhadores, dizendo “ não renunciem ao seu destino histórico“.

E em nome da “lealdade ao povo “ele próprio, Salvador Allende, pagaria com a própria vida.

Viva o Chile! Viva o povo chileno! Viva os trabalhadores.

Estas foram as suas últimas palavras e disse: “tenho a certeza de que meu sacrifício não será em vão. Tenho a certeza de que, pelo menos, será uma lição moral que castigará a perfídia, a covardia e a traição.”

Veja abaixo imagens da violência contra os manifestantes chilenos:

































Conteúdo Relacionado