Política

Presidente diz se sentir traído e pede desculpas à nação

12/08/2005 00:00

Ricardo Stuckert/PR

Créditos da foto: Ricardo Stuckert/PR

Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um pronunciamento à nação nesta sexta-feira (12). Ele disse sentir-se traído e indignado com a atual crise política. Lula afirmou não ter “vergonha de dizer ao povo brasileiro que temos de pedir desculpas” e prometeu fazer o possível para punir os responsáveis.

O pronunciamento foi feito na abertura da reunião ministerial que acontece nesta sexta, na Granja do Torto. A manifestação de Lula tornou-se inevitável após as denúncias feitas quinta (11) pelo publicitário Duda Mendonça, de que o PT pagou campanhas eleitorais com dinheiro repassado por Marcos Valério no exterior.

"Quero dizer com toda franqueza que me sinto traído por práticas inaceitáveis, das quais nunca tive conhecimento. Estou indignado com as revelações que aparecem a cada dia e que chocam o país", afirmou. O presidente afirmou que não pode punir os culpados porque não é essa sua função. Mas ressaltou que a Polícia Federal está trabalhando nas investigações e é responsável por parte das denúncias já divulgadas.

Lula demonstrou preocupação em evitar que a economia seja contaminada pela crise. “É obrigação do governo, da oposição, dos empresários, dos trabalhadores e de toda a sociedade não permitir que essa crise possa trazer problemas para e economia brasileira”.

O presidente iniciou seu pronunciamento ressaltando a “retomada da oferta de trabalho" em seu governo. "Em 30 meses já criamos 3 milhões e 135 mil novos empregos com carteira assinada. Isso significa 104 mil novas vagas formais por mês. Doze vezes mais do que média dos anos 90”.

Até às 19 horas, o presidente Lula coordena a primeira reunião ministerial com a nova equipe de ministros. Segundo a Radiobrás, esta é a terceira reunião ministerial do ano e a 11ª desde o início do atual governo. Durante a reunião, que prossegue até às 19h, deve ser feito um balanço das atividades realizadas pelo governo e discutidas metas para os próximos meses.

Conteúdo Relacionado