Soberania Nacional

Depois do ''fracasso'' no Leilão dos Excedentes da Cessão Onerosa, governo quer acabar com Regime de Partilha

 

07/11/2019 15:35

 

 
Em reação ao resultado do Leilão dos Excedentes da Cessão Onerosa, onde arrecadou menos do que esperava, o governo discute mudanças nas regras para os leilões para exploração de petróleo nas áreas do pré-sal, e não descarta a revogação do regime de partilha, com a adoção do regime de concessão para todas as áreas a serem leiloadas.

A ideia também foi defendida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmando que pretende trabalhar com o governo para corrigir eventuais ajustes para leilões futuros. Segundo ele, “o sistema de partilha tende a atrapalhar” nos certames.

Para o presidente da AEPET, Felipe Coutinho, “As multinacionais privadas e o governo querem acabar com o regime de partilha e a preferência de operação da Petrobrás. Querem acabar com a definição do polígono do pré-sal. Querem tudo no regime de Concessão no qual ganha quem paga com mais papel pintado de verde.”

"Trata-se da agenda das multinacionais privadas e estrangeiras do petróleo - controladas pelo sistema financeiro - que foi adotada desde o governo Temer", concluiu Coutinho.

Leia aqui.

*Publicado originalmente no site da AEPET – Associação dos Engenheiros da Petrobras




Conteúdo Relacionado