Política

Projeto que premiou Moro valoriza globais e já sediou jantar com Doria

ONG que organizou gala em Mônaco convidou o tucano e Flávio Rocha para um jantar em SP. No principado, Galvão, Ronaldo e Boni já deram as caras

06/06/2018 12:09

 

Para além de possíveis preferências politicas, o que os 'globais' Ronaldo Fenômeno, Galvão Bueno e Boni e os presidenciáveis João Doria e Flávio Rocha têm em comum com Sérgio Moro? Todos participaram de eventos organizados nos últimos anos pela ONG Brasil Mônaco Project, uma iniciativa da consueleza brasileira Luciana de Montigny, mulher do cônsul honorário do Brasil no principado, André Montigny.

Moro foi o homenageado da quarta edição de uma gala organizada pela ONG em Mônaco. De acordo com a colunaPainel, da Folha de S.Paulo, ele assistiu a um concerto no camarote real da Opera Garnier, no cassino Monte Carlo, ao lado do princípe de Mônaco, Albert II. Participou em seguida de um jantar e de um leilão beneficente. Posou ainda para uma foto com o DJ MP4, um dos integrantes da atração de funkanejo Baile da Atrevida.

Ontem foi sensacional!! Além de ter feito show para o Príncipe Albert II que dançou muito ao nosso som.. ainda tive o prazer de conhecer o Meritíssimo Sr Sergio Moro. @sergiomoro Eh muito bom ter uma carreira reconhecida , foram muitos anos de luta e de humildade. Agradeço a todos pelo carinho comigo. Nosso projeto @bailedaatrevida está rodando o mundo%uD3D%uD4A%uD3C%uDFB%uD3D%uD4A%uD3C%uDFB Nosso amigo @glaucozulo quebrou tudo!! Colocou além do Príncipe Albert. A consulesa Luciana Montigny e seu marido o Consul Andre Montigny. Muito legal!! Agradeço ao amigo @jonatasvieira1 pela oportunidade %uD3D%uD09 e abs nos amigos de estrada @macgyverjunqueira e @lukinhabatera %u264%uF0F #eurotrip #amigos #dj #vidadedj

Uma publicação compartilhada por DJMP4 (@djmp4) em


Criado em 2012, o projeto Brasil Mônaco tem como "presidência de honra" o príncipe Albert II. Segundo sua página oficial no Facebook, é uma plataforma de intercâmbio entre o Brasil e Mônaco nas áreas de cultura, saúde, esportes e economia. O objetivo é "promover a amizade e a parceria entre os dois países".

Em sua primeira edição, o homenageado foi o ex-jogador de futebol Ronaldo "Fenômeno", atualmente comentarista da Rede Globo. O atleta estava ladeado pelo locutor esportivo global Galvão Bueno e pelo piloto de automobilismo Felipe Massa.

Ronaldo, Galvão e Massa
Reprodução/FB

Em 2014, o homenageado foi Ayrton Senna, um dos principais vencedores do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Sua irmã, Viviane Senna, participou da comemoração no principado. Massa esteve presente mais uma vez. 

Em 2015, um dos presentes à gala foi Boni, que já foi homem forte da TV Globo e atualmente é sócio da TV Vanguarda, afiliada à emissora no interior de São Paulo. 

Além dos eventos no principado, a ONG já organizou, em 2015, um jantar em São Paulo com a presença do príncipe de Mônaco e de João Doria Junior e Flávio Rocha. Ambos ainda não haviam enveredado para a política. O tucano tornou-se prefeito de São Paulo no ano seguinte e atualmente é pré-candidato ao governo do estado. Rocha tem se posicionado como um possível candidato a presidente nestas eleições. 

Aparatemente habitués dos mesmos círculos da alta sociedade, Doria e Moro protagonizaram uma polêmica recentemente. Premiado em Nova York, o magistrado posou para fotos com o ex-prefeito nos Estados Unidos.


*Publicado originalmente na Carta Capital

Conteúdo Relacionado