Política

Carta Maior, com o apoio do Fórum 21, lança
'SUA VOZ NA CONJUNTURA'

 

05/08/2019 17:20

(Reprodução/Carta Maior)

Créditos da foto: (Reprodução/Carta Maior)

 
Uma nova Editoria de Web Rádio da Carta Maior para transmitir diariamente declarações e depoimentos de lideranças e intelectuais sobre temas decisivos da conjuntura.

Nesta primeira edição: A Defesa da Educação Pública - A Greve de 13 de agosto e seus desdobramentos políticos e organizatórios.

A mobilização nacional marcada para o próximo 13 de agosto certamente terá novo impacto político relevante no atual momento conjuntural.

E seguramente poderá ter consequências mais profundas ainda se for a semente de novos desdobramentos organizatórios, em nível local e nacional, que catalisem a enorme amplitude e força desse movimento.

A partir de hoje – com esses primeiros Podcasts - até a Greve, você vai ouvir aqui todos os dias novas intervenções avaliando a situação da educação pública no país, apresentando propostas e debatendo os rumos do movimento.

Depois da Greve, além de dar espaço para avaliações, balanços e novas propostas, Sua Voz na Conjuntura apresentará outro tema de relevância política para que você possa incidir cada vez mais no momento conjuntural.

Ouça agora as declarações de hoje e não deixe de ler o Editorial “O passo seguinte à indignação”, de Saul Leblon, sobre o alcance dessa nova iniciativa da Carta Maior.

Editores: Joaquim Palhares, Saul Leblon e Carlos Tibúrcio.

***

SUA VOZ NA CONJUNTURA

Jorge Calzoni, Reitor da Universidade Nacional de Avellaneda (Argentina)
Na Argentina, hoje, metade das crianças são pobres. Uma catástrofe. E a Universidade - instituição de grande prestígio no país - precisa contribuir para enfrentar esse desafio


Juan Alberto Sanchez Marin, jornalista, comentarista e diretor de TV na Colômbia
Os orçamentos das universidsdes são reduzidos com o objetivo de levá-las à ruína e facilitar sua privatização


Edgard Isch, Professor da Universidade Central do Equador e membro da Rede Social em Defesa da Educação Pública na América
Nosso combate tem o apoio dos educadores e estudantes de toda a América Latina.


Luis Felipe Miguel, Professor de Ciência Política da Universidade de Brasília
Um país sem universidades está condenado à dependência e ao subdesenvolvimento


Virginia Fontes, Professora e Historiadora, Doutora em Filosofia pela Universidade de Paris
Governo Bolsonaro é surdo pras necessidades e clamores populares. E se orgulha dessa surdez


Ernesto Villanueva, Reitor da Universidade Nacoinal Arturo Jauretche, da Argentina
Em nosso Continente, em nossa Pátria Grande, vários governos são satélites dos grandes impérios


Iago Montalvão, Presidente da UNE - União Nacional dos Estudantes.
Estudantes cumprirão mais uma vez o seu papel histórico.
Ana Muller, uma das fundadoras do Comitê Brasileiro da Anistia - CBA.
Aos 72 anos de idade, estarei nas ruas novamente.
Samuel Aarão Reis, 75 anos, professor, dedicado à Educação Popular.
Com a juventude, vamos mudar o Brasil mais uma vez.

Laura Tavares (em nome também de Maria da Conceição Tavares), professora visitante da Universidade Federal de Juiz de Fora e ex-pró-Reitora de Extensão da UFRJ.
Projeto "Future-se" tem que ser recusado na sua totalidade porque ele destrói a Universidade Pública.

Ladislau Dowbor, economista, professor da PUC-SP.
Quem controla a informação e o conhecimento, controla a sociedade. Precisamos assegurar o caráter democrático da educação.


Antonio Lassance, Doutor em Ciência Política, especialista em políticas públicas.
Querem asfixiar a educação. É dever de todos defender a civilidade contra o avanço da barbárie.


Especial: Roberto Leher, biólogo, ex-Reitor da UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Bloco no poder exige confronto civilizatório. É a civilização contra a barbárie.
Todas as premissas do 'Future-se' são falsas.
Dia 13 deverá ser novo ponto de partida nas lutas em defesa da educação, da ciência, da cultura.


Flávio Aguiar, professor, Autor, Jornalista, atualmente Correspondente em Berlim
A lição a extrair da catástrofe nazista é profunda: somente a formação de uma frente aberta poderá se contrapor ao rebaixamento da natureza humana a uma condição servil


Róber Iturriet Avila, Professor de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Dados demonstram que investimentos em Educação dão retorno efetivo


Thiago Lima, Professor de Relações Internacionais da Universidade Federal da Paraíba
Querem acabar com a Universidade Pública e cobrar mensalidade dos estudantes


Ouça a playlist com todos os comentaristas desta edição de "SUA VOZ NA CONJUNTURA"







Conteúdo Relacionado