Política

Sputnik BR: Moro discutiu cargo em governo Bolsonaro com Lava Jato, diz jornalista que vazou conversas

 

11/06/2019 19:14

(Adriano Machado/Reuters)

Créditos da foto: (Adriano Machado/Reuters)

 
O jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept, afirmou nesta segunda-feira (10) que há mais material para ser publicado sobre a atuação de Sergio Moro na Operação Lava Jato.

No domingo, reportagem publicada por Greenwald e outros jornalistas mostrou Moro e membros da força-tarefa da Lava Jato articulando estratégias e conversando sobre como barrar uma entrevista do ex-presidente Lula. A publicação colocou em xeque a operação anti-corrupção e segue repercutindo em Brasília.

"Temos conversas que ainda não reportamos sobre o Moro estar pensando na possibilidade de aceitar uma oferta do Bolsonaro, caso ele ganhasse. Isso foi antes da eleição, acho que depois do primeiro turno", afirmou Greenwald ao UOL.

Ainda de acordo com o jornalista, membros da Lava Jato afirmaram que Moro assumir um cargo no governo Bolsonaro iria judicar a reputação da operação.

"Moro era um chefe da força-tarefa, que criou estratégias para botar Lula e outras pessoas na prisão, se comportando quase como um procurador, não como juiz", analisa Greenwald.

Conhecido mundialmente por sua participação na divulgação de arquivos secretos dos Estados Unidos obtidos por Edward Snowden, Greenwald diz que o arquivo de agora é maior do que o de Snowden.

*Publicado originalmente em Sputnik BR

Conteúdo Relacionado