Pelo Mundo

Frente anuncia luta contra governo golpista de Franco

23/06/2012 00:00

Redação

A Frente Guasú, que em 2008 impulsionou o triunfo eleitoral do presidente Fernando Lugo, e uma ampla gama de outros movimentos sociais e políticos decidiram criar a Frente pela Defesa da Democracia (FDD), que “rechaça e condena o governo golpista de Federico Franco” e convoca a população a “defender o processo democrático e a institucionalidade da República com uma mobilização permanente”. Com esse propósito, a FDD anuncia que está articulando um plano de luta e que terá como porta-voz o secretário geral da Frente Guasú, Ricardo Canese. Segue o primeiro comunicado oficial da FDD:

Pela recuperação da democracia e da soberania popular

A FDD, reunida em assembleia geral de seus membros, partidos políticos e movimentos sociais, dirigentes políticos e da sociedade civil, denuncia a ruptura institucional e do Estado de Direito no Paraguai por parte do setor mais conservador e reacionário do Parlamento Nacional, que desconheceu o princípio fundamental do Direito, a legítima defesa e o devido processo legal, utilizando conceitos e práticas da ditadura de Stroessner, provocando assim a derrubada do governo constitucional do presidente Fernando Lugo.

Essa violação da Constituição Nacional está baseada em acusações sem prova alguma e utiliza métodos nazi-fascistas sustentados em intrigas e calúnias com ferramentas pseudo-legais.

Este grave fato, com nefastas consequências na economia, na sociedade e na vida institucional da República, deve ser revertido de forma imediata. Deve ser reestabelecida a convivência civilizada e democrática, baseada na justiça e no respeito à soberania popular.

Por estas razões, a FDD rechaça e condena o governo golpista de Federico Franco e convoca todo o povo paraguaio a defender o processo democrático e a institucionalidade da República com uma mobilização permanente, a fim de evitar o avassalamento dos direitos humanos fundamentais. Chamamos à unidade de todo o povo paraguaio, dentro e fora do país, assim como a solidariedade dos demais povos irmãos da América Latina, para nos mobilizarmos coordenadamente pela restituição do Estado de Direito e o respeito à soberania popular no Paraguai.

Pela vigência da Constituição Nacional!

Pelo respeito pleno da justiça social e dos direitos humanos no Paraguai?

Fernando Lugo é o único presidente constitucional da República do Paraguai!

Não ao governo golpista de Federico Franco!

Pela recuperação da democracia no Paraguai!


Tradução: Marco Aurélio Weissheimer

Conteúdo Relacionado