Política

Dirceu adia depoimento em processo contra João F. Daniel

08/08/2005 00:00

São Paulo - O deputado José Dirceu (PT-SP) conseguiu nesta segunda-feira (8) uma liminar na Justiça que adia seu depoimento no processo que move contra João Francisco Daniel, irmão do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, morto em 2002. Agora, Dirceu terá o direito de escolher a data e o local onde será ouvido.

O deputado mantém uma acusação por danos morais contra João Francisco, que o envolveu no caso do assassinato de Celso Daniel. A liminar foi concedida pelo desembargador Beretta da Silveira, do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Ao advogados de Dirceu argumentaram com base no artigo 411 do Código de Processo Civil, que determina que os deputados federais e outras autoridades públicas gozam de prerrogativa de escolher a data e o local em que serão ouvidos em qualquer ação judicial.


Conteúdo Relacionado