Pelo Mundo

Pesquisa da Fox News: Bernie Sanders venceria Trump por 9 pontos

 

18/06/2019 17:10

O senador democrata candidato presidencial Bernie Sanders posa para uma foto com voluntários depois de uma atividade de campanha na parada do Orgulho LGBTTQA, promovido pela Capital City Pride Fest, em 8 de junho de 2019 em Des Moines, Iowa (Scott Olson/Getty Images)

Créditos da foto: O senador democrata candidato presidencial Bernie Sanders posa para uma foto com voluntários depois de uma atividade de campanha na parada do Orgulho LGBTTQA, promovido pela Capital City Pride Fest, em 8 de junho de 2019 em Des Moines, Iowa (Scott Olson/Getty Images)

 

Uma pesquisa nacional divulgada no domingo pela Fox News mostra o presidente Donald Trump atrás do senador Bernie Sanders, 49% a 40% entre todos os eleitores registrados em todo o país.

A pesquisa da Fox também mostrou que Biden lidera Trump com 49%, a 39%. Também vencem Trump na pesquisa os senadores Elizabeth Warren (43% a 41%) e Kamala Harris (42% a 41%), e o prefeito Pete Buttigieg (41% a 40%) de South Bend, Indiana.

Além disso, o apoio ao impeachment subiu cinco pontos entre os democratas desde junho de 2018 (69% contra 74% atualmente) e até 15 entre os independentes (25% a 40% atualmente). Cerca de 9 entre 10 republicanos têm se oposto constantemente ao impeachment.

A pesquisa da Fox foi realizada de 9 a 12 de junho de 2019 sob a direção conjunta da Beacon Research (D) e Shaw & Company (R), essa pesquisa da Fox News inclui entrevistas com 1.001 eleitores escolhidos aleatoriamente em todo o país que falaram com entrevistadores ao vivo em ambos os telefones fixos e celulares. A pesquisa tem uma margem de erro de mais ou menos três pontos percentuais para todos os eleitores registrados.

Sanders reconheceu no domingo que "as pesquisas sobem e caem", mas insistiu que a pesquisa mostrou que ele era o candidato mais forte a derrotar Trump.

"Acho que podemos vencer na Pensilvânia, Wisconsin e Michigan e em alguns dos outros estados indecisos", disse Sanders no "Fox News Sunday".

*Publicado originalmente em commondreams.org | Tradução de Cristiane Manzato

Conteúdo Relacionado