Soberania Nacional

Raízen, da Shell, avança sobre refinarias da Petrobras

 

19/01/2020 16:24

 

 
Uma gigante do petróleo mundial se organiza para avançar sobre a Petrobras, em meio ao desespero privatista do governo de Jair Bolsonaro.

Segundo a agência Reuters, a Raízen (uma joint venture entre a Royal Dutch Shell PLC e a produtora de etanol Cosan SA) e a gestora de fundos Global Infrastructure Partners (GIP) apresentarão uma oferta conjunta para comprar as maiores refinarias colocadas à venda pela Petrobras.

A GIP, com sede em Nova York, administra US$ 50 bilhões em ativos em seus fundos de infraestrutura e investe em setores como energia, transporte, água e gerenciamento de resíduos.

A Raízen controla uma refinaria na Argentina, mas ainda não tem presença em refino no Brasil, setor sobre o qual a Petrobras possui monopólio.

*Publicado originalmente no Conversa Afiada



Conteúdo Relacionado