Cinema

Mostra de Cinema Infantil reúne players do mercado audiovisual em Encontro de Mercado de 26 a 28/10

Última semana da 20ª edição do festival lança projeto pioneiro de encontros para incentivar financiamentos, coprodução e distribuição de produções para crianças

26/10/2021 13:52

(Reprodução)

Créditos da foto: (Reprodução)

 
A edição que comemora os 20 anos da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis promove entre os dias 26 a 28 de outubro o pioneiro Encontros de Mercado, batizado como mif. kids. O projeto foi idealizado para tratar de temas como financiamento, coprodução, distribuição, produtos e serviços digitais de produções para crianças. Ao todo, serão 12 painéis voltados para realizadores, produtores e players em geral. Entre os canais e produtoras participantes estão Globo Filmes, Globo Play, Disney , Gloob, Warner Media e ViacomCBS International Studios. Os encontros são online e gratuitos. Quem quiser participar, pode se inscrever pelo site da Mostra . A 20ª Mostra segue com programação até 31 de outubro: 140 filmes, oficinas e outras atividades para crianças. Toda a programação é online e gratuita e pode ser assistida a partir do site.

A proposta do Encontros de Mercado se inspira em mercados internacionais de negócios e terá como objetivo específico buscar oportunidades de financiamento e coprodução para o banco de projetos criados a partir da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.

A curadoria dos encontros é assinada por Luiza Lins, idealizadora e diretora da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, e por Carla Esmeralda, diretora do Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) e especialista no setor de mercado. A iniciativa pioneira está em sintonia com a trajetória de duas décadas da Mostra de Florianópolis, que desde o início promove a valorização do cinema para crianças no Brasil - uma indústria potente, limpa e que pode contribuir e muito para a economia nacional.

- As políticas se moldam a partir de demandas específicas do mercado. Ao impulsionarmos o setor, estamos convergindo olhares para este nicho, que representa mais de 17% da população brasileira - explica a especialista Carla Esmeralda.

Os painéis apresentados no evento exibirão informações sobre o quê e como estão fazendo negócios os produtores e players que dedicam seus olhares, talentos e inteligências para realizar produtos audiovisuais com conteúdos dedicados à infância. A participação dessas importantes equipes e corporações é uma maneira de conhecer e entender a visão de potenciais compradores e impulsionar o mercado audiovisual para a infância.

Economia criativa impulsionada pelas crianças

O setor audiovisual é um dos grandes integrantes da indústria criativa e firma-se cada vez mais com destaque na economia brasileira. Com um mercado que emprega 98 mil pessoas em todo o país, o setor gera 25 bilhões de reais ao ano, uma fatia equivalente a 0,46% do PIB brasileiro. Vale pontuar que o Brasil é um país onde vivem mais de 35 milhões de crianças de até 12 anos. Um evento que tenha como objetivo o desenvolvimento de projetos de conteúdo para este público, portanto, é essencial.

- A Economia Criativa agrega os ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que utilizam a criatividade e o capital intelectual como principais insumos. Ela cresce graças à sociedade do conhecimento, da inovação e de novas tecnologias - afirmam as curadoras.

Programação de três dias

Ao longo de três dias, serão discutidos detalhes e curiosidades de produção, financiamento e distribuição de sete filmes: Tarsilinha, de Celia Catunda e Kiko Mistrorigo; Turma da Mônica - Lições, de Daniel Rezende; Meu AmigãoZão, de Andrés Lieban; Teca e Tutti: Uma noite na Biblioteca, de Diego Doimo; e Tromba Trem, de Zé Brandão, que serão lançados entre 2021 e 2022; Perlimps, de Alê Abreu; e A Arca de Noé, de Sérgio Machado - esses dois últimos ainda em produção.

A abertura será na terça (26), às 16h, terá a participação de executivos da Globo Filmes, Globo Play e Gloob. O dia terá quatro painéis no total, incluindo uma conversa com o diretor, produtores e distribuidores do filme Turma da Mônica - Lições, de 2021; e um papo com os produtores do longa-metragem de animação Perlimps, de Alê Abreu.

Na quarta (27), participam players como ViacomCBS International Studios e Disney , além de executivos, produtores e diretores de A Arca de Noé e Tarsilinha. O encerramento, na quinta (28), terá a presença de executivos da WarnerMedia, além da apresentação de modelos de negócios da Vitrine Filmes, Boutique Filmes e ainda um papo com o criador de Meu AmigãoZão.

A iniciativa lançada neste ano pretende se unir a outros projetos similares, como o ComKids, de Beth Carmona, e o Festival Internacional de Cinema Infantil, dirigido pela própria Carla Esmeralda em parceria com Carla Camurati, buscando gerar parcerias fortes e plurais para a construção do mercado.

20ª Mostra tem programação até o dia 31 de outubro

A Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis 2021 começou no dia 16 de outubro e segue até o dia 31 com programação gratuita e virtual. São 140 filmes, shows de música, sessões de cinema ao vivo e bate-papo, oficinas para produtores culturais e crianças, entre outras atividades. Todo o programa pode ser assistido a partir do site.

A 20ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é realizada pela Secretaria Especial da Cultura - Ministério do Turismo e pelo Governo do Estado de Santa Catarina por meio do Prêmio Catarinense de Cinema. Tem o patrocínio cultural da Eletrobrás CGT Eletrosul, Qualirede, Engie Brasil Energia, Itaú e Da Magrinha. Coordenação da Lume Produções Culturais e direção geral de Luiza Lins.

Programação completa no site

Agende-se

20ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
Quando: 16 a 31 de outubro
Quanto: gratuito



Conteúdo Relacionado