Clipping Internacional

Clipping Mundo - 01/12/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

01/12/2021 09:05

(Getty Images)

Créditos da foto: (Getty Images)

 

1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO-PL/ Bolsonaro já tem um partido para contestar o favoritismo de Lula em 2022. E ele está ligado a escândalos de corrupção. O presidente Jair Bolsonaro ingressou no Partido Liberal (PL) para as eleições de 2022, nas quais vai desafiar o favoritismo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que até agora lidera todas as pesquisas. Sua filiação reuniu dezenas de políticos de várias convicções conservadoras e foi saudada com relutância até pelos mais duros ativistas da extrema direita bolsonarista. Assim como para o Bolsonaro a política é um assunto de família, envolve também religião e a data escolhida para sua filiação foi o feriado local de Brasília do “Dia Evangélico”, fé majoritária no PL, que incluía no ato algumas orações. Será a nona formação de Bolsonaro em seus 33 anos de vida política, o que revela seu pouco apego à disciplina partidária. Com pesquisas que atribuem a ele o apoio de 50% dos eleitores, ante os 25% que teria Bolsonaro, Lula trabalha nas sombras e tenta consolidar uma coalizão de forças de esquerda e centro, para aprofundar a divisão da chamada "terceira via". (El Diário, Espanha; Diário de Notícias, Portugal; Correio da Manhã, Portugal; El País, Espanha; Les Echos, França; Público, Portugal; Tribune de Genève, Suíça; The Independent, Inglaterra; El Clarín, Argentina; El Mercurio, Chile; El País, Uruguai; Ultima Hora, Paraguai) | bit.ly/3G3xPIP | bit.ly/3DiOwys | bit.ly/3G0NZTt | bit.ly/3lqqPOq | bit.ly/31jrZV9 | bit.ly/3Ec0ATh | bit.ly/3G3qn0n | bit.ly/3dnXLmt | bit.ly/31oFCCg | bit.ly/3xFH13k | bit.ly/3odDDcV

PANDEMIA-OMICRON/ A variante Omicron chega à América Latina no Brasil. O Brasil detectou nesta terça-feira os primeiros casos da variante Omicron do coronavírus no país, que também representam as primeiras infecções na América Latina com essa linhagem do SARS-CoV-2 que mais uma vez colocou o mundo em alerta. Os dois positivos correspondem a um homem, 41, e uma mulher, 37, que residem na África do Sul, país onde a nova variante foi descoberta, e estavam visitando o Brasil, segundo o Governo de São Paulo. (El Diário, Espanha; La Presse, Canadá; Correio da Manhã, Portugal; Deutsche Welle, Alemanha; La diária, Uruguai; el Mercurio, Chile; Diario Correo, Peru; Ultima Hora, Paraguai; Ahora el Pueblo, Bolívia) | bit.ly/3D783Bz | bit.ly/3rqNo9m | bit.ly/3I6rjmy | bit.ly/2ZFM2fw | bit.ly/3xOBozN | bit.ly/3EbCCrm | bit.ly/3DbEFKC | bit.ly/3pjIGYq | bit.ly/3EdR420

LULA/ Lula confirmou que avalia Geraldo Alckmin ser seu companheiro de chapa nas eleições de 2022. O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva confirmou que avalia a possibilidade de seu companheiro de chapa nas eleições do próximo ano ser o líder do PSDB, Geraldo Alckmin. “Quero construir uma fórmula para vencer as eleições”, disse o dirigente do Partido dos Trabalhadores (PT) em entrevista à rádio gaúcha. Lula e Alckmin têm encontro marcado para esta semana para um novo diálogo sobre a situação política do país. Embora as duas lideranças já tenham realizado pelo menos três reuniões este ano, esta será a primeira depois de anunciada a articulação para viabilizar uma fórmula para as eleições que serão realizadas em outubro do ano que vem. E Bolsonaro ingressou no Partido Liberal, junto com alguns líderes próximos, para concorrer à reeleição. (La Diaria, Uruguai) | bit.ly/3xILhPr

DESEMPREGO/ A taxa de desemprego no Brasil cai para 12,6% no terceiro trimestre do ano. A taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,6% no terceiro trimestre, 2,3 pontos percentuais a menos que a registrada na mesma data em 2020 e 1,6 abaixo dos 13,7% do trimestre encerrado em julho, informou o governo nesta quarta-feira. A tendência de queda do desemprego no Brasil nos últimos meses está relacionada à recuperação da economia após a crise desencadeada pelo impacto da pandemia do coronavírus, que já causou mais de 614 mil mortes no país e 22 milhões de infecções. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3ruAhUK

CLÃ BOLSONARO/ O STF anula provas contra o filho mais velho de Bolsonaro em um caso de corrupção. A Segunda Turma do STF anulou nesta terça-feira uma série de relatórios financeiros usados contra o senador Flavio Bolsonaro, filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, em uma investigação por corrupção que já sofreu diversos reveses em instâncias judiciais inferiores. O Ministério Público acusa o filho mais velho de Bolsonaro de se enriquecer com a contratação fraudulenta de funcionários de seu gabinete durante sua gestão como deputado regional do Rio (2003-2019). De acordo com a acusação, o herdeiro do presidente brasileiro liderou e se beneficiou de um complô que durante anos se apropriou de parte dos salários de funcionários fraudulentamente contratados para seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio, embora na realidade eles não exercessem qualquer função. Esta série de vitórias judiciais do filho mais velho de Bolsonaro praticamente esvaziou a investigação contra ele de conteúdo. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3lpEZPE

PROTESTO CONTRA DESPEJO/ Brasileiros protestam contra o despejo do acampamento em São Paulo. Centenas de brasileiros, liderados pelo Movimento dos Sem Terra (MST) e do Movimento dos Sem-Teto, manifestaram-se nesta terça-feira em São Paulo rejeitando o despejo do Campo de ‘Marielle Vive’ no marco da comemoração da criação do Estatuto da Terra naquela América do Sul país. O movimento destacou a crueldade e injustiça que um despejo acarreta no contexto da pandemia Covid-19. O movimento destacou a crueldade e injustiça que um despejo acarreta no contexto da pandemia Covid-19. (Telesur, Venezuela) | bit.ly/3EcA2Br

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

GRUPO DE PUEBLA/ No México, líderes progressistas da América Latina convocam a aprofundar a luta contra a desigualdade após a pandemia. O encontro do Grupo Puebla reúne líderes e ex-presidentes para debater um modelo de desenvolvimento alternativo ao neoliberalismo na região. Se o combate à desigualdade é o objetivo prioritário, o caminho passa por sustentar um modelo alternativo ao neoliberalismo e a propagação de propostas de extrema-direita na América Latina. É a premissa que esta semana reúne mais de 150 líderes progressistas ibero-americanos no México na reunião do Grupo Puebla, incluindo vários líderes argentinos e bolivianos, ministros e ex-presidentes como o espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, o colombiano Ernesto Samper, o equatoriano Rafael Correa ou os brasileiros Lula de Silva e Dilma Rousseff. O fórum, que se realiza pela primeira vez de forma mista desde março de 2020, coincide com a metade do mandato de Andrés Manuel López Obrador e busca definir um plano de desenvolvimento para amenizar o ataque da pandemia do coronavírus em nome da justiça social. (El País, Espanha; Página 12, Argentina) | bit.ly/3pklCc0 | bit.ly/3d5H4vV

HONDURAS/ O Partido Livre da presidente Xiomara Castro também vence nas cidades mais populosas do país. A esquerda conquista também a capital de Honduras. A enxurrada de votos que fez de Xiomara Castro de Zelaya a presidente mais votada da história de Honduras, somada à disciplina dos militantes Libre na hora de eleger as diferentes cédulas, ajudou a se dar em Tegucigalpa - a capital do país - a grande surpresa do dia, com a vitória de Jorge Aldana sobre o candidato favorito e nacionalista David Chávez, que reconheceu sua derrota na noite de segunda-feira no Twitter. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3G0O09Z

MÉXICO/ Zapatero, Correa e Rousseff mostram seu apoio ao governo López Obrador. O ex-presidente do governo espanhol José Luis Rodríguez Zapatero e os ex-presidentes equatorianos Rafael Correa e o Brasil Dilma Roussef elogiaram o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, em evento realizado às vésperas do terceiro aniversário de seu governo. Os ex-presidentes participaram do ato presencial "Encontro internacional pelas causas dos povos", no marco dos "3 anos de triunfo" do governante Movimento de Regeneração Nacional (Morena). O ex-líder socialista espanhol expressou sua admiração pelo México e considerou que o projeto de López Obrador está no caminho certo e que a chamada “Quarta Transformação” está sendo uma grande mudança de que o país precisa. 71% da população mexicana "aprova" o trabalho do presidente em meados de seu mandato, o segundo nível mais alto de toda a sua gestão, segundo a pesquisa De las Heras Demotecnia divulgada nesta terça-feira. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3decKip

FILIPINAS/ As Filipinas escolhem entre a autocracia de dois clãs familiares e a abertura de uma inimiga de Duterte. A dupla formada pelo filho do ditador Marcos e filha do atual presidente surge como candidata favorita às eleições presidenciais. As Filipinas decidem entre apoiar sua descida à autocracia ou retornar ao caminho progressivo. O futuro de uma das democracias mais antigas da Ásia será decidido em maio por um elenco diversificado de esperançosos. Diante da repentina retirada desta terça-feira da campanha eleitoral do ex-braço direito do presidente Rodrigo Duterte, senador Christopher Bong Go, o tandem dinástico formado pelo herdeiro do ditador Marcos, Ferdinand Bongbong Marcos, e Sara Duterte-Carpio, filha do líder que erodiu as bases democráticas do país em seus seis anos de mandato, se consolida como favorito. Sua principal oponente é a atual vice-presidente e única mulher na disputa pela primeira posição, a advogada Leni Robredo, amparada pelo esgotado dutertismo e pelos críticos de Marcos. (El País, Espanha) | bit.ly/3d6EqFU

BOLÍVIA/ Apresentada acusação formal contra Jeanine Áñez. A Procuradoria-Geral da República acusa-a de não cumprir os seus deveres e de tomar resoluções contra a Constituição. O Ministério Público boliviano apresentou uma denúncia formal contra Jeanine Áñez, composta por mais de 70 provas e 20 depoimentos, por ter assumido a presidência de forma inconstitucional após o golpe de estado de novembro de 2019. (La Diaria, Uruguai) | bit.ly/3DbEJdk

IEMEN/ Os sauditas usaram "incentivos e ameaças" para encerrar as investigações da ONU no Iêmen. Autoridades políticas e fontes diplomáticas e ativistas descrevem campanha furtiva. A Arábia Saudita usou “incentivos e ameaças” como parte de uma campanha de lobby para encerrar uma investigação da ONU sobre violações dos direitos humanos cometidas por todas as partes no conflito do Iêmen, segundo fontes com conhecimento próximo do assunto. O esforço saudita acabou tendo sucesso quando o conselho de direitos humanos da ONU (HRC) votou em outubro contra a extensão da investigação independente de crimes de guerra. A votação marcou a primeira derrota de uma resolução nos 15 anos de história do órgão de Genebra. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3DbEJKm

COVID-19/ A infecção grave de Covid dobra as chances de morte no ano seguinte – estudo. A pesquisa sugere que surtos graves de doenças com vírus podem prejudicar significativamente a saúde a longo prazo. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3xG2HML

ALEMANHA-VACINA/ Schloz aposta na introdução da vacinação obrigatória na Alemanha. O futuro chanceler, o governo de Merkel que está deixando o governo e os estados federais planejam mais restrições à vida pública em face da repercussão da pandemia. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/32Fjtju

FRANÇA-EXTREMA DIREITA/Candidato Zemmour, jamais. Condenado por suas declarações racistas, o polemista de extrema direita declarou sua candidatura para 2022. Na quinta-feira, uma proposta de resolução dos deputados do PCF será debatida na Assembleia Nacional para incentivar o uso de penas de inelegibilidade nesses casos. Ele é candidato para "retomar (o poder) das minorias que continuam a tiranizar a maioria , e aos juízes que substituem por sua norma jurídica o governo do povo ”(sic). (L’Humanité, França) | bit.ly/3G0TwJG

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Anthony FaiolaBrasil/Bolsonaro (The Washington Post, EUA) | “Bolsonaro, de extrema direita do Brasil, busca um título improvável: presidente dos pobres” | wapo.st/3IcDzlq

Ciro Gomes, entrevista – Brasil/eleições (Sputnik News, Rússia) | “'Moro é muito pior do que Bolsonaro, um juiz político, mais um canalha'” | bit.ly/3pdUs6N

George Monbiot – Reino Unido/estado policial (The Guardian, Inglaterra) | “Preso por 51 semanas por protestar? A Grã-Bretanha está se tornando um estado policial furtivamente. As emendas do governo ao projeto de lei de policiamento são tirânicas.” | bit.ly/3rw8svv

Yanina Welp e Harry Bruwn AraúzHonduras/esquerda (El País, Espanha) | “Honduras: uma mulher vai acabar com um século de hegemonia de liberais e nacionais” | bit.ly/3daaOre

Paul Krugman – Inflação (The New York Times, EUA) | “Na brecha transatlântica dos preços” | nyti.ms/3d8284P

Francisco Louçã – Portugal (Expresso, Portugal) | “Para o centro, direita volver” | bit.ly/3DbELBY

Carlos Ruiz Encina - Chile/eleições (La Jornada, México) | "A esquerda subestimou a capacidade conservadora de obstrução, mas ainda é possível reagir" | bit.ly/3xG2JEn

Clara Serra – Feminismo (Jacobinlat, América Latina) | “Alguns feminismos estão sendo seduzidos pelo punitivismo neoliberal” | bit.ly/3xFCw8Z

Brett Wilkins – EUA/armas (Common Dreams, EUA) | “Progressistas denunciam as falhas do controle de armas dos EUA após tiroteio na escola de ‘realmente doentio’ em Michigan.” | bit.ly/3odDDtr

Azeezah KanjiJulian Assange (Common Dreams, EUA) | “Assange e as garantias da tortura 'civilizada' dos EUA” | bit.ly/2ZMU7PO

Dhruv Khullar – Pandemia/variante Omicron (The New Yorker, EUA) | “As Incertezas da Variante Omicron. A nova cepa de coronavírus é preocupante, mas seu efeito não será o mesmo em todos os lugares.” | bit.ly/2ZGFVHU

Giancarlo Scarpari – EUA/extrema direita (Sinistra in Rete, Itália) | “Fascismo nos EUA?” | bit.ly/3xJ9NzO

Conteúdo Relacionado